xmlns:fb="http://www.facebook.com/2008/fbml" xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> BLOG DO CRATO | O Crato na Internet desde 2005
.

VÍDEO - SAAEC entrega água preta de péssima qualidade à Vilalta, em Crato. www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense - Clique em Curtir e Adicione a sua Foto !

21 novembro 2014

Notícias & Reflexões para este sábado (Armando Lopes Rafael)


Não existe mais separação física na Conurbação Crajubar
Pois é, quem sai de Crato, em direção à Barbalha, passando por Juazeiro do Norte já pode constatar. As três cidades estão unidas por construções e não há mais espaço vazio nem sinais de fronteiras entre  elas. Os mais antigos admitem que a profecia do Pe. Cícero sobre a união das três cidades (Crato, Juazeiro e Barbalha) já se concretizou. Lamentavelmente, os três prefeitos ainda não assimilaram uma visão de futuro para atender aos que moram na conturbação. É cada um para seu lado e o povo é quem sai prejudicado com a falta de políticas para o bem comum. 
(Ao lado  o centro da conurbação Crajubar, na cidade de Juazeiro do Norte)

 
Raimundão “Pop Star”
Taí. Ainda repercute a matéria do Programa Fantástico, da Rede Globo, mostrando os escândalos na aquisição da merenda escolar em Crato e Juazeiro do Norte. No entanto,   o prefeito juazeirense, Raimundo Macedo,  está em Portugal, onde assinou um acordo de Cooperação entre os municípios de Juazeiro do Norte (Brasil) e Viseu (este último uma importante cidade lusitana). Segundo a Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Juazeiro, Raimundão (acompanhado da primeira dama do município, Maricele Macedo, e do Secretário de Desenvolvimento Econômico e Turístico, Antônio Barbosa Mendonça) -- ver foto ao lado, da ASCOM PMJN -- foi recebido pelos vereadores no Parlamento Municipal de Viseu, onde foi apresentado como “uma das grandes lideranças municipais do Brasil”. Raimundão  discursou em seguida. Chique! É como diz o ditado popular: “Nas voltas que o mundo dá, um dia urubu vira sabiá”...
Cratenses em Viseu
A Diocese de Viseu, em Portugal,  recebeu dois padres egressos da Diocese de Crato: Pe. Raimundo Elias e Pe. Lindoval José da Silva. São dois missionários que a Diocese de Crato enviou para fazer apostolado em terras lusitanas. No sentido inverso do que fizeram os portugueses no início da colonização do Brasil, nos séculos 16 e 17. São as voltas que o mundo dá...
 Inauguração do Pronto Socorro do Hospital São Francisco
Será no dia 27 de novembro, próxima 5ª feira, a inauguração das instalações da unidade de Urgência/Emergência (Pronto Socorro) do Hospital são Francisco de Assis de Crato. O atendimento será feito durante as 24h/dia nas seguintes especialidades: Clínica Médica, Obstetrícia, Cirúrgica e Pediátrica. Desde que assumiu a direção deste hospital, em janeiro de 2004, a Sociedade Beneficente São Camilo (mais conhecida por Camilianos) tem introduzido muitos melhoramentos naquele estabelecimento médico.
A quem pertence este hospital? 
Diferente do que muita gente pensa (e a chamada “imprensa nanica” teima em distorcer os fatos), o Hospital e Maternidade São Francisco de Assis pertence à Fundação Padre Ibiapina e não à Diocese de Crato. Este hospital foi fundado em 23 de dezembro de 1936 por Dom Francisco de Assis Pires, segundo bispo de Crato (foto ao lado) para prestar assistência médica à população do sul do Ceará.  E durante cerca de quarenta anos cumpriu a contento essa finalidade.
Mudaram os tempos
Já em meados da década setenta do século passado o terceiro bispo, Dom Vicente de Paulo Araújo Matos sentiu que a estrutura do Hospital São Francisco não era mais suficiente para atender a todos os pacientes. A propriedade do mesmo passou para a Fundação Padre Ibiapina, que poderia conseguir recursos para a manutenção daquele estabelecimento. Mesmo assim, com o decorrer dos anos, o hospital foi ficando defasado administrativamente e seus equipamentos médicos-cirúrgicos-laboratoriais superados. Com a chegada do quinto bispo da Diocese, Dom Fernando Panico, foi feito um estudo e chegou-se à conclusão de que somente uma instituição especialista em administração hospitalar poderia salvar o São Francisco de encerrar suas atividades.  Após rigorosa análise de alternativas, a Fundação Padre Ibiapina cedeu, em comodato, a administração do Hospital São Francisco para a Sociedade Beneficente São Camilo. 
Nova realidade
De 2004 para cá o Hospital São Francisco voltou a investir na atualização e modernização de suas instalações físicas e atividades. Hoje é considerado referência em sua área de abrangência, a qual engloba mais 12 municípios além do Crato, pois é Hospital Polo, totalizando cerca de 350 mil habitantes para atendimento na sua microrregião (dados do IBGE). Enquanto isso vários hospitais de porte do Cariri fecharam suas portas, aumentando ainda mais o público que vem sendo atendido pelo São Francisco, de Crato.
Livro do padre Tales Figueiredo vai ser publicado

