xmlns:fb="http://www.facebook.com/2008/fbml" xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> BLOG DO CRATO | O Crato na Internet desde 2005
.

VÍDEO - SAAEC entrega água preta de péssima qualidade à Vilalta, em Crato. www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense - Clique em Curtir e Adicione a sua Foto !

06 março 2015

O Pensamento do dia - Eric Hoffer




Acerto de contas - Por: Emerson Monteiro

Logo cedo, de espingarda em punho, o caboclo entrou na mata à busca da mistura do dia para as refeições da família. Andou muito e nada achou que atendesse o objetivo. De mãos abanando, desanimado, retornava ao casebre, quando avistou bela cabra a lhe cruzar o caminho. Sabia ser de um dos vizinhos, seu compadre, dono de muito bicho, que os vinha aumentando com facilidade. Coçou a cabeça, mediu as consequências e viu justiça no ato que planejava em nome dos filhos que precisavam urgentemente sobreviver. 

Auscultou as imediações, se viu distante, solitário: a ocasião faz o ladrão, o povo diz, enquanto o isolamento propiciou a impunidade. Armou o gatilho e derrubou a marrã de criação. Arrastou-a para o mato; tirou o couro; partiu os ossos e a carne; desfez as possíveis pistas. Quando chegou em casa, vinha consigo, às costas suadas, o alimento de duas semanas, ou mais. 

Dias transcorreram sem ser descoberto. O caçador parecia, no entanto, pouco confortável dentro dele próprio, dado o ato que praticara.  Vivia sério, sem graça, pelos cantos; de honesto, acordava no meio da noite empapado de suor frio, amargando pesadelos. A coisa tendia ao agravamento. Perdera-se sob as tenazes do remorso; sumira o patrimônio das velhas alegrias de viver.

De alma presa, bela manhã, resolveu se confessar. Procurou o vigário da freguesia e contou em todos os detalhes a história do delito de haver morto a cabra do compadre. Atencioso, o sacerdote ouviu a história, refletiu durante alguns minutos e disse:

- O senhor agiu de uma forma vergonhosa. Fez o que nunca deveria ter feito, querendo se beneficiar com aquilo. Desse jeito, para limpar o erro que cometeu, irá procurar seu vizinho e esclarecer o assunto, dizendo a ele que pagará o animal morto quando possuir recurso.

- Mas, padre, trabalhando desse modo, vou passar por desonesto - explicou contrariado o sertanejo. - Isso fica muito ruim para quem criou fama de homem sério como eu sou no meu lugar. Deve haver outra maneira de resolver – acrescentou o matuto.

- Meu filho, não vejo nada mais simples do que pagar a penitência – avisou o sacerdote. - Pois não cuidando agora, quando chegar o Dia do Juízo, lá vão comparecer, na presença dos santos, o senhor, seu compadre e a cabra que matou, lhe pondo em julgamento.

Nesse instante, ecoou no interior pela nave da igreja a gargalhada sonora do caboclo, que, em seguida, foi dizendo:

- Ah, padre, compreendi suas palavras e sei o que deverei fazer. Visto quando a cabra reaparecer viva, inteirinha, no Juízo Final, naquela hora, então, eu pego ela e devolvo ao dono, o meu vizinho, ficando tudo resolvido, sem maiores prejuízos. - E nisso, cheio de felicidade, se retirou já convencido de solucionar assim o drama que lhe doía na consciência.

Obs.: História que ouvi de Benvindo Melo.

A vaca vai pro brejo? – por Marta Suplicy (*)

Senadora, e com uma visão muito crítica da situação política brasileira, sinto-me no dever de exercer neste espaço a audácia e transparência que caracterizaram minha vida.
Em política existem duas coisas que levam a vaca para o atoleiro: a negação da realidade e trabalhar com a estratégia errada.
O governo recém-empossado conseguiu unir as duas condições. A primeira, a negação das responsabilidades quando a realidade se evidencia. A segunda, consequência da mentira, desemboca na estratégia equivocada. Estas condições traduzem o que está acontecendo com o governo e o PT.
O começo foi bem antes da campanha eleitoral deslanchar. Percebiam-se os desacertos da política econômica. Lula bradava por correções. Do Palácio, ouvidos moucos. Era visto como um movimento de fortalecimento para a candidatura do ex-presidente já em 2014. E Lula se afasta. Ou é afastado. A história um dia explicará as razões. O ex-presidente só retorna quando a eleição passa a correr risco.
Afunda-se o país e a reeleição navega num mar de inverdades, propaganda enganosa cobrindo uma realidade econômica tenebrosa, desconhecida pela maioria da população.
Posse. Espera-se uma transparência que, enquanto constrangedora e vergonhosa, poderia pavimentar o caminho da necessária credibilidade.
Ao contrário, em vez de um discurso de autocrítica, a nação é brindada com mais um discurso de campanha. Parece brincadeira. Mas não é. E tem início a estratégia que corrobora a tese de que quando se pensa errado não importa o esforço, porque o resultado dá com os "burros n'água".
Os brasileiros passam a ter conhecimento dos desmandos na condução da Petrobras. O noticiário televisivo é seguido pelo povo como uma novela, sem ser possível a digestão de tanta roubalheira. Sistêmica! Por anos. A estratégia de culpar FHC (não tenho ideia se começou no seu governo) não faz sentido, pois o tamanho do rombo atual faz com que tudo pareça manobra diversionista. Recupera-se o discurso de que as elites se organizam propagando mentiras porque querem privatizar a Petrobras. Valha-me! O povo, e aí refiro-me a todas as classes sociais, está ficando muito irritado com o desrespeito à sua inteligência. Daqui a pouco o lamentável episódio ocorrido com Guido Mantega poderá se alastrar. Que triste.
(*) Marta Suplicy, Senadora do PT-SP, e ex-prefeita de São Paulo. Foi ministra dos governos Luiz Inácio Lula da Silva (Turismo) e Dilma Rousseff (Cultura).

A Porta do Desconhecido - Por: Dihelson Mendonça


OS MAIORES INIMIGOS DO HOMEM SÃO O MEDO E A IGNORÂNCIA !


Era uma vez um grande reino, cujo soberano era famoso pela forma peculiar e impiedosa de tratar seus inimigos; A estes, após prender durante meses nas masmorras do seu suntuoso castelo, mandava buscá-los para uma sessão de tortura física e psicológica, quando mostrava então ao prisioneiro duas possibilidades:

"Se queres, podes escolher. Do meu lado esquerdo está essa fila de arqueiros, que te flecharão, e morrerás instantaneamente. Do meu lado direito está essa imensa porta e ninguém sabe que tipo de coisa tu poderás enfrentar lá. Apenas eu sei."

Todos escolhiam ser mortos pelos arqueiros, com mêdo do que poderia existir por detrás daquela imensa e tenebrosa porta. Afinal, que tipo de monstros tão pavorosos encontrariam ? Quão enormes seriam as dores e sofrimentos ?

Passados alguns anos, o reino entrou num período de paz, quando o vizir perguntou ao Rei:

"Afinal, meu senhor, o que há por detrás daquela porta que todos temiam ?"
O rei lhe respondeu: "Abre, e vê com teus próprios olhos."
O vizir, tomado de medo, começou a abrir aos poucos a imensa porta, quando raios de luz começaram a entrar, percebendo que esta dava para um lindo e imenso jardim.

O rei então lhe disse:

"Por todos esses anos, eu lhes ofereci duas chances: A de serem mortos e a de enfrentar o desconhecido. Todo o tempo, lhes ofereci a possibilidade da liberdade, mas eles, com mêdo, preferiram ser mortos pelos arqueiros."

Quantas vezes nos defrontamos com imensas portas do desconhecido, e por medo de monstros imaginários, preferimos ir por caminhos já percorridos ? Afinal, monstros e bestas-feras só existem na imaginação dos fracos de espírito. Os dois maiores monstros que podemos encontrar em nosso caminho, são apenas o mêdo e a ignorância.

Dihelson Mendonça
04/07/2008



Crato tem que convocar 360 aprovados em concurso promovido por Samuel Araripe



Acima: Ex-prefeito de Crato, Samuel Vilar de Alencar Araripe

O juiz José Batista de Andrade, titular da 1ª Vara Cível da Comarca do Crato, em sentença condenou a prefeitura do Crato a convocar 360 aprovados no concurso público. Na mesma sentença o juiz manda o prefeito Ronaldo Gomes de Matos demitir mais de 300 contratados sem concurso. A prefeitura tem 45 dias para implantar a decisão judicial ou recorrer.

Por: Roberto Moreira - Diário do Nordeste




Coisas da "Ré-pública" (por Armando Lopes Rafael)


Quem diria? Crise pode obrigar Dilma a buscar um pacto político, incluindo nele o PSDB
  – por Mônica Bergamo (“Folha de S.Paulo”) --
A rápida deterioração do quadro político e o agravamento da crise econômica podem obrigar Dilma Rousseff a buscar um pacto político no país, esforçando-se para incluir nele o PSDB. A ideia já é discutida entre dirigentes e ex-ministros do PT.
EMPURRÃO
O empurrão viria de setores empresariais e financeiros com pânico da recessão (só o setor de máquinas e equipamentos prevê demitir 30 mil neste ano). E também de lideranças políticas atingidas pelo aprofundamento da crise. Nesta semana, milhares de professores em greve saíram às ruas no Paraná para protestar contra o governador tucano Beto Richa, por exemplo.
EMPURRÃO 2
A possibilidade de rodízio de água em SP também coloca o governo do tucano Geraldo Alckmin em alerta, pelo potencial de turbulência social que a medida pode gerar.
EMPURRÃO 3
Além de governadores do PSDB, também José Serra (PSDB-SP) e o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso são vistos como possíveis interlocutores de um diálogo emergencial para que o caldo não entorne de uma vez.
As voltas que o mundo dá – na época da Monarquia, quando o Império do Brasil era governado pelo regime do Parlamentarismo, era comum, nas dificuldades políticas, governo e oposição se unirem para resolver os impasses...

Crime: MST destrói 15 anos de pesquisa em biotecnologia
Cerca de 1.000 mulheres invadiram centro de pesquisa e depredaram viveiros com mudas de eucalipto transgênico em Itapetininga, interior de São Paulo
Em uma ação criminosa e obscurantista, cerca de mil mulheres do Movimento dos Sem-Terra (MST) depredaram e destruíram nesta quinta-feira mudas de árvores transgênicas que eram objeto de pesquisa há quinze anos no interior de São Paulo. Elas invadiram e ocuparam um centro de pesquisa da FutureGene, empresa do grupo Suzano Papel e Celulose, em Itapetininga (SP). A Polícia Militar teve de intervir, mas ninguém foi preso, de acordo com o Jornal Nacional, da TV Globo. A Polícia Civil investiga o caso.
O alvo da fúria do MST eram as mudas de uma espécie de eucalipto transgênico, H421. Com lenços encobrindo o rosto, barras de ferro, machados e facões em punho, elas bloquearam e picharam a entrada da empresa. Assim que conseguiram entrar no local, foram direto à estufa onde os cientistas faziam testes com as mudas. Em um ato de selvageria - enaltecido em vídeo publicado pelo grupo, no qual a empresa é chamada de "maldita" - bateram com pedaços de pau nos viveiros, arremessaram as mudas geneticamente modificadas no chão e as pisotearam.

Inflação sobe 1,22% em fevereiro e atinge 7,70% ao ano, o maior aumento desde 2005
São Paulo - A inflação no Brasil, medida pelo IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), ficou em 1,22% em fevereiro, divulgou hoje o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Em janeiro, o resultado havia ficado em 1,24%. Com isso, o acumulado dos últimos 12 meses atingiu 7,70% - acima do teto da meta do governo, que é 6,5%. É também a taxa anualizada mais alta desde maio de 2005, quando chegou a 8,05%.


EM TEMPO... CORDAS ÁGIO (Comentário escrito por Olival Honor e Márcia Figueiredo)


A felicidade tem um suporte na alma das pessoas que não cede às demais conveniências da vida. Afirmamos isso com base na experiência já bastante longa e rica de muitas alternativas, que temos seguido sempre buscando encontrá-la, não somente para nosso desfrute pessoal, mas também – e parece-nos que principalmente -, daqueles que convivem conosco, no dia a dia.  Ela se compõe de pequenos espaços e lapsos de tempo do cotidiano, os quais se encontram e se enlaçam para formar o grande pálio da vida de cada um, bordado com os bastidores que trazemos armazenados em nosso inconsciente, herdados ou adquiridos. Nas prateleiras do nosso, guardamos de herança e aquisição o amor às artes em geral, entre elas, a música em particular. Com uma singularidade: tentamos aprender, - Olival, o violão, Márcia, o piano, - mas do nosso aprendizado não resultou nem sequer toque de sino. Ficou o amor, que não perdemos e só aumenta, por esta amada cidade do Crato, celeiro de artistas, em qualidade, variedade e quantidade.  

No ninho maior, prolífero de virtuoses notáveis, está a nascente de astros do Padre Ágio Moreira, que nesta semana estará completando 97 anos de uma existência plena, a quem ora homenageamos, não somente por gratidão, mas por honra ao seu imenso mérito, pelo muito que tem produzido em nossa região no vasto campo da arte musical. 

CORDAS ÁGIO, um sonho que, faz quatro anos, se tornou realidade, como reconhecimento e agradecimento ao Mestre. No sopé da chapada do Araripe, os alunos da SOLIBEL - Sociedade Lírica do Belmonte - reverenciam àquele que, há quarenta e cinco anos, repassa os seus conhecimentos e ensinamentos, morais e intelectuais, às crianças que ali nascem, e hoje, adultos, continuam sua luminosa trajetória. 

Obrigado ao Padre Edmilson, por ter convidado a comunidade nesta última sexta feira, para assistir ao lindo espetáculo lírico apresentado na Sé Catedral, evento que transformou o átrio da Matriz em um templo onde santos e anjos abençoaram todos ali presentes. 

No último sábado, dia 31 de janeiro, a apoteose de encerramento ocorreu no Pasárgada Hotel.  Quem não foi não sabe o que perdeu. Finalmente, parabéns ao Padre Ágio e a todos os que compõem a Sociedade Lírica do Belmonte, em especial aos maestros Cícero Galdino e Jocélio Rocha, idealizadores desse notável movimento cultural.

(Crato, 01/02/2015. Escreveram Olival Honor e Márcia Figueiredo)   

www.blogdocrato.com


Grendene inicia pelo Crato as comemorações dos seus 44 anos de fundação com evento da Academia de Líderes.







Na semana em que completou 44 anos de fundação, a maior fabircante de calçados do Brasil comemorou os 10 anos da criação da sua Academia Grendene, responsável pela educação corporativa de todos os públicos da empresa. Para marcar esta data a Academia Grendene abriu sua programação de 2015 trazendo – um dos mais requisitados palestrantes do Brasil conforme foi apontado pelas revistas Veja e Exame – o empresário e professor Carlos Alberto Julio que, no dia 23/02, esteve falando para um público de mais 200 gestores e líderes da Grendene local e seus convidados que lotaram o auditório do SEST/SENAT na cidade do Crato.

 A Grendene entende que experiências exitosas devem ser compartilhadas com a comunidade, por isso estiveram presentes ao evento alguns dos mais importantes formadores de opinião do Cariri. O tema, “Inovando para Sobreviver e Crescer”, é dos mais oportunos para empresas como a Grendene que, nas mais diversas conjunturas econômicas, sempre investe no desenvolvimento de suas equipes.


 Após a palestra, o gerente de controladoria, Marcos Strada, comandou um talk show com a presença de três dos cinco diretores da Companhia, Nelson Rossi (Diretor Industrial), Geraldo Nicolau Diretor de Suprimentos) e Edson Matsuo (Diretor de Criação) e o gerente geral da unidade de Crato, Luciano Mantovani. Todos eles tem uma carreira de vários anos dedicados à empresa e contaram histórias interessantes sobre os 44 anos da Grendene, cuja trajetória de sucesso tem resultado na liderança das exportações de calçados brasileiros há mais de 10 anos consecutivos. 

 Inciando pelo Crato o evento foi também promovido em Fortaleza, Sobral e Farroupilha-RS nos dias subsequentes.

Fonte: GRENDENE


A CAIXA PRETA DO PODER JUDICIÁRIO - Por: Jorge Emicles ( Advogado )


É algo esdrúxulo ao senso comum que um magistrado, após haver no bojo da sua potestade de império, apreendido bens de um réu, utilizá-los para uso privado, como aconteceu no conhecido caso do Juiz Federal que foi flagrado dirigindo o possante auto de luxo do empresário Eike Batista. O caso em questão ganhou repercussão nacional exclusivamente porque o réu se trata de pessoa famosa e encontra-se assistido por renomado e diligente causídico. O que de fato frustra a sociedade brasileira, entretanto, é verificar que abusos praticados por magistrados são bem mais comuns e corriqueiros que o estapafúrdio exemplo divulgado pela imprensa.

Todos os dias, nos fóruns desse país, nossos magistrados, incumbidos Constitucionalmente de distribuir a justiça dando a cada um o que lhe pertenceria por direito, praticam absurdos atos claramente constituídos como exemplos de abuso de poder, improbidade administrativa e crimes das mais diversas ordens. Há réus que não conhecem os fatos que se lhe imputam, pois seus processos encontram-se acobertados por abusivo segredo de justiça, como se o processo penal não devesse ser público por natureza e como se aos advogados não fosse assegurado por lei federal a consulta aos respectivos autos dos processos crimes. Há exemplo de juízes que useira e vezeiramente praticam contravenções penais, afetos que são a rinhas e outros ilícitos, e o fazem sob o cúmplice silêncio de seus colegas magistrados e os membros do Ministério Público, seus colegas, que pela força do corporativismo fingem nada ver; nada saber. Existem inúmeros exemplos de juízes que praticam atos de corrupção, para em troca de favores ilícitos garantirem a impunidade de infratores das mais diversas ordens e ainda mais outros tantos de irregularidades são cotidianamente praticados nos luxuosos palácios que, ao revés, deveriam praticar equitativamente a mais lídima das justiças.