A monografia de Mestrado do padre Tales Eduardo Figueiredo – “A Diocese de Crato: Gênese e Contexto” (1874-1914) – está em fase de publicação. Pe. Tales defendeu sua monografia na Faculdade de História e Bens Culturais da Igreja, da Pontifícia Universidade Gregoriana de Roma, Itália. As pesquisas que resultaram no livro foram feitas nos Arquivos Secretos do Vaticano. Trata-se do melhor trabalho até agora escrito, sobre a criação da Diocese de Crato.
Falar mal dos bispos vem de longe
Uma revelação interessante no livro do Pe. Tales Figueiredo: iniciado o processo para escolha do primeiro bispo da Diocese de Crato, e já se prevendo que o Pe. Quintino Rodrigues de Oliveira e Silva seria o escolhido, um sacerdote cratense escreveu uma carta ao Núncio Apostólico no Brasil, fazendo acusações de ordem moral ao então vigário desta cidade. Era tudo mentira e inveja. Consultado pela Nunciatura, outro padre que conhecia bem Dom Quintino desmentiu tudo. Essas cartas foram lidas por Pe. Tales no Arquivo Secreto do Vaticano.
Mas o triste costume prosseguiu
Infelizmente falar mal dos bispos de Crato não ficou restrito ao tempo de Dom Quintino. Ao longo dos últimos cem anos as maledicências tiveram continuidade. Dom Vicente Matos, o terceiro bispo – um homem bom e correto – foi outra vítima desse deplorável costume de uma minoria da população cratense.   A diferença é que as calúnias do passado eram mais comedidas e obtinham menos repercussão. Já hoje elas são "articuladas" por uma minoria de “leigos/padres” e contam com o conluio da deplorável imprensa nanica marrom, que se encarrega de propagar essas aleivosias. Restou para Crato a triste fama - espalhada Brasil afora -  de ser uma cidade onde é costume falar mal dos seus bispos.   Coisa que, felizmente, não ocorre nas demais dioceses brasileiras.
Alguém se lembra?
Será que no Crato alguém vai se manifestar – no próximo dia 9 de dezembro – data  comemorativa ao Dia Mundial de Combate à Corrupção? Este dia foi criado em 2003 pela Organização das Nações Unidas (ONU). Em muitas cidades brasileiras o povo deverá sair às ruas dentro do “Movimento Brasil sem corrupção”. 2014 nos trouxe muitos motivos para protestar contra a corrupção. A roubalheira na Petrobrás (já conhecida como “Petrolão”) é tanta que a corrupção do “mensalão” virou caso para ser julgado no Juizado de Pequenas Causas.
Deu no “New York Times”
O famoso jornal norte-americano “The New York Times” noticiou com destaque que a roubalheira do “Petrolão” é o maior caso de corrupção em um país democrático na história do mundo moderno. É isso o que noticiam lá fora spbre nosso País. Este escândalo do Petrolão paralisou o Brasil. Ao olhar do mundo a situação da “gerentona” Dilma é insustentável.  Os Investidores externos continuam fugindo do Brasil, como o cão foge da cruz! No entanto, como somos o País da impunidade, para vergonha mundial, dona Dilma ainda tenta enganar os incautos (tem gente daqui que finge acreditar) dizendo que o governo dela não tem nada a ver com o “Petrolão”. Misericórdia ó Pai!
Mentalidade coletiva tem seu pior momento
Quando algumas pessoas lamentam o estado da decadência moral e cívica presente na administração pública brasileira, é bom lembrar que isso acontece porque a maioria do nosso povo também apodreceu -- moralmente e civicamente --, e aceita esse estado de coisa como se fosse normal. Não é. E não é só a massa ignara (a mais fácil de ser contaminada) que vem sendo vítima dessa decadência. Também vemos cabeças pensantes da elite (médicos, advogados, professores, jornalistas, dentre outros) defendendo o atual status quo, como a nos lembrar do  adágio latino: “piscis foetet a capite” (O peixe cheira mal a partir da cabeça).A propósito alguém já viu na imprensa nanica noticiar sobre a roubalheira do "mensalão" e do "Petrolão"?
Trabuco corre da raia
Luiz Carlos Trabuco, presidente do Bradesco, recusou o convite da presidente Dilma para assumir o comando do Ministério da Fazenda. Esperto, esse Trabuco! Ele sabe que, financeiramente, o Brasil (agora sim) está literalmente quebrado. Além do mais, o Brasil virou uma nação dividida ao meio: metade da população é contra, e metade é a favor do governo do PT. Aliás, tudo o que a “gerentona” dizia que Aécio iria fazer se chegasse ao governo é ela que está agora fazendo. A começar pela entrega da área econômica do governo a um banqueiro.O que não aconteceu até agora porque o presidente do Bradesco não embarcou na canoa.
                                                                                                                                       

Mensagem de Dom Fernando Panico para a abertura do Simpósio Internacional sobre o Padre Cícero

Teve início no último dia 17, no Memorial Padre Cícero em Juazeiro do Norte mais um Simpósio Internacional sobre o Padre Cícero, promovido pela URCA. Devido a sua viagem à Europa, Dom Fernando foi representando pelo Vigário Geral da Diocese, Pe., José Vicente. Abaixo a mensagem do bispo de Crato que foi lida naquela ocasião:
Impossibilitado de participar, como era meu desejo, deste 4º Simpósio Internacional sobre o Padre Cícero, em boa hora promovido pela Universidade Regional do Cariri–URCA, em face de uma viagem inadiável a Roma, faço-me representar neste evento pelo Vigário-Geral da Diocese de Crato, Padre José Vicente Pinto de Alencar da Silva.
   Nunca é demais estudar e refletir sobre o fenômeno “Padre Cícero”. A herança espiritual deste sacerdote está cada dia mais presente na vida de milhões de pessoas, principalmente as que residem nas vastidões do sertão nordestino, áreas denominadas apropriadamente de “Nação Romeira”. A ação do Padre Cícero extrapola a dimensão religiosa, espraiando-se para quase todos os aspectos da vida social e política, do passado e do presente, com abrangência nacional, em particular na nossa região nordestina.
   Sente-se que esse fenômeno tem assumido, nas ultimas décadas, um significado histórico na cultura religiosa do povo nordestino. Trata-se de comportamentos, ações e situações observadas em determinados grupos, cuja parte visível se expressa pelo crescimento das romarias e manifestações culturais, traduzidas em ritos, crenças e nas peregrinações das multidões dos nordestinos. Movidos pela fé, os romeiros encontram na cidade de Juazeiro do Norte o valor tão esperado de redenção das condições injustas e desumanas de vida, e do desejo de alcançar a salvação eterna.
  Certamente tudo isso despertou o interesse da comunidade acadêmica, de maneira especial, da nossa querida Universidade Regional do Cariri, que vem incentivando a pesquisa sobre esse fenômeno. Devem-se a três reitores da URCA a realização dos quatro simpósios internacionais sobre a vida, ação e influência do Padre Cícero na cultura nordestina. Nosso reconhecimento aos reitores promotores desses simpósios: Teodoro Soares, André Herzog e Otonite Cortez, cujas sensibilidades oportunizaram a pesquisa sobre a profundidade desta temática.
   Creio que é a herança espiritual do Padre Cícero, o motivo da grande participação de pessoas da comunidade acadêmica neste simpósio. De um lado, mais que simples observadores, temos aqui estudiosos, pesquisadores e interpretadores que se arriscam a palpitar e propor leitura do fenômeno. Do outro lado também estão presentes pessoas sem grandes pretensões culturais. São os que celebram a liturgia de suas vidas: mais do que atores de gestos ensaiados eles são agentes do ritual de uma profunda experiência do sagrado.
   Da minha parte, como bispo desta Diocese, gostaria de relembrar palavras proferidas quando da entrega, no Vaticano, da documentação à Congregação para a Doutrina da Fé, ocasião que a Igreja-Particular de Crato oficializou o pedido de reabilitação canônica do Padre Cícero:
 “A despeito dos conflitos e de toda incompreensão – muitas vezes recíproca – a Igreja do Ceará e o Padre Cícero sempre se pertenceram. Ainda que suspenso das ordens presbiterais, Padre Cícero foi fiel à Igreja e a ela esteve sempre profundamente ligado pelo constante recebimento da Eucaristia e pelo Sacramento da Penitência. Foi fidelíssimo sempre - mesmo nos momentos de maior tensão - encaminhando seus “afilhados” aos sacramentos e aos serviços da Igreja, de forma que até hoje tal fidelidade é a característica mais forte dos romeiros de Juazeiro.
A reabilitação do Padre Cícero, como proposta, não será a solução de um conflito porque ele não existe. Não é uma reivindicação dos romeiros porque eles não têm dúvidas quanto à santidade de seu “padrinho”, nem quanto à pertença de cada um deles à Igreja. Ocorrendo a reabilitação histórico-eclesiástica será uma grande confraternização onde os romeiros e a hierarquia da Igreja de Crato reafirmarão a recíproca pertença dessa Igreja e do Padre Cícero Romão Batista. A proclamação dessa reabilitação removerá definitivamente as cicatrizes que ainda lembram a grande dor vivida pela Igreja, pelo povo de Juazeiro e pelo próprio Padre Cícero. Uma grande alegria se espalhará pelo sertão e pelas cidades do Nordeste, alcançando os romeiros dispersos pelo Brasil”.
    Com estes sentimentos formulo meus sinceros votos de profícuo 4º simpósio Internacional sobre o Padre Cícero. Na Europa, para onde estou seguindo neste momento, rezarei pelo êxito deste certame. E de coração abençoo a todos que dele participarem. 
                                                                        Dom Fernando Panico
                                                                            Bispo de Crato

20 novembro 2014

Tablet produzido no Nordeste chega ao mercado por R$ 200

tabletceA fabricante cearense Goldentec anunciou hoje o lançamento do primeiro tablet feito inteiramente no Nordeste. O GT Tablet DCEM62-PPB chega ao mercado por R$ 200 na versão de 4GB e R$ 239 na versão de 8GB.