Na condição de seres humanos, que rinhosamente evitam em se reconhecer, os magistrados estão sujeitos a todas as fraquezas próprias da nossa espécie. Não é absurdo presumir-se que os juízes, assim como todos os agentes públicos desse país, encontram-se sujeitos às mesmas tentações de todos os outros e por isso são passíveis de praticar atos de corrupção e outros delitos do gênero. O que não se suporta é o energúmeno corporativismo praticado pelos seus colegas, que quando simplesmente não se calam, transmudando-se em cúmplices pela omissão, são absolutamente letárgicos na apuração e punição dos ilícitos. O juiz do caso Eike Batista foi afastado por suspeição da presidência do feito, porém não foi preso em flagrante por crime de peculato e muito menos denunciado pelo Ministério Público por esta ou qualquer outra infração penal. O costume forjado pelos casos precedentes é que quando os magistrados cometem faltas gravíssimas são severamente punidos pelos Tribunais respectivos com rigorosa pena de aposentadoria compulsória, mas raríssimamente são presos ou mesmo por outras formas apenados. Dessa forma o Poder Judiciário nos ensina que o crime compensa sim, mas somente quando praticado por altas autoridades, revestidas pelo sagrado mando do foro privilegiado. Enquanto isso, esses mesmos magistrados superlotam os nossos presídios, condenando com rigidez milhares de ladrões de galinhas e pequenos traficantes, coincidentemente todos pobres e alijados de serem defendidos pelos grandes e ricos escritórios de advocacia criminal.

É preciso se praticar uma séria faxina nas dependências do Poder Judiciário brasileiro, a começar pelo reconhecimento pelos Tribunais de que seus juízes são agentes públicos, passivos de cometer não apenas crimes próprios e impróprios contra a administração pública, como também atos de improbidade administrativa; bem como que o Judiciário somente possuirá a independência e autoridade moral imprescindíveis à moralização dos demais poderes da República, quando ele mesmo houver extirpado de seus quadros os maus exemplos que pululam de suas próprias fileiras. Não basta mudar a lei, como é a pretensão do novo Código de Processo Civil. É preciso, antes, mudarem os nossos juízes.

Jorge Emicles Pinheiro Paes Barreto
Advogado



As mordomias da ilha - Por: Francisco José ( Jornalista Cratense )



Tudo começou quando Juscelino Kubitscheck de Oliveira,  decidiu, ainda na já distante década de 1950, transferir a Capital Federal do Rio de Janeiro para as vastidões do Planalto Central. O projeto de Brasília era antigo, mas coube a JK materializá-lo. Entre as muitas justificativas, a de que a Capital no centro-oeste iria impulsionar o crescimento do País para aquela parte do território brasileiro. Outro argumento foi o da segurança. No litoral, a sede do Governo estaria vulnerável a um ataque pelo mar.

Como era de se esperar, Juscelino enfrentou muitas resistências, a começar da velha UDN, liderada por Carlos Lacerda, que se opunha ferozmente ao projeto de construção de Brasília. Na imprensa não foi menos diferente e entre os opositores do projeto estava Assis Chateaubriand, o então todo poderoso presidente dos Diários Associados.

Vencidas as resistências na área política e aparadas as arestas no meio jornalístico, Juscelino lançou-se à aventura de levar a Capital da República para o cerrado. Conseguiu, mas teve que oferecer vantagens aos parlamentares das duas casas do Congresso e aos altos escalões do funcionalismo federal. Só dessa forma pôde convencê-los a se transferir para a nova Capital.

Para essa gente Brasília era uma aventura, uma verdadeira “ilha da fantasia”, um projeto que custaria – ainda custa – muito caro à população brasileira. Para convencer os escalões do  funcionalismo e os parlamentares a trocar a Cidade Maravilhosa, pelo  cerrado brasileiro, ainda carente de muita coisa que a vida urbana oferece, só mesmo com altos salários,gratificações e  mordomias.

Como se não bastassem os conjuntos de apartamentos destinados aos parlamentares, ainda sai do erário público o auxílio moradia. Justo num país onde grande da população ainda sonha com um teto para lhe abrigar. 

São inúmeras mordomias custeadas pelos contribuintes, para manter em  Brasília a maioria dos  mais de 500 deputados e 81 senadores por apenas uma semana. Na sexta-feira todo mundo voa à  custa do contribuinte, de volta a seus estados de origem. Numa segunda-feira, quem chegar ao Congresso Nacional vai encontrar um deserto. Mas achando pouco, tentaram botar na conta da  já sofrida população brasileira, mais um caro  pacote de mordomias na  nossa já muito cara “ilha da fantasia”.

Por: Francisco José
(Jornalista cratense atualmente integrando os quadros redacionais do jornal Correio da Paraíba na cidade de Campina Grande).


Advogado escreve receita de pamonha na petição para provar que juiz não lê os autos - JUSBRASIL


Quando eu via as notícias de que um estudante havia escrito o modo de preparo de um macarrão instantâneo na redação do ENEM eu achei que seria o máximo que alguém poderia fazer, mas aí um cara escreveu o hino do Palmeiras. Em um delírio, eu pensei, será que algum advogado, um dia teria coragem de escrever isso em uma petição?

TERIA!

Um advogado que obviamente pediu para não ter o seu nome revelado, nos enviou esta petição em que ele prova por A + B que juiz não lê jurisprudência! Sim meus amigos, ele escreveu uma receita de pamonha na petição… E PASSOU BATIDO PELO JUIZ!

Veja:


Como a letra tá pequena, eu vou transcrever o que está escrito: “Senhores julgadores, espero que entendam o que faço nestas pequenas linhas, e que não seja punido por tal ato de rebeldia, mas há tempos os advogados vem sendo desrespeitados pelos magistrados, que sequer se dão ao trabalho de analisar os pleitos que apresentamos. Nossas petições nunca são lidas com a atenção necessária. A maior prova disso, será demonstrada agora, pois se somos tradados como pamonhas, nada mais justo do que trazer aos autos a receita desta tão famosa iguaria. Rale as espigas ou corte-as rente ao sabugo e passe no liquidificador, juntamente com a água, acrescente o coco, o açúcar e mexa bem, coloque a massa na palha de milho e amarre bem, em uma panela grande ferva bem a água, e vá colocando as pamonhas uma a uma após a fervura completa da água, Importante a água deve estar realmente fervendo para receber as pamonhas, caso contrário elas vão se desfazer. Cozinhe por mais ou menos 40 minutos, retirando as pamonhas com o auxílio de uma escumadeira.”

Fonte: http://www.naoentendodireito.com/2014/05/advogado-escreve-receita-de-pamonha-na.html

Fonte: JUSBrasil 

http://jean2santos.jusbrasil.com.br/noticias/121548425/advogado-escreve-receita-de-pamonha-na-peticao-para-provar-que-juiz-nao-le-os-autos




Justiça manda prefeito do Crato nomear aprovados em concurso e demitir servidores temporários


EM DESTAQUE NA SEMANA:

justica_2


O juiz José Batista de Andrade, titular da 1ª Vara Cível da Comarca do Crato,  determinou que o prefeito convoque, nomeie e emposse, no prazo máximo de 45 dias, os candidatos classificados e classificáveis no concurso para servidor municipal realizado em 2011. Os convocados deverão assumir as vagas ocupadas irregularmente por servidores temporários. 
A decisão também anulou todos os contratos que admitiram funcionários com base nas Leis Municipais nº 1.936/1999 e 2.361/2006, declaradas nulas na mesma sentença. O magistrado determinou ainda que o prefeito exonere, no prazo de 30 dias, todos os temporários contratados com base nas duas leis consideradas inconstitucionais. 
A sentença atende a pedido do Ministério Público Estadual (MP/CE), que ajuizou ação (nº 32765-75.2014.8.06.0071/0) requerendo a nomeação dos servidores e a anulação dos contratos temporários, entre outros pleitos. Segundo o MP/CE, em 2011, a Prefeitura do Crato realizou concurso público para preenchimento de 360 vagas com a finalidade de reduzir o número de funcionários não efetivos. 
Em 2012, os candidatos aprovados dentro das vagas foram convocados, mas uma lista apresentada pela Prefeitura ainda contabilizava 888 servidores contratados temporariamente. O prefeito assinou um Termo de Ajuste de Conduta (TAC), comprometendo-se a rescindir contratações, convocar todos os candidatos aprovados no concurso e, caso necessário, criar novos cargos, mas não cumpriu o pactuado. 

(TJCE)



Dólar ultrapassa R$ 3,00 após 10 anos

dolar1

Após mais de 10 anos o dólar comercial na quarta alta seguida nesta quinta-feira (5) ultrapassou os R$ 3. A alta foi de 1,03%, a R$ 3,012 na venda. Nos últimos quatro dias a moeda norte-americana acumula uma valorização de 5,44%.
Na quarta-feira, o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central aumentou a taxa básica de juros (Selic) em 0,5 ponto percentual, de 12,25% para 12,75% ao ano. A situação da economia brasileira preocupa os investidores. Eles acreditam que o ajuste das contas públicas brasileiras pode não ser tão forte quanto o necessário, em meio a crescentes obstáculos políticos à implementação dos cortes de gastos e aumentos de impostos.
cearaagora.com.br


05 março 2015

Câmara aprova Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência

mara-gabrilli

Deputada Mara Gabrilli (PSDB-SP)

A Câmara dos Deputados aprovou nesta quinta-feira a Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência (PL 7699/06, antes conhecido como Estatuto da Pessoa com Deficiência) que teve a relatoria da deputada Mara Gabrilli (PSDB-SP) que é portadora de deficiência.

Os deputados votaram em seguida os destaques apresentados. O primeiro deles, do PRB, queria excluir do texto dispositivo que determinava o respeito à especificidade e à identidade de gênero e orientação sexual da pessoa com deficiência nos atendimentos realizados no Sistema Único de Saúde (SUS), , que foi rejeitado, por 188  a 174 votos e 6 abstenções

O Plenário aprovou o outro destaque do PRB que excluiu do texto a possibilidade de o juiz autorizar a interrupção imediata das transmissões, comunicações ou divulgações de veículo de comunicação se houver prática de induzir ou incitar a discriminação de pessoa em razão de sua deficiência. O destaque foi aprovado em votação simbólica.

Com o término da análise dos destaques, como houve alteração do texto o mesmo retornou ao Senado para nova análise.

Dunga define equipe para amistosos antes da Copa América

dunga

O Brasil já definiu os jogadores que participarão dos últimos amistosos antes da Copa América, que será realizada em junho. Nesta quinta-feira (5), o técnico Dunga anunciou a lista de convocados para os amistosos contra França e Chile, nos dias 26 e 29 de março, que serão os dois últimos testes antes da primeira grande competição do treinador em 2015.

Convocados:

GOLEIROS
Jefferson (Botafogo)
Marcelo Grohe (Grêmio)
Diego Alves (Valencia)

ZAGUEIROS
David Luiz(PSG)
Marquinhos (PSG)
Thiago Silva (PSG)
Miranda (Atlético de Madrid)

LATERAIS
Fabinho (Monaco)
Danilo (Porto)
Marcelo (Real Madrid)
Filipe Luis (Chelsea)

MEIO-CAMPISTAS
Luiz Gustavo (Wolfsburg)
Fernandinho, (Mancehester City)
Elias (Corinthians)
Souza (São Paulo)
Oscar (Chelsea)
Roberto Firmino (Hoff)
William (Chelsea)
Philippe Coutinho (Liverpool)

ATACANTES
Neymar (Barcelona)
Diego Tardelli (Shandon Luneng)
Robinho (Santos)
Douglas Costa (Shakhtar)

 

Ceará Agora

Deputado usa videoconferência e participa de audiência na Assembleia sobre pescadores artesanais

domignogog-625x416

Um fato importante e inusitado se registrou nesta tarde de quinta-feira. Durante audiência pública realizada na Assembleia Legislativa para debater seguro desemprego dos pescadores artesanais, um parlamentar federal cearense participou de longe. Domingos Neto, líder do Pros, usou o sistema de videoconferência e participou das discussões. Ele se solidarizou aos pescadores impedidos de exercer suas atividades pelo período de defeso, que se estende até abril e que não estão tendo acesso ao seguro-desemprego. Isso, porque a lei exige um ano de atividade contínua e há um entendimento oficial de que a seca, que alcança o quarto ano consecutivo no Nordeste, encerrou as atividades de pesca.

Este entendimento foi firmado por meio de termo de ajustamento de conduta TAC entre os órgãos envolvidos estabelecendo que nos municípios em que os açudes tiveram uma capacidade mínima de água abaixo dos 20%, o benefício seguro desemprego Pescador Artesanal não seria concedido.

Domingos Neto opinou e disse que uma solução fácil e imediata seria o controle da atividade por meio das Colônias de Pescadores, entidades legais, regulamentadas e reconhecidas pelo Poder Público como órgão de classe dos trabalhadores do setor artesanal da pesca. Ele lembrou que todo pescador é filiado à Colônia de sua região que pode, de forma segura e transparente, aferir a quantidade do pescado, atestando, assim, o exercício profissional. “Por causa das fraudes detectadas na concessão do seguro, o justo está pagando por aquele que foi desonesto”, lamentou. O parlamentar lembrou da necessidade de regulamentar a lei que prevê o pagamento do seguro-desemprego em caso de catástrofes ou fenômenos naturais, o que contemplaria os pescadores prejudicados pela seca consecutiva.

A audiência pública foi realizada pela Comissão de Desenvolvimento Regional, Recursos Hídricos, Minas e Pesca, numa iniciativa do deputado Odilon Aguiar (Pros) e contou com as presenças do secretário estadual da Pesca, Aquicultura e Agricultura Irrigada, Osmar Baquit; do Superintendente de Pesca e Agricultura do Ministério da Pesca; Emanuel Robson; do Superintende Regional do Trabalho e Emprego, do Ministério do Trabalho, Francisco José Ibiapina; do Superintendente do Ibama, Demerval Pedrosa Martins; do Coordenador do Núcleo de Pesca do Ibama, Nélio Bezerra IDT; do Procurador do Trabalho do Ministério Público, Nicodemos Fabricio Maia; do Coordenador de Aquicultura do Dnocs, Pedro Eymard Mesquita e do Presidente da Associação de Pescadores de Tauá, Cícero Lima.

(Foto – Câmara dos Deputados)

O povo

Poupança registra pior captação mensal em 20 anos

bc2

“O Banco Central (BC) informou hoje (5) que a captação líquida da poupança ficou negativa em R$ 6,26 bilhões em fevereiro. O resultado é o pior já registrado para um mês desde o início da série histórica do BC, em 1995.

O número negativo superou o recorde de janeiro, quando a poupança ficou negativa em R$ 5,528 bilhões, até então o pior resultado da série. A captação negativa significa que as retiradas, que somaram R$ 142,17 bilhões em fevereiro, superaram os depósitos dos poupadores, que ficaram em R$ 135, 9 bilhões no mês passado.

O saldo nas contas dos poupadores ficou em R$ 658,19 bilhões. O volume dos rendimentos creditados nas cadernetas dos investidores alcançou R$ 3,677 bilhões. Do saldo das cadernetas de poupança em fevereiro, R$ 518,7 bilhões pertencem ao Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimos (SBPE) e R$ 139,4 bilhões à poupança rural.

Pela regra atual, quando a taxa Selic passa de 8,5% ao ano, a poupança rende 0,5% ao mês (6,17% ao ano) mais a Taxa Referencial (TR), tipo de taxa variável. Essa fórmula está em vigor desde agosto do ano passado, quando a Selic foi reajustada para 9% ao ano. Quando os juros básicos da economia estão iguais ou inferiores a 8,5% ao ano, a caderneta rende 70% da taxa Selic mais a TR.”

(Agência Brasil)

Operação Lava Jato – Ricardo Janot pede união dos procuradores pois momentos duros virão

janott

 

“Em carta encaminhada aos membros do Ministério Público Federal (MPF), o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, alertou os colegas que a operação Lava Jato chegou a um “momento crucial” com o envio, na última terça-feira (3), dos pedidos de investigação sobre pessoas com foro privilegiado ao Supremo Tribunal Federal (STF). No documento, enviado ontem (4) e tornado público hoje (5), o chefe do MPF pediu que o órgão se mantenha unido, de modo a enfrentar “investidas que busquem diminuir o Ministério Público brasileiro, desnaturar seu trabalho ou desqualificar seus membros”.

Na carta, Janot ressaltou que examinou “cuidadosamente” as particularidades apresentadas pelo grupo de trabalho baseado em Brasília e pela força-tarefa sediada em Curitiba. Ressaltou que usou critérios “técnicos e objetivos” ao preparar a peça enviada ao STF, com 28 pedidos para investigar 54 pessoas e os sete de arquivamento contra políticos citados.

“Não espero unanimidade e não a terei. Desejo e confio, neste momento singular do país, particularmente do Ministério Público brasileiro, que cada um dos meus colegas tenha a certeza de que realizei meu trabalho em direção aos fatos investigados, independentemente dos envolvidos, dos seus matizes partidários ou dos cargos públicos que ocupam ou ocuparam”, acrescentou Janot.

O procurador-geral ressaltou que, caso o ministro Teori Zavascki, relator da Operação Lava Jato no STF, concorde com o pedido para retirar o sigilo do processo, todo o trabalho da Polícia Federal e do MP será “esquadrinhado” e “submetido aos mais duros testes de coerência” pela sociedade e pelo que classificou como “parte disfuncional do sistema político”.

“Não guardo o dom de prever o futuro, mas tenho experiência bastante para compreender como a parte disfuncional do sistema político comporta-se ao enfrentar atuação vigorosa do Ministério Público no combate à corrupção. Assim ocorrerá, porque é um valor central da democracia e do Princípio Republicano a submissão de qualquer autoridade pública ao crivo dos cidadãos brasileiros”, afirmou Janot.”

(Agência Brasil)

Mais de 83 milhões investidos em rodovia na Serra da Ibiapaba

DER

Governo do Estado, através do Departamento Estadual de Rodovias - DER, está restaurando 93 quilômetros da rodovia CE-187 localizada na Serra Grande, mais conhecida como Chapada da Ibiabapa e Cuesta da Ibiapaba, nos trechos Viçosa do Ceará – Tianguá e São Benedito – Ipú. Eles pertencem ao Programa Viário de Integração e Logística – Ceará IV, onde o aporte financeiro para a realização das duas obras foi de cerca de R$ 83.635.720,95 oriundos do Tesouro do Estado e do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

De acordo com o superintendente do DER, Sérgio Azevedo, o primeiro trecho da CE-187, Viçosa do Ceará – Tianguá, atualmente com 31% de execução estão sendo restaurados 38 km da malha viária, com investimento de R$ 34.993.280,13. O segundo trecho, São Benedito – Ipú, com 24% de execução, onde estão sendo restaurados 55 km, conta com o capital de R$ 48.642.440,82, totalizando os valores citados acima, referentes a serviços de terraplenagem, pavimentação, revestimento, sinalização horizontal e vertical, proteção ambiental e obras d'arte correntes.