O tablet roda Android 4.2.2, tem tela LCD de 7 polegadas com resolução de 800x500 pixels, conexão Wi-Fi, função e-book, 512 MB de memória RAM, USB 2.0, câmera frontal de 0.3 megapixel e suporta cartão microSD de 32 GB. 

A Goldentec faz parte da rede Ibyte, varejo de tecnologia que atua no Pernambuco, Ceará, Maranhão, Piauí e Rio Grande do Norte. Ainda não há informações sobre a venda em outras regiões do Brasil. O aparelho está à venda aqui.

olhardigital.uol.com.br

Desemprego tem a menor taxa para outubro desde 2002, diz IBGE

emprego

Taxa ficou em 4,7%, depois de atingir 4,9% no mês anterior.
População desocupada somou 1,1 milhão de pessoas.

 

Fonte: IBGE

A taxa de desemprego ficou em 4,7% em outubro no conjunto das seis regiões metropolitanas, depois de atingir 4,9% no mês anterior, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Essa é a menor taxa para o mês de outubro desde o inicio da série, em março de 2002.

“É [um resultado] estável na comparação mensal. Frente a setembro, não houve variação estatisticamente significativa, porém, na comparação com outubro do ano passado houve queda de meio ponto percentual. Houve de fato aumento de população ocupada na comparação mensal”, disse Adriana Araújo Beringuy, técnica da coordenação de rendimento e trabalho do IBGE.

A quantidade de pessoas desocupadas somou 1,1 milhão, mostrando estabilidade em relação a setembro e queda de 10,1% frente ao mesmo período de 2013. Já a população ocupada chegou a 23,3 milhões, indicando uma ligeria alta de 0,8% na comparação mensal e uma estabilidade diante de outubro de 2013. A população não economicamente ativa foi estimada em 19 milhões. Em relação a setembro, houve estabilidade e, frente a outubro de 2013, cresceu 3,3%.

“Estou querendo frisar que mesmo com aumento da ocupação - que é uma coisa que a gente não estava vendo nos últimos meses - a taxa está estável no mês. Ao contrário do que ocorre no ano, que a taxa cai. E essa taxa cai em função da redução da desocupação. Então, a queda da desocupação contribuiu mais para a redução da taxa nessa comparação anual do que o crescimento da ocupação no mês não movimentando a taxa de maneira estatisticamente significativa”, afirmou a técnica de coordenação do IBGE.

No setor privado, o número de trabalhadores com carteira assinada  bateu 11,7 milhões, sem variação significativa nas duas comparações.

“De modo geral, ao longo desse ano de 2014, o comportamento, o indicador da ocupação tem se mantido estável, não tem apresentado resultados importantes, estatisticamente significativos ao longo do ano de 2014. É um dos indicadores que mais têm apontadado estabilidade. Especificamente agora em outubro, houve variação positiva de 0,8 nesse indicador de ocupação", afirmou Adriana.

Salários
O salário médio dos ocupados subiu 2,3% em relação a setembro e bateu R$ 2.122,10, é o maior da série histórica, que tem início em março de 2002. Na comparação com outubro de 2013, subiu ainda mais, 4,0%.

Emtre as capitais pesquisadas pelo IBGE, Salvador foi a única que mostrou queda no desemprego - a taxa passou de 10,3% para 8,5%. Nas outras regiões, não variou. Já na comparação com o mesmo período do ano passado, a taxa subiu em Porto Alegre (de 3,0% para 4,6%) e diminuiu em São Paulo (de 5,6% para 4,4%). As outras capitais não mostraram variação.

“A queda em Salvador foi em virtude de redução de população desocupada de 40 mil pessoas. Parte dessa desocupação de Salvador, parte dela migrou para inatividade e parte migrou para a ocupação. Basicamente 50% para cada lado”, explicou Adriana.

Nível de ocupação
A proporção de pessoas ocupadas em relação às pessoas em idade ativa, chamado de nível de ocupação, ficou em 53,6%. Aumentou em relação a setembro, quando atingiu 53,2% e diminuiu diante de outubro de 2013, quando a taxa chegou a 54,2%.

“O ano [2014] tem sido de manutenção, sem grandes perdas ou acréscimos", disse Adriana. De acordo com a técnica, a média de janeiro a outubro da população ocupada registrou 23.044. Em 2013, o mesmo período tinha 23.077. “Ou seja, estabilidade. E em termos de geração de vagas, sem variações importantes”. A população desocupada, no entanto, tem apresentado movimentação importante de redução no ano de 2014, conforme afirmou.

Sazonalidade
O aumento da população ocupada não pode ser diretamente associado ao aumento das vagas de trabalho que ocorre no fim de ano: “Não sei se seria pertinente associar a essa questão da sazonalidade. No caso do comércio por exemplo, isso não estaria acontecendo. E na indústria, são 0,7%, ela não está dispensando como ocorreu em outros meses, pode ser que seja um processo de interrupção na indústria. Tem a construção com 55 mil vagas, então, de fato ficou muito difuso, então, vendo pela questão sazonal, não seria o caso.”

Caged
O Brasil fechou 30.283 empregos com carteira assinada em outubro, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados no útlimo dia 14 pelo Ministério do Trabalho.

Trata-se do pior resultado para meses de outubro, pelo menos, desde 1999. Também é a primeira vez que houve fechamento de vagas para meses de outubro nos últimos 15 anos. Em outubro de 2013, foram abertas 94.893 vagas formais, de acordo com dados oficiais.

No mês passado, as admissões somaram 1.718.373, enquanto os desligamentos ficaram em 1.748.656. Foi o pior desempenho em admissões para meses de outubro desde 1999.

Segundo o ministro do Trabalho e Emprego, Manoel Dias, o resultado negativo foi influenciado, principalmente, pela perda na construção civil (-33.556), agricultura (-19.624) e indústria de transformação (-11.849). Por outro lado, ele destacou avanços no comércio (+32.771), serviços (+2.433) e administração pública (+184).

Anay Cury e Cristiane CardosoDo G1, em São Paulo e no Rio

Iniciativa quer criptografar a internet inteira.

internete

Uma iniciativa liderada pela Electronic Frontier Foundation (EFF) e que conta com parceiros como Cisco, Mozilla, Akamai e IdenTrust pretende facilitar a adoção do HTTPS para transformar a internet inteira em um ambiente criptografado.
Os envolvidos anunciaram a criação do Let’s Encrypt (algo como “vamos criptografar”), uma autoridade certificadora que disponibilizará ferramentas para obtenção e manutenção de protocolos de segurança para qualquer site.
A iniciativa será gerenciada pela entidade sem fins lucrativos Internet Security Research Group (ISRG), que também conta com uma mãozinha da Universidade de Michigan, e usará um protocolo chamado ACME.
Com eles, o processo de migração de um site do HTTP ao HTTPS, que hoje leva de uma a três horas, será reduzido para algo entre 20 e 30 segundos. E sairá de graça.
A intenção do ISRG é colocar o sistema para funcionar no meio do próximo ano.