O objetivo do governo é facilitar o deslocamento de produtos e passageiros, tanto no acesso turístico à região serrana de Viçosa, trazendo mais atrativos aos comerciantes e produtores da região e promovendo a integração à região norte e ao litoral oeste, como da região do Sertão Cearense. Os trechos também facilitarão o deslocamento à divisa Ceará/Piauí.

 

Assessoria de Comunicação do DER

Centec abre inscrições para curso de Assistência Técnica e Extensão Rural em Barbalha

RCentec

O Centro Vocacional Técnico (CVTEC) do Instituto Centec, em Barbalha, está com inscrições abertas para o curso de extensão em Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater). A capacitação tem o objetivo de possibilitar aos alunos uma melhor compreensão sobre como trazer maiores benefícios para a agricultura a partir da elaboração, implementação e avaliação das atividades de extensão rural.

O curso tem 20 vagas e acontecerá de 9 a 20 de março, sob a instrução da professora Leila Tavares, graduada em Tecnologia de Alimentos pela Faculdade de Tecnologia Centec (Fatec) e especialista em Biologia e Química pela Universidade Regional do Cariri (Urca). As aulas acontecem de segunda a sexta, de 13h30 às 17h30, totalizando uma carga horária de 40 horas-aula. A taxa de inscrição é de 20 reais.

"O principal objetivo do curso é estimular e animar as pessoas para um desenvolvimento sustentável da agricultura familiar na região, que aprenderão as melhores formas de oferecer ajuda aos agricultores", explica Leila. "Também serão repassados conhecimentos sobre os principais programas oferecidos pelo Governo para fortalecimento da produção familiar da agricultura, como o Pronaf", acrescenta.

Voltado para técnicos agrícolas e agropecuários, alunos do CVTEC Barbalha, produtores rurais e sociedade em geral, o curso estará com matrículas abertas até o início das aulas ou até que sejam preenchidas todas as vagas. Para realizar inscrição, os interessados devem procurar a unidade CVTEC em Barbalha, localizada na Av. José Bernadino Cavalcante Leite, s/nº, Km 4, Buriti.

Serviço
O que: Curso de extensão em Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater)
Quando: 9 a 20 de março, das 13h30 às 17h30
Onde: CVTEC Barbalha (Av. José Bernadino Cavalcante Leite, s/nº, Km 4, Buriti)
Vagas: 20 pessoas
Taxa: R$ 20,00
Contatos: (88) 3532.0801 / 3532.2311 / cvtec_barbalha@centec.org.br

 

Assessoria de Marketing e Comunicação do Instituto Centec

Cresce participação da mulher no mercado de trabalho

RSTDS

A taxa de participação feminina no mercado de traballho da Região Metropolitana de Fortaleza (RMF) subiu de 48,5% para 49,1%, entre 2013 e 2014, o que equivale à incorporação de 19 mil mulheres à força de trabalho da região, ou mais 2,3%. O crescimento da participação feminina foi acompanhado pela expansão da ocupação e redução do desemprego, que em 2014 avançou para ambos os sexos.

Em 2014, das 51 mil novas ocupações geradas, 25 mil contemplaram a força de trabalho masculina (49%) e 26 mil destinaram-se à força de trabalho feminina (51%). Com isso, o contingente de mulheres ocupadas, que era de 742 mil, em 2013, atingiu 768 mil, em 2014, ano em que 1,019 milhão de homens participaram da força de trabalho da região. Dessa forma, homens e mulheres tiveram suas oportunidades de trabalho ampliadas, no ano passado.

Desemprego em queda
Com a ampliação da força de trabalho feminina, o desemprego total na RMF caiu de 8,0%, em 2013, para 7,6%, em 2014, puxada pela redução da taxa feminina, de 9,6% para 8,7%. Em 2011 e 2012 a taxa de desemprego feminino era de 10,7%, nos dois anos seguidos. Em 2009, foi de 12,9%.

Portanto, o nível de desemprego feminino em 2014 foi o menor dos últimos três anos e da relativa estabilidade do desemprego masculino, que passou de 6,6% para 6,7%,respectivamente. Em números absolutos, o número de mulheres desempregadas recuou 18%, passando de 89 mil em 2010, para 73 mil em 2014.

Para o secretário Estadual do Trabalho e Desenvolvimento Social, Josbertini Clementino, a pesquisa registra avanços e revela conquistas das mulheres no mercado de trabalho, mas também mostra que muito “ainda há a percorrer, para que atinjamos o estágio de igualdade de direitos entre gêneros”.

Para o presidente do Instituto de Desenvolvimento do Trabalho (IDT), Gilvan Mendes, percebe-se que apesar da ampliação do nível de ocupação e redução do desemprego entre as mulheres, ainda é preciso avançar para reduzir a desigualdade entre os gêneros, em termos laborais. “Isto porque ainda se observam diferenças, especialmente no que se refere ao rendimento do trabalho e às formas de inserção", acrescenta.

Os números constam no Boletim Temático “Mulheres e o mercado de trabalho na RMF”, que é parte da programação de comemoração ao Dia Internacional da Mulher, celebrado no próximo domingo, dia 8 de março, pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS) e do Instituto de Desenvolvimento do Trabalho (IDT), o Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese) e a Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados (Seade).

Perfil das mulheres empregadas
- Mais da metade dessas mulheres tinham de 16 a 24 anos (54,1%),
- 82,6% delas eram negras
- 12,5% eram chefes de família, em 2014.

Setores
Das 51 mil novas ocupações totais no ano passado, 44 mil ocorreram no setor de serviços, onde a presença feminina é tradicionalmente mais expressiva. Das 44 mil novas vagas, 59% ou 26 mil foram ocupadas por mulheres, distribuídas em vários segmentos.

Nesse caso, destacaram-se: administração pública, defesa, seguridade social; educação, saúde humana e serviços sociais (11 mil, ou 8,2%), alojamento e alimentação; outras atividades de serviços; artes, cultura, esporte e recreação (7 mil, ou 5,9%) e informação e comunicação; atividades profissionais, científicas e técnicas (5 mil, ou 16,7%).

No comércio e reparação de veículos automotores e motocicletas foram geradas 9 mil ocupações, sendo quase 4 mil para os homens e cerca de 6 mil para as mulheres. A indústria de transformação foi o único setor a eliminar postos de trabalho (-7 mil, ou -2,2%), o que ocorreu entre homens (-2 mil, ou -1,3%) e mulheres (-5 mil, ou -3,3%), impedindo uma maior inserção das mulheres no mercado de trabalho local.

Rendimento do trabalho: desigualdade volta a crescer, apesar dos ganhos reais

O rendimento médio real do total dos ocupados cresceu 1,8%, na RMF, entre 2013 e 2014, passando a valer R$ 1.193. O rendimento médio real mensal dos homens foi estimado em R$ 1.363 e o das mulheres, R$ 979,equivalendo a 71,8% do rendimento médio masculino. Entre os sexos, cresceram os rendimentos médios reais dos homens (3,2%) e, em menor intensidade, das mulheres (1,0%), o que favoreceu nova ampliação das disparidades salariais existentes.

 

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado
Casa Civil

Anunciados mais seis nomes do Governo do Estado

governodoestadoce

O governador Camilo Santana nomeou seis nomes para compor o quadro do Governo do Estado. São eles:

- Para o cargo de secretário executivo da Saúde - Rennys Frota
- Para o cargo de presidente do Metrofor - Eduardo Hotz
- Para o cargo de presidente do Ideci - Rita Bezerra
- Para o cargo de presidente da Ceasa - Reginaldo Moreira
- Para o cargo de presidente da TVC - Tibico Brasil
- Para o cargo de presidente do Instituto Dragão do Mar - Paulo Linhares

 

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado
Casa Civil

Hospital Regional Norte contribui para aumento na captação de órgãos e tecidos no Ceará

HRN

O trabalho de parceria do Hospital Regional Norte e Santa Casa de Sobral tem garantido bons frutos quando o assunto é captação de órgãos e tecidos. O HRN ocupa a quinta posição no Ceará, em número de protocolos de morte encefálica e de doadores efetivos. O HRN também ocupa a segunda posição em efetivação de transplantes, com 40% de sucesso nos procedimentos (quando a cirurgia é realizada), em relação ao número de notificações registradas, ficando atrás apenas do Instituto Doutor José Frota (IJF), onde se encontra a maior Organização de Procura de Órgãos (OPO) do Estado.

Responsável por possível paciente com morte encefálica (completa e irreversível parada de todas as funções do cérebro), o HRN contribui, dessa forma, para manter o Ceará entre os primeiros no ranking dos transplantes no País.

Neste início de 2015, o HRN realizou três captações de órgãos. No ano passado, quando foi instituída a CIHDOTT do HRN, a equipe composta por médico, enfermeiros, assistente social e psicólogo, conseguiu 12 doações. Em parceria com a Santa Casa, que registrou 13 doações ao longo do ano.