Fonte: Olhar Digital www.olhardigital.uol.com.br

Após 'trégua', 1 mil já morreram por conflito na Ucrânia, diz ONU

onuUma média de 13 pessoas foi morta diariamente no leste da Ucrânia desde que passou a vigorar o cessar-fogo firmado no início de setembro, afirmou nesta quinta-feira o Escritório do Alto Comissário das Nações Unidas para os Direitos Humanos (EACDH).

Segundo a ONU, 957 pessoas morreram em meio à escalada de violência dos dois lados do conflito, que opõe o governo ucraniano a rebeldes separatistas pró-Rússia.

Um novo relatório da EACDH evidencia o "colapso total da lei e da ordem" nas cidades de Donetsk e Luhansk, controladas pelos insurgentes.

O informe também destaca as acusações de abusos supostamente praticados por forças do governo.

Desde o início do confronto, a Rússia vem sendo repetidamente acusada de incentivar a violência ao fornecer armas aos rebeldes – alegação negada por Moscou.

O primeiro-ministro ucraniano, Arseny Yatseniuk, acusou a Rússia nesta quinta-feira de buscar "deliberadamente uma guerra de larga escala".

Segundo afirmou Yatseniuk a jornalistas, as ações do presidente da Rússia, Vladimir Putin, "são uma ameaça a todo mundo, à ordem global, à paz global".

Em outro desdobramento do conflito, Dalia Grybauskaite, presidente da Lituânia, país que integra a Otan e é membro da União Europeia, descreveu a Rússia como "um Estado terrorista" em entrevista a uma rádio.

Enquanto isso, Putin afirmou durante um encontro em Moscou que a "onda das chamadas revoluções coloridas" (levantes populares na Ucrânia, Geórgia e Quirguistão" vem provocando "consequências trágicas".

"Para nós é uma lição e um alerta", disse Putin em reunião no Conselho de Segurança da Rússia. "Devemos fazer tudo que é necessário para que nada parecido jamais aconteça na Rússia".

'Colapso total'

O conflito entre o governo ucraniano e rebeldes separatistas pró-Rússia teve início no leste da Ucrânia em abril deste ano, quando Kiev lançou uma operação para retomar o controle de áreas dominadas pelos insurgentes, após a anexação da península da Crimeia por Moscou.

Desde que o confronto começou, cerca de 900 mil pessoas já abandonaram suas casas. Desse total, 400 mil fugiram para a Rússia, informou o relatório da ONU, que cobre o período até o último dia 31 de outubro.

Os novos dados sobre as mortes em decorrência do conflito, contidos em um comunicado de imprensa de 18 de novembro, registram que outras 9.921 pessoas ficaram feridas no conflito.

Das 957 pessoas mortas desde o cessar-fogo, 119 eram mulheres, acrescenta a ONU. No total, pelo menos 4.317 pessoas foram mortas desde o conflito eclodiu em abril.

No relatório divulgado nesta quinta-feira, a ONU descreve a situação no leste da Ucrânia como "um colapso total da lei e da ordem, e uma falta de proteção de direitos humanos para a população" especialmente nas regiões de Donetsk e Luhansk.

O informe assinala que "casos de abusos de direitos humanos por grupos armados continuam a ser registrados, incluindo tortura, arbitrariedade e detenção incomunicável, execuções sumárias, trabalho forçado, violência sexual e destruição e apropriação ilegal de propriedade."

Tais abusos, segundo a ONU, "podem ser considerados crimes contra a humanidade".

Para as Nações Unidas, os direitos humanos estão sendo diretamente afetados, pela grande quantidade de armas e de rebeldes que incluem "funcionários da Federação Russa".

Forças do governo da Ucrânia e milícias que lutam voluntariamente contra os rebeldes também vêm sendo acusadas por abusos dos direitos humanos tais como detenção ilegal, tortura e maus-tratos, diz o relatório.

A ONU também pede uma investigação completa do uso de bombas de fragmentação no conflito. O governo da Ucrânia foi acusado pela ONG Human Rights Watch no mês passado por usar armas em áreas residenciais, uma alegação que Kiev nega.

Sob fogo

Como parte da trégua firmada na capital bielorrussa, Minsk, monitores do órgão de segurança da Europa, OSCE (Organização para a Segurança e Cooperação na Europa, na sigla em inglês), inspecionaram as áreas no leste da Ucrânia que fazem fronteira com a Rússia.

Eles reclamaram que foram recebidos a tiros na quarta-feira por soldados uniformizados operando nos territórios controlados pelo governo.

Dois tiros foram disparados contra o comboio da OSCE perto de Mariinka, a 15 km a oeste da Donetsk, de uma distância de cerca de 80 metros, afirmou o órgão, mas ninguém se feriu.

Uma porta-voz da OSCE se recusou a especular se soldados do governo ucraniano estariam envolvidos na ação.

Raio-X do conflito na Ucrânia

4,317 mortos desde abril, 957 deles desde a trégua de 5 de setembro, e 9.921 feridos.

466,829 desabrigados dentro da Ucrânia

454,339 refugiados morando no exterior, 387,355 deles na Rússia

Anfavea: IPI para automóveis sobe em 1º de janeiro

ipi

O Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) dos automóveis será elevado a partir de 1º de janeiro, segundo o presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), Luiz Moan. Ele  esteve reunido, em Brasília, com o ministro da Fazenda, Guido Mantega. O governo reduziu o IPI em maio de 2012 para a ajudar a manter a economia aquecida.

Após o encontro, Moan indicou que o ministro, em nenhum momento, sinalizou prorrogar a permanência do imposto reduzido para carros. Anteriormente, outros integrantes da equipe econômica já tinham antecipado que o IPI voltaria em 2015 com as alíquotas cheias.

Moan disse que a elevação do IPI a partir de 1º de janeiro é uma decisão do governo e não uma suposta manobra das montadoras para melhorar a venda de automóveis no fim do ano. “É uma decisão que está tomada. Vamos continuar trabalhando com um cenário de elevação do IPI na produção, nas promoções e vendas”, disse o executivo.

Com a elevação, segundo Moan, o IPI do carro popular irá subir de 3% para 7%; o do carro médio de 9% para 11%, no modelo flex, e para 13% nos movidos apenas a gasolina. A decisão de repassar ou não as alíquotas integralmente para os preços, segundo ele, dependerá de cada empresa. Moan não quis antecipar o impacto do reajuste nos preços.

Moan sugeriu que a elevação do IPI não acarretará demissões no setor. “A indústria automobilística tem seus trabalhadores em um nível muito qualificado, o que significa crescimento e treinamento fortes. Então, a indústria sempre evitou fazer uma redução do pessoal em função justamente desse investimento que foi feito. Vamos lutar para continuar o máximo possível produzindo e vendendo”, ponderou.

No último dia 11, Moan anunciou que estava otimista em relação ao segundo semestre do setor em comparação ao primeiro. Ele tem dito que os meses de novembro e dezembro serão melhores do que a média dos meses de junho a outubro.

O executivo da Anfavea tinha demonstrado, até então, certo pessimismo em relação a 2015 devido ao impacto do retorno do IPI a patamares vigentes antes da crise.

justicaemfoco.com.br

Site russo divulga imagens roubadas de webcams e câmeras de todo o mundo

webcam

Foto: Divulgação

Segundo especialistas, hackers descobrem facilmente as senhas de webcams e câmeras de circuitos fechados

Um site russo tem hackeado milhares de webcams e câmeras de circuitos fechados em todo o mundo e publicado as imagens em tempo real. Segundo especialistas, estes hackers conseguem descobrir facilmente as senhas destes dispositivos, criadas muitas vezes pelas próprias empresas de tecnologia.

Um alerta foi emitido por autoridades britânicas, pedindo que seus cidadãos troquem suas senhas de acesso, de forma a aumentar a segurança.

Calcula-se que cerca de 500 feeds (fluxos de imagens que chegam de uma fonte de vídeo) tenham sido roubados no Reino Unido. Além disso, 4,6 mil câmeras nos Estados Unidos, duas mil na França e 1,5 mil na Holanda pode ter sido alvos.

Da Redação (redacao@correio24horas.com.br)

Banco Central bloqueia R$ 47,8 milhões em contas de 16 investigados

bc3
Em dois casos, o BC informou que nenhum valor foi encontrado: Erton Medeiros Fonseca, da Galvão Engenharia, e Valdir Lima Carreiro, presidente da Iesa


O Banco Central informou ontem ao juiz federal Sérgio Moro que apreendeu R$ 47,8 milhões depositados nas contas bancárias de 16 dirigentes e funcionários de empresas sob investigação na Operação Lava-Jato.

Em dois casos o BC informou que nenhum valor foi encontrado: Erton Medeiros Fonseca, da Galvão Engenharia, e Valdir Lima Carreiro, presidente da Iesa. Na conta-corrente de Ildefonso Colares Filho, diretor-presidente da Construtora Queiroz Galvão, havia R$ 7.511.

Já o maior valor estava nas contas do vice-presidente da empreiteira Engevix, Gerson de Mello Almada: R$ 22,6 milhões.

O empreiteiro Ricardo Ribeiro Pessoa, da UTC Engenharia, mantinha R$ 10,2 milhões em depósitos.

Nas contas do ex-diretor de Serviços da Petrobras Renato Duque, o BC bloqueou R$ 3,2 milhões. Na conta de sua empresa, a D3TM Consultoria, o valor de R$ 140 mil.

Uma das empresas do lobista Fernando Baiano, a Hawk Eyes Administração de Bens (“Olhos de Falcão”, do inglês), mantinha em suas contas R$ 6,5 milhões. Outra empresa de Baiano, a Technis, teve R$ 2 milhões bloqueados.

A documentação enviada pelo BC ao processo não permite concluir se as buscas continuam ou se esse é o resultado final da apuração da instituição bancária. Em ordens de bloqueio, o BC envia uma circular a todas as instituições, que fazem uma varredura em suas agências e informam os resultados de volta ao Judiciário.

O dinheiro bloqueado deverá ser depositado numa conta da Caixa Econômica Federal sob controle do juiz Moro, para eventuais ressarcimentos de danos causados ao erário.

O bloqueio não significa culpa antecipada dos investigados. Trata-se de uma medida de precaução tomada pelo juiz no decorrer do processo, até a decisão final, ainda sem data para ocorrer.

A ordem inicial do juiz era o bloqueio de até R$ 20 milhões por pessoa ou empresa da lista enviada ao BC.

A ordem do juiz não atingiu as contas das grandes empreiteiras investigadas no escândalo, como a OAS, a UTC, a Mendes Júnior e a Engevix, mas sim a de seus dirigentes e funcionários.

Os executivos tiveram prisão decretada na última sexta-feira (14), na deflagração de mais uma fase da Operação Lava-Jato, que investiga o pagamento de suborno na obtenção de contratos com a Petrobras. Parte deles já foi liberada.

Fernando Baiano foi preso na terça-feira (18), após dias foragido. Ele é suspeito de intermediar repasses de propina ao PMDB, o que o partido nega.

R$ 1,6 milhão

O ex-diretor de Serviços da Petrobras, Renato Duque, disse à Polícia Federal, em depoimento em Curitiba, que recebeu pelo menos R$ 1,6 milhão da empreiteira UTC Engenharia depois que deixou o cargo na estatal, em abril de 2012. Porém, negou ter recebido propinas.

Duque, que foi preso na última sexta-feira (14), na sétima fase da Operação Lava-Jato, afirmou que a remuneração deveu-se a uma consultoria: “auxiliou no processo para que ela (UTC) se capacitasse para participar como operadora” em determinada área de produção de energia, diz o inquérito.

Além disso, fechou um segundo contrato com a UTC, cujo valor não foi consignado no depoimento que ele prestou na última segunda-feira (17) ao delegado da PF Eduardo Mauat da Silva.

Em depoimentos anteriores, delatores disseram que a UTC Engenharia funcionava como a coordenadora de um “clube” de empreiteiras que fraudavam licitações e desviavam recursos da Petrobras.

O ex-diretor Duque, acusado por dois delatores de ter cobrado e recebido propina no exterior em troca de contratos na petroleira, demonstrou hesitação quando foi indagado pela PF se mantinha no exterior uma offshore chamada Drenos. Conforme os delatores, alguns dos pagamentos de propina ocorreram para essa empresa.

Duque negou ter recebido recursos ilegais no exterior mas, ao falar da offshore, disse que não se recordar desse nome “Drenos”.

O ex-diretor reconheceu que se tornou amigo e “criou uma ‘empatia’” com o tesoureiro nacional do PT, João Vaccari Neto, com o qual “passou a manter encontros com o mesmo sempre de cunho social, por ‘ser pessoa agradável para o convívio’”. Porém, negou ter orientado o executivo da Toyo Setal, Augusto Ribeiro de Mendonça, a procurar Vaccari “para tratar de doações eleitorais”. Certa feita, disse Duque, ele e Augusto viajaram à Ásia para “visitar estaleiros, ver o que poderia ser trazido para o Brasil, estaleiros estrangeiros para se associarem com empresas brasileiras”.

Duque explicou que também manteve vários “encontros e jantares” em restaurantes em áreas nobres do Rio de Janeiro e São Paulo com o outro executivo da Toyo Setal, Júlio Camargo – que disse à PF, em delação premiada, que pagou Duque no exterior. O ex-diretor disse, porém, que nos encontros “não tinham assuntos específicos para tratar, eram apenas encontros sociais”.

Nos finais de ano, acrescentou Duque, Camargo costumava lhe enviar de presente “um panetone e bebidas”, cujos valores não foram citados.

Duque disse que seu braço direito na Petrobras, o gerente Pedro Barusco – que já reconheceu em delação premiada ter recebido US$ 100 milhões no exterior, valor que prometeu devolver à União como parte do acordo –, era sua “pessoa de confiança”. Duque disse que não sabia que Barusco mantinha depósitos no exterior.

O ex-diretor afirmou ainda que Paulo Roberto Costa deixou o cargo de diretor de Abastecimento da Petrobras após sofrer pressões – “foi instado a sair”–, mas não indicou nem o motivo nem quem o instou.