A instituição recebeu a visita de uma equipe da Central Estadual de Transplantes e de técnicos do Ministério da Saúde do Sistema Nacional de Transplantes (SNT), que vieram conhecer a estrutura do hospital e saber mais sobre o trabalho da equipe da Comissão Intra Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplantes CIHDOTT.

De acordo com os membros da equipe do SNT, a visita ajuda a mapear todas as etapas do processo de doação, identificar pontos de necessidade de melhoramento e elaborar protocolos e manuais que sejam implantados, com intuito de aperfeiçoar trâmites de doações e transplante. O Ministério da Saúde pretende ampliar a qualificação dos serviços, padronização de processos e aumento do número de doadores. A conclusão da visita é que a parceria do HRN e Santa Casa vem otimizando não apenas o processo de doação e captação de órgãos na zona norte, mas tem contribuído para amenizar a situação de espera dos pacientes que aguardam nas filas de transplantes.

Para o médico Olon Leite, da CIHDOTT, do Hospital Regional Norte, o trabalho da equipe tem sido recompensado com o número de efetivações dos transplantes. “O trabalho de busca, educação e orientação às famílias têm diminuído o tabu que ainda representa a questão das doações de órgãos.

É recompensador saber que mesmo não tendo uma OPO instalada no HRN, a nossa comissão, que é interdisciplinar, tem contribuído para esses bons resultados”, afirmou.

Estrutura
É na Santa Casa de Sobral onde funciona a Organização de Procura de Órgãos (OPO), com abrangência em toda a macrorregião norte. A OPO é a parte executiva da Comissão Nacional de Transplantes de Órgãos e Tecidos, designada pela Secretaria de Estado da Saúde, por meio da Central de Transplantes, que tem por objetivo, exercer atividades de identificação, manutenção e captação de potenciais doadores para fins de transplantes. Além da macrorregião norte, o Ceará possui mais duas OPOs, em Fortaleza e no Cariri.

 

Assessoria de Imprensa do Hospital Regional do Norte

É preciso ter atenção com raios e banhos em açudes

acudebanhoO banho em açudes requer cuidados para evitar acidentes

Foto: Honório Barbosa

Iguatu Neste ano, somente na região Centro-Sul do Ceará, foram registrados quatro afogamentos em açudes públicos, vitimando crianças, jovens e idosos. O período de chuvas que se inicia no Estado atrai banhistas, aumenta risco de acidentes, choques elétricos e até queima de equipamentos eletrônicos. Nos dois primeiros meses deste ano, a Coelce registrou 36.516 descargas em todo o Estado.

Anteontem, duas crianças, uma de quatro anos e outra de nove anos, morreram afogadas, logo após sofrerem choque elétrico em uma balsa ancorada e que funciona como bar e restaurante no Açude Orós, o segundo maior reservatório público do Ceará.

O subcomandante da 1ª Seção de Bombeiros de Iguatu, tenente Marcos Acácio, chamou a atenção dos pais e de comerciantes que exploram atividades de lazer em balneários, rios e açudes. "As chuvas atraem banhistas para momentos de lazer, nos fins de semana, há mistura de bebidas alcoólicas, comidas e relaxamento com os cuidados com as crianças e adolescentes", observou. "Infelizmente, todos os anos registramos mortes por afogamentos e graves acidentes".

O tenente Marcos Acácio orientou que as crianças devem ser mantidas sob vigilância permanente dos pais ou responsáveis, os estabelecimentos que oferecem serviços de lazer (barracas, balsas) devem ter cuidado com a fiação elétrica e com os banhistas. "São obrigados a oferecer guarda-vidas, segundo determinação de lei estadual", frisou o militar.

O Açude Orós oferece serviço de guarda-vidas contratados pelo município, mas no Açude Trussu, zona rural de Iguatu, não há pessoas treinadas e equipadas para dar proteção aos banhistas. É preciso, portanto, redobrar os cuidados. "O uso de bebida alcoólica deixa a pessoa mais afoita e, muitas vezes sem preparo físico adequado e sem técnica de natação, tenta atravessar açudes, fazer longas travessias e corre risco de acidentes", explica.

Os Bombeiros recomendam uso de coletes salva-vidas em vez de boias, que não oferecem a segurança adequada. A unidade local atende a 22 municípios da região Centro-Sul e por turno dispõe de oito homens. Foi implantada há 24 anos. Dispõe de viaturas de combate a incêndios, ambulância para primeiros socorros, bote, barco e equipamento de mergulho para resgate e ações de salvamento.

Nesta semana, moradores da cidade de Cedro, na região Centro-Sul do Ceará, reclamaram de queima de eletrodomésticos por descarga de relâmpagos. Em uma das casas, o raio queimou fiação completa, arrancou tomadas e danificou os equipamentos ligados à rede elétrica.

A Coelce informou que foram contabilizadas, em 2015 (de 1º de janeiro até 3 de março), 36.516 descargas em todo o Ceará. Santa Quitéria foi o município com a maior incidência, 1.372; seguido de Sobral (1.333); e Canindé (1.169). Em 2014, foram registradas 153.470 descargas atmosféricas em todo o Estado, sendo Granja a cidade com o maior número de incidências (9.530).

O Sistema de Monitoramento de Descargas Atmosféricas da Coelce, mantido pelos operadores do Centro de Controle do Sistema (CCS), tem o objetivo de acompanhar o sistema e orientar as equipes de manutenção do Estado sobre ocorrências na rede elétrica provocadas por descargas atmosféricas.

Segundo orientação da Coelce, os moradores devem adotar cuidados básicos dentro de casa durante tempestades, evitando o uso de celular, secador de cabelo e ferro elétrico conectados à tomada; de chuveiro ou torneira elétrica; e fazer consertos de instalações elétricas. É recomendado permanecer dentro de casa enquanto a tempestade durar.

Fora de casa, durante tempestade, deve-se evitar contato com objetos metálicos, como cercas de arame e principalmente linhas telefônicas ou elétricas. Não permanecer em áreas ou campos abertos, piscinas, lagos, praias, árvores isoladas, postes e locais elevados.

Ressarcimento de danos

Em caso de danos nos equipamentos eletrodomésticos por descarga elétrica ou oscilação de corrente, a Coelce informa que o cliente deve procurar a companhia em até 90 dias da data do dano elétrico, por meio das lojas de atendimento ou do telefone 0800 285 0196, atendendo aos seguintes requisitos: ser o titular da unidade consumidora onde houve a ocorrência; informar a data e o horário provável da ocorrência do dano; relatar o problema apresentado; descrever as características gerais do equipamento danificado (marca, modelo, ano de fabricação).

Honório Barbosa
Colaborador

Diario do Nordeste - Regional

Governador Camilo Santana em Assaré nesta quinta-feira

CamiloSantanaceFoto: Divulgação

O governador Camilo Santana (PT), participa nesta quinta-feira (5), em Assaré, no Cariri Oeste, do encerramento da XI Festa do Patativa de Arte e Cultura. À noite, o governador Camilo Santana assistirá a missa em homenagem aos 106 anos de nascimento do poeta Patativa do Assaré, em seguida, retorna para Fortaleza. Antes, porém, às 16 horas, o governado vai inaugurar um sistema de abastecimento de água na localidade de Sítio Volta, e a assinatura de uma ordem de serviço para a implantação de três novas obras de infraestrutura hídrica.
A missa também marcará o encerramento dos festejos em Assaré,. A cidade está em festa desde a segunda-feira (2) e tem recebido mais de 20 mil visitantes por dia, principalmente no período noturno, quando acontecem os shows com artistas locais e regionais, além de bandas de forró.
O prefeito Samuel Freire (PT), mesmo diante da dificuldade financeira que o município atravessa, conseguiu entregar algumas obras à população para marcar a XI Festa Patativa de Arte e Cultura. O deputado federal, José Guimarães, que teve expressiva votação no município, faz parte da comitiva do governador.

flavio pinto

O princípio da gratidão - Por: Emerson Monteiro

Ainda que exista fama de as pessoas serem egoístas, um senso de justiça prevalece nas relações interpessoais. Isto de quando alguém nos trata com respeito e educação doméstica, por exemplo, naturalmente traz às nossas atitudes o gosto de querer, de algum modo, retribuir a deferência na mesma moeda e responder com modos semelhantes.

O de que mais precisa a sociedade são as atenções diante dos gestos de amizade e carinho, vistos os tantos desentendimentos em forma de crimes e guerras espalhados pelos países e raças, religiões e partidos políticos. Ninguém mais dedica esse quase nada aos outros sem querer algo em troca, os chamados benefícios sociais. As eleições servem de amostra desse comportamento. Raros líderes verdadeiros surgiram nesses tempos bicudos. Ao planejar uma campanha eleitoral o primeiro item são recursos arrecadados para investir, gerando isso feridas morais absurdas, que contaminam o corpo social, quais jamais previstas ou aceitas no bom sentido da paz coletiva.

A gratidão, o reconhecimento, instintos naturais do equilíbrio e da justiça, bem que podem curar danos deixados pela competitividade selvagem que ora parece dominar as instituições. Crise sem precedentes exige posições coerentes de todos, sobremodo daqueles voltados aos sonhos da Paz, preservação das famílias, trabalho, prosperidade, esperançosos dos novos tempos que aguardam nossos filhos e netos.