DIÁRIO DA MANHÃ
DA FOLHAPRESS, DE BRASÍLIA

Mega-Sena pode pagar R$ 135 milhões no sorteio deste sábado

megasena

O prêmio, que estava em R$ 81.631.387,14, acumulou pela sétima vez seguida, o que explica o valor elevado agora

O recorde anterior da Mega-Sena foi registrado em outubro de 2010, quando o prêmio chegou a R$ 119 milhões.Foto: Elza fiúza/ABr

Rio de Janeiro - Se as estimativas da Caixa Econômica Federal se concretizarem, o próximo concurso da Mega-Sena, no sábado (22), poderá pagar o maior prêmio já distribuído em sorteios regulares: R$ 135 milhões.

Sem nenhum acertador no último sorteio, na quarta-feira (19), o prêmio, que estava em R$ 81.631.387,14, acumulou pela sétima vez seguida, o que explica o valor elevado agora.

O recorde anterior da Mega-Sena foi registrado em outubro de 2010, quando o prêmio chegou a R$ 119 milhões, após 8 sorteios seguidos sem nenhum apostador acertar as 6 dezenas.

D24am

México tem novos protestos contra desaparecimento de estudantes

mexico
Manifestantes cobram empenho das autoridades para encontrar os 43 alunos desaparecidos há quase dois meses.

No México, centenas de manifestantes retomaram os protestos contra o desaparecimento de 43 estudantes há quase dois meses.

Os manifestantes cobram empenho das autoridades para encontrar os alunos. Um grupo de mascarados bloqueou uma área perto do aeroporto da Cidade do México e houve confrontos com a polícia.

A Procuradoria Federal diz que os estudantes foram torturados e mortos por um cartel de traficantes a mando de um ex-prefeito e com a conivência da polícia.

Esse caso mobilizou atos de solidariedade em outros países, como o que se viu nesta quinta-feira (20), na Bolívia.

G1

Comboio da OSCE é alvo de tiros no leste da Ucrânia

ucraniaObservadores da OSCE, encarregados de supervisionar a implementação da trégua entre Kiev e os separatistas pró-russos, foram alvos de disparos no leste da Ucrânia, onde mais de mil pessoas morreram desde a entrada em vigor deste cessar-fogo.

O incidente, o primeiro do tipo a ser relatado, ocorreu na quarta-feira em uma área sob o controle do Exército ucraniano, 15 km a oeste de Donetsk - reduto dos separatistas pró-russos - e não causou vítimas, segundo a Organização para a Segurança e Cooperação na Europa.

Foi a primeira vez que os observadores foram alvo de disparos deliberados no conflito, disse à AFP Michael Nociurkiw, porta-voz da missão de observação especial na Ucrânia, que não soube precisar a origem dos disparos.

"Queremos ir ao fundo deste caso", disse o funcionário, reafirmando que os observadores precisam de "um acesso seguro e sem obstáculos" às zonas de combate.

De acordo com a OSCE, dois veículos da organização viajavam para Donetsk quando, com a aproximação de um caminhão que transportava "uma grande caixa de madeira verde" de 80 metros, foram atacados a tiros por um dos homens no caminhão.

"Um dos soldados levantou-se e deu dois tiros na direção do comboio da OSCE. As balas passaram a cerca de dois metros do segundo veículo da OSCE", indicou a organização em seu relatório diário. "Em razão de preocupações com a sua segurança, o SMM (missão especial de observação na Ucrânia) deixou a área imediatamente."

O porta-voz da missão de observação na Ucrânia, Michael Bociurkiw, garantiu que a organização "irá até o fim deste caso", lembrando ainda a exigência de "um acesso seguro e sem obstáculos" para os observadores.

Os veículos da OSCE são, geralmente, identificados com facilidade, graças ao nome da organização escrito em preto sobre a carroceria branca.

Sobre esse incidente, o Exército ucraniano acusou os separatistas de camuflarem o caminhão com o objetivo de culpar as tropas leais ao governo pelos disparos.

Atualmente, a OSCE tem 272 observadores mobilizados na Ucrânia.

A missão dos observadores consiste em supervisionar o cessar-fogo concluído em 5 de setembro entre o Exército ucraniano e os separatistas pró-russos no leste do país. O acordo tem sido violado diariamente há semanas.

Segundo o Alto Comissariado para os Direitos Humanos das Nações Unidas, de 5 de setembro a 18 de novembro 957 pessoas morreram (838 homens, 119 mulheres), uma média de 13 vítimas por dia, na região.

O número de deslocados também "está em forte aumento, passando de 257.489 em 18 de setembro para 466.829 em 19 de novembro".

No total, desde o início do conflito - em abril - mais de 4.300 pessoas morreram neste conflito.

Nesta quinta-feira, os rebeldes anunciaram a morte de um de seus combatentes, enquanto o Exército ucraniano registrou seis feridos.

Na região de Lugansk, outro reduto separatista, uma enfermeira de 58 anos morreu e outro civil ficou ferido no bombardeio a uma aldeia, segundo um porta-voz das autoridades regionais.

O vice-presidente americano, chegou a Kiev nesta quinta-feira para uma visita na qual abordará o tema de uma eventual provisão, pelos Estados Unidos, e meios militares não letais suplementares para as formas ucranianas.

Biden deve reunir-se com o presidente ucraniano, Petro Poroshenko, e o premier, Arseni Yatseniuk.

A visita coincide com o primeiro aniversário do início das manifestações na Praça Maidan - também conhecida com Praça da Independência - que levaram à queda do presidente Viktor Yanukovytch, aliado da Rússia, que em reação anexou a península da Crimeia, dando origem ao conflito no leste.

A OSCE tem sido questionada por ambas as partes. A Rússia, acusada pelas potências ocidentais de apoiar militarmente os separatistas, afirmou que os observadores apoiam o governo ucraniano dando informações sobre os movimentos das tropas rebeldes ou ocultando as violações do cessar-fogo por parte das tropas do Exército.

O governo ucraniano, por sua vez, acusa a OSCE de ter revelado as posições de suas tropas em várias ocasiões.

bur-phy/all/alc.zm/jz/mr/dm/mvv

AFP

Rússia: Pyongyang está pronta para negociações nucleares

RussiaA Coreia do Norte está pronta para retomar as negociações internacionais sobre seu programa nuclear, afirmou nesta quinta-feira o ministro de Relações Exteriores russo, Sergey Lavrov.

As declarações de Lavrov foram feitas depois de uma reunião como Choe Ryong Hae, enviado especial a Moscou do líder norte-coreano Kim Jong Un. Hae entregou, no início desta semana, uma carta que Kim escreveu a Putin.

Há muito tempo a Coreia do Norte quer retomar as negociações, mas Estado Unidos, Japão e Coreia do Sul dizem que o país precisa, primeiro, honrar seus compromissos anteriores de encerra seu programa nuclear.

Lavrov disse que a carta de Kim confirma o desejo de expandir as relações bilaterais e "cooperar na resolução dos problemas que ainda permanecem na Península Coreana".

Ele disse que Pyongyang está pronta para retomar as conversações nucleares de seis partes, que envolvem as duas Coreias, Estados Unidos, China, Japão e Rússia. As negociações sobre o desmantelamento do programa nuclear de Pyongyang foram interrompidas depois de a Coreia do Norte ter realizado testes nucleares e com mísseis.

"Pyongyang está pronta para a retomada das negociações de seis partes sem qualquer precondição", afirmou Lavrov. Fonte: Associated Press.

Estadão

Obama dará recado a congressistas que questionam medidas: "Aprovem uma lei"

obama1Washington, 20 nov (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, desafiará os congressistas que questionam sua autoridade para atuar em matéria migratória a aprovar uma lei que outorgue soluções permanentes ao sistema migratório do país.

"Para aqueles membros do Congresso que questionam minha autoridade para fazer com que nosso sistema de imigração funcione melhor, ou questionam minha capacidade de atuar onde o Congresso falhou, tenho uma resposta: aprovem uma lei", afirmará o presidente em seu discurso desta noite, segundo antecipou a Casa Branca.

"Essa é a verdadeira anistia, deixar este sistema que não funciona como está. Uma anistia em massa seria injusta. A deportação em massa seria ao mesmo tempo impossível e contrária à nossa personalidade", continuará o presidente, em um esperado discurso ao vivo perante a nação.

Durante seu discurso, Obama anunciará ações executivas que evitarão a deportação de cinco milhões de imigrantes ilegais durante três anos perante a incapacidade do Congresso, até o momento, de aprovar um texto legislativo que outorgue soluções permanentes.

"O que estou descrevendo é uma prestação de contas, bom senso, um enfoque de meio termo: se você cumpre os critérios, sairá das sombras e estará de acordo com lei. Se você é um criminoso, poderá ser deportado. Se vai entrar nos EUA ilegalmente, suas possibilidades de ser capturado e deportado aumentaram", resumirá o presidente.

Obama defenderá que sua decisão "não é só legal", mas também similar às que tomaram "todos e cada um dos presidentes republicanos e democratas na última metade de século".

A parte-chave do plano de Obama beneficiará aos imigrantes ilegais que tenham filhos que são cidadãos americanos ou residentes permanentes, que comprovem que estão no país desde antes de 1º de janeiro de 2010 e não possuam antecedentes criminais.

Estes imigrantes ilegais evitarão a ameaça da deportação por três anos e obterão uma licença de trabalho, segundo o plano antecipado pela Casa Branca.

Para acolher-se ao novo programa para pais com crianças americanos ou residentes permanentes, os potenciais beneficiados deverão demonstrar que seu filho nasceu antes do anúncio do presidente e que estão no país há pelo menos cinco anos.

Também terão que submeter-se a uma verificação de seus antecedentes criminais e pagar uma série de taxas.

EFE

Irã terá de se explicar à ONU por pesquisas sobre bomba atômica

ira1

Governo afirma que estudos não são para artefatos nucleares, mas sim para energia elétrica.

O Irã precisará prestar esclarecimentos oficiais à Organização das Nações Unidas por supostamente realizar pesquisas para a construção de uma bomba atômica.

Segundo a agência Reuters, os iranianos terão o prazo de quatro dias para se posicionar sobre as denúncias e provar que não estão trabalhando num projeto de míssil nuclear.

Em virtude de suas pesquisas no ramo, o Irã já sofreu sanções econômicas da ONU e se encontra em situação delicada. Por essa razão, uma negociação com o Ocidente que já dura um ano tenta limitar a operação do sistema nuclear do país.

O governo local alega que o projeto em questão é apenas um estudo para gerar energia elétrica.

 

noticias.portalvox.com

Crimes sexuais: Assange perde batalha na justiça

Julian-Assange
Fundador do WikiLeaks nega alegados crimes sexuais e defende que se trata de uma manobra política

O pedido de Julian Assange, de anulação do mandado de detenção para interrogatório, por alegados crimes sexuais cometidos em Estocolmo, foi recusado esta quinta-feira por um Tribunal de Recurso sueco.

O fundador da WikiLeaks, que vive na embaixada do Equador em Londres há dois anos, nega as acusações e está convicto de que se trata de uma manobra política, com vista a ser extraditado para a Suécia, e mais tarde transferido para os Estados Unidos, onde seria julgado pela divulgação de milhares de documentos secretos.
De acordo com a BBC, o fundador da WikiLeaks «não foi formalmente indiciado, mas o Ministério Público quer questioná-lo sobre as alegações de abuso sexual e violação que envolvem duas mulheres, durante uma visita ao país escandinavo em 2010».
Duas testemunhas femininas alegam ter sido sexualmente abusadas pelo australiano de 43 anos, acusando-o de ter violado uma delas e molestado outra.
«As razões para a detenção ainda superam as razões para o contrário, visto que Julian Assange é suspeito de crimes de natureza relativamente séria. Se a ordem de detenção for posta de lado, há um grande risco de fugir a processos judiciais ou à punição», lê-se no veredito emitido pelo Tribunal de Recurso de Estocolmo.
No documento emitido pela justiça sueca é frisado que as audiências terão necessariamente de se realizar na Suécia, reforçando a recusa do anterior pedido realizado pelo australiano, em que apelava a que fosse interrogado na embaixada do Equador, que lhe assegurou asilo político em 2012.
«Não há razão para travar a ordem de detenção uma vez que Julian Assange está numa embaixada e a detenção não pode ser executada para já».

Contrariando os argumentos dos advogados de Assange, é ainda sublinhado que é livre de «deixar a embaixada», uma vez que se trata de uma «restrição» à sua liberdade, e não de uma «privação».

Por: Redação / IF   

Identificado como Myron May, atirador foi morto por policiais pouco depois de atentar contra a vida dos alunos, nesta quinta

atiradoruea

Policiais cercam área onde atirador deixou três alunos feridos, na madrugada desta quinta-feira

Um advogado e ex-aluno da Universidade Estadual da Flórida, nos EUA, baleou três pessoas dentro da biblioteca da instituição de ensino, na madrugada desta quinta-feira (20). Segundo um oficial da polícia, agentes de segurança mataram o atirador após os disparos.

O atirador foi identificado como Myron May, graduado no local antes de iniciar seus estudos na Universidade de Direito Texas Tech. Somente ele havia morrido até o fechamento desta reportagem, mas dois dos baleados ainda se encontravam hospitalizados, sendo um em estado grave – o terceiro já teve alta.

O tiroteio ocorreu por volta da 0h30, quando o barulho de uma dúzia de tiros foi ouvido por centenas de estudantes que estavam concentrados na biblioteca visando as provas de fim de ano. Os alunos buscaram proteção atrás das estantes de livros enquanto testemunhavam o desespero dos colegas atingidos.

A página no Facebook de May é marcada principalmente por posts de versos bíblicos e por links para sites de teorias da conspiração sobre o governo lendo a mente dos cidadãos.

O advogado Myron May: morto após praticar atentado em livraria da instituição de ensino

De acordo com um boletim de ocorrência da polícia de Las Cruces, no estado do Novo México, o atirador foi recentemente acusado de assediar uma ex-namorada. O documento também afirma que ele estava sendo medicado e desempregado. May, no entanto, não foi formalmente acusado pelas autoridades.

"Meu coração está despedaçado", disse Abigail Taunton, que viveu por alguns anos com a avó do atirador, a quem conhecia havia quase 15 anos. "Nem em um milhão de anos eu imaginaria que acontecesse algo assim."

May foi morto pela polícia bem na saída da livraria, no momento em que atirou nos agentes após ser alertado para largar sua arma, segundo o porta voz da Polícia de Tallahassee, Dave Northway.