O dia a dia mostra esse quadro desalentador com vistas a suprir as carências da fase histórica de insegurança geral e ganância dos dirigentes da máquina pública. A desunião ocasionada pela complexidade moderna segrega as pessoas aos guetos de lutas individuais. A doença do isolamento já apresenta a face dos cidadãos quais seres distantes uns dos outros, presos às ferragens dos automóveis ou encaixados nos cubículos de cimento, prisioneiros no tabuleiro dos jogos de poder das massas. Horas de repouso ficaram restritas aos condicionamentos, preocupações e gestos neuróticos manipulados por máquinas frias.

Nunca antes quanto agora houve tamanha necessidade dos sentimentos verdadeiros, honestos, autênticos, razão da sobrevivência dos valores obtidos a pretexto de evoluir, que justificaram os compêndios da tão esperada civilização.

04 março 2015

Mortes violentas em Fortaleza caem 29,8% em fevereiro

RSSPDS

Os Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs) recuaram 29,8% em Fortaleza em fevereiro de 2015, na comparação com o mesmo mês do ano passado. O decréscimo comprova a consolidação das ações do Programa em Defesa da Vida, desenvolvido pela Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) e por suas vinculadas – Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros e Perícia Forense do Ceará. Os dados foram apresentados pelo titular da SSPDS, Delci Teixeira, na tarde desta quarta-feira (4/3), na sede da Secretaria.

Os CVLIs, que englobam homicídios, latrocínios e lesões corporais seguidas de morte, registraram queda também no Ceará: 13,5%. O índice é mais que o dobro da meta de redução de CVLI no Estado, que é 6%, superando-a em 7,5 pontos percentuais. Foram salvas 52 vidas. Aconteceram 334 crimes em fevereiro passado, enquanto no mesmo mês de 2014, 386. Em Fortaleza, a redução de 29,8% se deve à queda de 178 crimes, em fevereiro de 2014, para 125, em 2015, representando 53 vidas salvas.

O secretário Delci Teixeira destacou que a integração entre as forças de segurança contribuiu decididamente para a melhora nos índices no Estado. Houve trabalho das polícias focado nas áreas, horários e dias que apresentam maiores taxas de crimes e dos levantamentos realizados pelas áreas de inteligência, entre outras iniciativas. “Há uma dedicação de todos. Mesmo porque o governador Camilo Santana tem acenado com o reconhecimento a esse trabalho. E se percebe uma resposta integrada”, afirmou Delci, citando entre as medidas positivas recentes a promoção de praças e oficiais da PM, a equiparação salarial dos policiais cearenses com os demais do Nordeste e a convocação de novos concursos.

Todas as seis Áreas Integradas de Segurança (AISs)da Capital alcançaram diminuições muito acima da meta estabelecida pelo Governo do Estado. A campeã de redução foi a AIS 3 com -47,6%, seguida pelas AIS 5 (-41,9%), AIS 2 (-34,1%), AIS 6 (-33,3%), AIS 4 (-24,2%) e AIS 1 (-13%).

Na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), também houve diminuição. A queda foi de 20%. O mês terminou no território com 17 vidas salvas. No mês passado, foram 68 crimes registrados, contra 85 no mesmo período de 2014. As três AISs da RMF também apresentaram queda acima da meta. A AIS 9 teve 26,9% de redução, a AIS8 teve 22,2% e a AIS 7, 8,7%.

No Interior Norte, houve uma diminuição de 12,1%, indo de 58 para 51 CVLIs. Já no Interior Sul, houve aumento de 38,5%, passando de 65 para 90 casos. Com o objetivo de reverter os índices apresentados no Sul do Estado, o secretário Delci Teixeira designou uma força tarefa, sob responsabilidade do Comandante Adjunto da Polícia Militar, Coronel Hervano Macedo, para combater os crimes na região.

Das 18 Áreas Integradas de Segurança (AISs), 11 apresentaram redução em fevereiro (AISs 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 14 e 17), todas caíram mais que os 6% estabelecidos como meta.  A AIS 12 empatou. As demais apresentaram crescimento – AISs 10, 11, 13, 15, 16 e 18.

 

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado
Casa Civil

A partir de julho, Juazeiro ganhará voos da TAM

aviao

A partir do dia 1º de julho a empresa TAM Linhas Aéreas passa a operar no Aeroporto Regional de Juazeiro do Norte com modernas aeronaves tipo Airbus 319 ostentando capacidade para 144 passageiros.
Os voos sairão em Brasília às 10h45min, chegando em Juazeiro às 12h57min, decolando às 13h27min para Recife, onde chega às 14h34min. Decola da capital pernambucana às 15h10min, pousa em Juazeiro às 16h17min quando levanta vôo para Brasília às 16h51min onde chega às 19 horas.
(Com informações da Assessoria de Imprensa)

Kurt Vonnegut - Por: Emerson Monteiro

Em 11 de abril de 2007, na cidade de Nova York, morria o escritor norte-americano Kurt Vonnegut. De origem alemã, Vonnegut representa para a literatura americana autor rico de imaginação, cruzando pelo território da ficção científica de ampla aceitação, sobretudo no seio da juventude mundial no decorrer dos anos 70.

Ferrenho pacifista, viveu de perto o drama da Segunda Guerra Mundial, na Europa, quando, inclusive, preso viu-se recolhido a uma galeria improvisada em um matadouro em Dresden, durante o período final da conflagração.

Por esse motivo, testemunhou, junto de alguns outros soldados prisioneiros, na própria pele, o bombardeio de toneladas de bombas dos Aliados à Alemanha, servindo de inspiração para o seu primeiro livro Matadouro 5, sucesso nos tempos bélicos da Guerra do Vietnam, em 1969.

O seu modo peculiar de escrever envolve severas críticas à democracia estadunidense, que não deseja aos outros aquilo que quer para si, pondo por terra toda a mística de salvadores do mundo forjada por ocasião dos combates a Hitler e sua ideologia de dominação, à época da Segunda Guerra.

Aos 84 anos, Kurt Vonnegut consagrou-se perante os tempos modernos em face do jeito humorado, satírico e engajado nos principais problemas de sua época. Nascido em Indianápolis, Estado de Indiana, em 11 de novembro de 1922, trabalhou como jornalista e graduou-se em antropologia.

Seus livros, a maioria romances, denunciam com sofreguidão as guerras e as ditaduras.

Eis uma lista breve de seus livros publicados no Brasil e que bem merecem leitura por parte de quem aprecia a literatura engajada com os dramas da civilização destes tempos difíceis do capitalismo ocidental: Matadouro 5, Ardil 22, Um homem sem pátria, Destinos piores que a morte, Hocus-Pocus, A cama de gato, Breakfast dos campeões  e Timequake - Tremor de tempo. Pelo menos duas dessas obras constituíram argumentos cinematográficos de largo êxito mundial.

Dentre suas tiradas irônicas, cabe aqui um exemplo, a saber: Humanista é uma pessoa com grande interesse pelos seres humanos. Meu cachorro é humanista.

Em 2003, pronunciou-se contrário à invasão dos americanos e ingleses ao Iraque.

Esses pobres amantes - Por: Emerson Monteiro

Desde as pompas preparatórias, danças lotavam de nobres os salões iluminados e deslizantes casais. Os dois, a lady e o príncipe, semelhavam pássaros alegres, reflexos dos olhares longos de damas e cavalheiros, imagem milenar das monarquias, saracoteando sedas no efusivo ambiente.

Puro sonho, festa de casamento que durou três dias. Ela chegara à real família pelo amor romântico tecido nas teias da candura. Nobre, linda, porém fruto de linhagem paralela onde a fidalguia concedera-lhe o sétimo céu de ser princesa no reino da Inglaterra.

Essas emocionadas fases, conquanto depois contraditórias, cobravam da família detalhes essenciais à preservação das condições iniciais. Diana Spencer existiu para o marido, seus dotes e filhos herdeiros. Repetidas vezes, quis se arremeter de encontro ao destino que lhe tirara da história plebeia, largado-a no paço. Entretanto reservara-se discreta no silêncio das alamedas, submissa ao cerimonial, das viagens de ofício e compromissos outros.

Fluíram longos dez, doze, quinze anos de regularidade protocolar.

Numa bela manhã de primavera, na discreta cavalariça, próxima de James Hewitt, oficial instrutor dos príncipes, viu o que lhe fez recordar os livros infantis, as histórias de encanto, no reservado coração adormecido.

Dispararam em si tontas emoções retidas pelo contrato nupcial das máscaras oficiais. O castelo hostil veio no seu encalço. Saber disso jamais poderia, visto fugir da lei e, estoica, abandonar as calandras escuras do preço que pactuara.

Nalgum impulso, as carnes rasgaram a tradição do sossego. Apaixonada, a princesa amou quanto necessário, quiçá pela primeira vez. Sentimentos ganharam corpos. Dois amantes pecaram no palácio imperial. Ela jogou ao solo muralhas carcomidas de todas as convenções. Charles também derivou noutras aventuras e o conto de fadas virou crônica galante. Os filhos, sempre eles, pagam o desamor dos pais.

Separada a união do século XX, feridas abertas aos tabloides sensacionalistas, repercutiram escândalo e dramas particulares, na roupa suja lavada nas praças. Viajou pelos países, a servir de emissária que tutela os exilados desse mundo torto. África. Ásia. América.

Uma noite a todos de novo surpreende. Em 31 de agosto de 1997, em Paris, morre Diana junto de outro namorado, após baterem com o carro nas estruturas urbanas da capital francesa.

Cinco anos do desaparecimento, jornal inglês traz a notícia de que o ex-amante da princesa fixou preço para suas cartas de amor. O diário londrino News of the World, na edição de 15 de dezembro de 2002, disse que o oficial James Hewitt buscou vender pelo valor de 10 milhões de libras (US$ 15,6 milhões) a correspondência amorosa. Esta é a primeira vez que um membro da família real escreve a um soldado que está no front, disse Hewitt, que recebeu as cartas de Diana durante a Guerra do Golfo, ao servir no Kuwait. Isso num besto desvairado de quem acolheu o amor imperial e perdeu a licença possível que houvesse para os amantes verdadeiros nos tribunais da Eternidade.

Assaré ganha novo sistema de abastecimento d'água

AguaPara_Todos1

O Governo do Estado do Ceará, através da Secretaria do Desenvolvimento Agrário (SDA), vai inaugurar o sistema de abastecimento d'água, dentro do Programa Água para Todos na comunidade de Sítio Volta, no município de Assaré, na próxima quinta-feira (5), às 16 horas. O evento vai contar com a presença do Governador do Estado do Ceará, Camilo Santana e do Secretário do Desenvolvimento Agrário, Dedé Teixeira.

A obra vai beneficiar 34 famílias e contou com investimento de R$ 179 mil, recurso oriundo dos Governos Federais, através do Ministério da Integração Nacional e do Governo Estadual, através da SDA.

211 projetos de abastecimento d'água já foram entregues em 2014, beneficiando 9.529 famílias. Outros 600 estão em andamento ou em licitação. Até o final de 2015, há previsão de investimentos de R$ 277 milhões.

O secretário Dedé Teixeira destacou o investimento em abastecimento d'água como prioridade da gestão do Governo Camilo Santana e que as obras em andamento do Programa Água para Todos vão ser concluídas até o final deste ano. “O programa vai deixar bem mais saúde para as comunidades beneficiadas, pois garante água de qualidade para quem no passado sofreu com o fantasma da mortalidade infantil”, disse.

No evento também vai acontecer a assinatura das ordens de serviços da Associação Comunitária de São José e da Associação Comunitária de Tamboril de Dona Leidir, no valor total de R$ 270 mil reais, atendendo 55 famílias de Assaré.

Serviço

Dia 05/03 - 16h Inauguração do novo sistema de abastecimento d'água da comunidade Sítio Volta
Local: Comunidade Sítio Volta (Em frente ao Balneário Canoas) – Assaré/CE

 

Assessoria de Comunicação da Secretaria do Desenvolvimento Agrário

Estado do Ceará conta com apenas seis aterros sanitários

lixao

Juazeiro do Norte Seis meses após o fim do prazo concedido pelo governo federal para que os municípios se adequassem à Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) a maioria das cidades do Estado do Ceará não conseguiu, ainda, elaborar o Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos (PGRS), peça primordial na garantia do recebimento de recursos da União para dar fim aos lixões e instalar aterros sanitários, por meio de sistemas consorciados.

Dos 184 municípios que formam o Estado, apenas a capital, Fortaleza, cumpriu o prazo estabelecido para criação do PGRS. Até o fim do ano passado, somente os 27 municípios inseridos na Bacia do Poti, nas regiões de Crateús e Inhamuns, também tinham conseguido elaborar seus planos de gerenciamento.

Nos últimos anos houve pouco avanço em relação à criação de aterros sanitários no Estado. O Ceará passou cerca de 16 anos com apenas quatro aterros, localizados nos municípios de Caucaia, Aquiraz, Maracanaú e Sobral. Recentemente, dois novos aterros foram construídos, nos municípios de Mauriti e Brejo Santo, ambos na região do Cariri. O número de aterros existentes no Ceará, no entanto, é insignificante em relação ao que determina a legislação em vigor.

De olho nos atrasos, o Ministério Público do Ceará (MPCE) cobra dos municípios o cumprimento da PNRS, realizando, em muitos casos, Termos de Ajustamento de Condutas (TACs). Pela Lei, o lixo tem que ser encaminhado para um aterro sanitário, forrado com manta impermeável, para evitar a contaminação do solo. O chorume deve ser tratado e o gás metano tem que ser queimado. Quem não cumprir a legislação estará submetido às punições previstas na Lei de Crimes Ambientais, que prevê multa de R$ 5 mil a R$ 50 milhões.

Falta de recursos

Os municípios, por sua vez, alegam falta de condições financeiras para elaboração dos PGRS e instalação dos aterros sanitários. "Não há um único município de pequeno e médio porte no Ceará que consiga elaborar seu Plano de Gerenciamento e construir, individualmente, um aterro sanitário. Toda a demora em relação ao cumprimento da Política Nacional se dá por falta de recurso nos municípios. Quando criaram a legislação esqueceram de disponibilizar mecanismos que garantissem o aporte de recurso para os municípios brasileiros", avaliou o presidente da Associação dos Municípios do Estado do Ceará (Aprece), Expedito José do Nascimento.

Prefeito do município de Piquet Carneiro, na região do Sertão Central, ele observou que a entidade está buscando parceria com o governo do Estado para que o problema seja solucionado em definitivo. "Sem a participação do Estado é impossível para os municípios cumprirem o que a Lei determina. Nós estamos dialogando sobre o assunto e, ainda nesta semana, deveremos nos reunir com o secretário das Cidades, Ivo Gomes, para buscarmos avançar na elaboração dos planos de gerenciamento", disse.

O presidente da Aprece também salientou a necessidade da participação da iniciativa privada como outra forma de solucionar as demandas existentes. "Há empresas Portuguesas, e de outros países, inclusive, interessas em instalar usinas de reciclagem no Ceará. Essa seria uma excelente oportunidade para que os custos de elaboração de projetos fossem diminuídos", observou Expedito do Nascimento informando, ainda, que neste ano serão realizados oito seminários para discussão do tema. O primeiro deles, sem data informada, acontecerá no município de Gramado, no Rio Grande do Sul.

Prioridade

Conforme técnicos ligados à Secretaria de Cidades do Ceará, a criação de mecanismos que possam auxiliar os municípios cearenses a solucionar o problema, em definitivo, é vista como prioridade dentro do atual governo.

A secretária executiva do Conselho de Políticas e Gestão do Meio Ambiente (Conpam), Maria Dias, informou que o Estado irá custear as despesas para elaboração dos PGRS. Os planos serão regionalizados e atenderão a todos os municípios do Ceará. "Nós entramos na fase licitatória para criação dos planos regionais. Ao todo, serão construídos 14 planos de gerenciamento que, segundo nossa expectativa, deverão estar prontos até o fim deste ano", disse.

O Estado também já iniciou a busca por modelos de implantação de consórcios entre municípios para gestão de aterros sanitários. O assunto foi discutido, recentemente, pelo secretário de Cidades, Ivo Gomes, junto a consultores do Banco Mundial, por meio de videoconferência.

A partir da consultoria realizada pelo Banco Mundial, foram apresentadas alternativas de governança para o aterro do sanitário da Região Metropolitana do Cariri (RMC), que já possui projeto de execução elaborado, restando, apenas, recursos para sua aplicabilidade, que poderão ser implementadas em outros consórcios formados no Estado.

O governo do Estado pretende viabilizar a elaboração dos Planos de Gestão Integrada de Resíduos e a construção de aterros sanitários, por meio de consórcios. "É desejo do governador Camilo Santana que os municípios cearenses realizem os consórcios, sem impormos a eles um modelo, mas sim, uma construção conjunta e discutida", ressaltou, em nota oficial, o secretário Ivo Gomes, acrescentando que um piloto do projeto deverá ser feito ainda neste ano.

Em setembro de 2013, o Diário do Nordeste publicou dois cadernos especiais sobre o contexto do Estado do Ceará dentro da PNRS. De lá para cá, no entanto, quase nada mudou no cenário, a não ser a intenção manifestada pelo governo do Estado em financiar a construção dos aterros.

FIQUE POR DENTRO

Legislação visa mudança de comportamento

A Lei Nº 12.305/10, que institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) pretende reduzir a geração de resíduos, a partir desenvolvimento de hábitos de consumo sustentáveis e de instrumentos para propiciar o aumento da reciclagem e da reutilização dos resíduos (pode ser reciclado ou reaproveitado) e a destinação ambientalmente adequada dos rejeitos (não pode ser reciclado ou reutilizado).

Dos 184 municípios do Ceará, apenas Fortaleza elaborou seu Plano Municipal de Resíduos Sólidos no prazo. Outros 27 municípios inseridos na Bacia do Poti, na região dos Inhamuns, também já tiveram seus planos confeccionados. No entanto, falta recurso para aquisição de terrenos e construção dos aterros sanitários. Por enquanto, o Estado só tem aterros sanitários em Caucaia, Aquiraz, Maracanaú, Sobral, Mauriti e Brejo Santo.

Roberto Crispim
Colaborador

|Diario do Nordeste - Regional


Edições Anteriores:

Fevereiro ( 2015 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28