AP

Cearense de escola pública acerta 95% do ENEM

João Vitor dos Santos, 16, acertou 172 questões das 180 do Enem. O estudante do 2º ano de uma escola pública quer cursar Ciências Biológicas
Ver João Vitor falar sobre a recente conquista é assistir à luta entre a timidez do garoto mais acostumado aos livros do que a grandes conversas e o orgulho de quem está vendo o esforço recompensado. O número da vitória é de impressionar: João Vitor acertou 172 questões das 180 que compõem o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O equivalente a 95,5% de acertos. Mas João Vitor Claudiano dos Santos, 16, aluno do 2º ano da Escola de Ensino Médio Governador Adauto Bezerra, ainda não consegue mensurar o significado do feito.
O menino agora espera o resultado oficial, que deve sair em janeiro de 2015, mas, em um comparativo, João Vitor ultrapassou os 164 acertos da estudante mineira Mariana Drummond, que conquistou o primeiro lugar no Enem 2013. A nota final ainda depende do desempenho na Redação, que João acredita ter sido a mais difícil das avaliações.
“Sempre ouvi falar da dificuldade que é o Enem e tinha medo. Mas quando vi, sinceramente, achei muito fácil. Quando corrigi pelo gabarito, não fiquei assustado, apenas lamentei pelas oito (questões erradas)”, diz com a simplicidade de quem dormia em média quatro horas por dia para garantir o bom desempenho, que ele credita também ao apoio recebido dos professores.
A ficha da biblioteca, lugar preferido de João, já vai na segunda folha e ultrapassa os 40 livros. A leitura assídua é o segredo dele. “O que tem de cansativo no Enem são os textos grandes. Então, minha estratégia foi me adaptar à leitura, ler livros grandes, alguns com linguagem rebuscada”.
João, cujo maior orgulho é ter estudado a vida toda em escola pública, ainda não sabe se irá cursar o 3º ano, mas quer fazer Ciências Biológicas e sonha em viajar para o Reino Unido pelo Ciência Sem Fronteiras. Aos 16 anos, ele tem muito bem traçados os planos da vida. “Sempre me vejo fazendo especialização em bioquímica e biologia molecular. Quero ser pesquisador e estudar o resto da vida”.
Criado pela mãe, a aposentada Ana Maria Santos, morador do bairro Vila União, quarto de cinco irmãos, João será o primeiro da família a ingressar no ensino superior. Os estudos foram, para ele, a forma de transformar o próprio destino. “Sou um garoto que não conheceu o pai, que sempre sofreu bullying por ser nerd, por causa do cabelo, do sapato, da magreza. O estudo não combateu minha timidez, mas me ajudou a ser feliz”.

Fonte: Blog Conversa Afiada com Paulo Henrique Amorim

A Consciência é o próprio Ser em elaboração - Por: Emerson Monteiro

Inexistem separados, pois são parte de um todo único, indivisível, Ser e Consciência. Antes de galgar a consciência de Si, o Ser apenas transita a caminho da realização própria, meta e objetivo a conquistar no decorrer das gerações. Significam peças em movimento de aproximação. Enquanto permanecer no estado transitório de percurso, adquire o conhecimento necessário a conquistar o âmbito da pura Consciência.

Portanto, Consciência é âmago e pouso definitivo da existência do Ser, cujo itinerário preenche vidas e esforços de esclarecimento, razão última da história na Civilização.

Qual cristal da Perfeição absoluta, o Ser pule a si mesmo no trânsito das eras, no exercício de revelar a essência do mais perfeito que traz consigo e lhe contém a fina essência, espécie de semente do Ser, exercício que ocorre diante dos desafios e procuras da aventura humana no tempo e no espaço.

Com isto, revela a personalidade verdadeira e eterna de Si, obtendo nisso a purificação do Ser através da integração à unidade infinita do todo universal, a quem oferecerá a individualidade qual numa atitude plena do Amor cósmico. Todos em um Ser único e indivisível se completarão, o que demonstrará, num gesto de entrega ao Cosmos, o sentido da Ordem Natural dos acontecimentos eternos.

A Consciência é, pois, o Ser em Si, a realização do Ser perene e das ocorrências quais instrumentos da Existência consciente. Começo e fim de tudo quanto há e configuração autêntica dos elementos por meio do Conhecimento, mergulho na percepção da dualidade no processo dialético de integração da individualidade ao Cosmo em Si mesmo. Sois deuses e não o sabeis, afirmara Jesus.

Eis, em poucas palavras, a interpretação da Teoria do Conhecimento adotada pelo Existencialismo, do em-si e para-si, que nos objetos o em-si já é a essência destes, quando no ser homem o para-si o levará ao em-si por opção pessoal, no parto da própria essência, porquanto nele a liberdade precede a essência ainda a ser refinada por meio da Existência, só assim obterá a consciência de-si, diferentemente das coisas que a essa plenitude nunca chegará. O mundo é um efeito realizado; o homem, um mundo em realização.

19 novembro 2014

IV Simpósio Internacional sobre Padre Cícero segue nesta quarta-feira

urca

Com depoimentos relacionados a Padre Cícero e sua importância para Juazeiro do Norte e o Nordeste, de modo geral, prossegue nesta quarta-feira (19), no Campus Crajubar da Universidade Regional do Cariri (URCA), o IV Simpósio Internacional sobre Padre Cícero...E onde está ele?  O simpósio é gratuito e poderá ser frequentado por qualquer pessoa da comunidade.
Na primeira palestra do dia serão  enfocados Os Personagens mostrando que “Aprender a presença dos beatos, romeiros, da população de Juazeiro e também do Cariri e das outras regiões do país e sua articulação com o fenômeno Padre Cícero” é um fato por demais auspicioso.
Neste aspecto, a professora/doutora Candice Slater, da Universidade de Berkeley, Califórnia, baseará sua palestra, tendo como mediadora a professora Paula Cordeiro. Depois de um pequeno intervalo começarão as Mesas Redondas versando sobre “Romeiros, beatos e a devoção popular”, “Padre Cícero, espiritualidade e práticas de cura” e “Pe. Cícero: mito e linguagens”, seguindo-se a Comunicação e Pôsteres.
À tarde continuarão as Oficinas de Confecção de Boneca de Pano, leitura de documentos históricos, dança de Reisado e Feira dos Municípios. Todos os eventos terão como cenário o Campus Crajubar. Às 17 horas o professor Dr. Faustino Teixeira, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), pronunciará conferência sobre “A força da mística popular num campo religioso em transformação.”
E a programação cultural desta quarta-feira  prossegue, no Campus Crajubar, pela manhã e à tarde, com a exibição de trechos de depoimentos da primeira fase do Projeto Benditos, oficina Confecção de Bonecas de Pano, leitura de documentos históricos, Banda Cabaçal do Mestre Agnaldo, de Barbalha, e Reisado do Mestre Dedé de Luna e Banda Cômodo Marfim, de Juazeiro.
(Assessoria da Urca)

Cariri Garden Shopping abre espaço para lançamentos de livros do IV Simpósio Internacional sobre Padre Cícero

caririgardenShoppingDez livros serão lançados durante o IV Simpósio Internacional sobre Padre Cícero, que está acontecendo na Universidade Estadual do Cariri (URCA), campus Crajubar. Os eventos são sempre realizados no Cariri Garden Shopping, que preparou uma atrativa programação,  a partir das 19 horas.
Nesta quinta-feira, 19, são os seguintes os títulos apresentados: Juazeiro dos Meus Amores, de Geraldo Menezes Barbosa; Afeto, Razão e Fé e   História da  Educação Comparada, de Juraci Cavalcante; O Colégio Salesiano em Juazeiro, de Núbia Ferreira Almeida, e A Terra da Mãe de Deus, de Luitgarde de Oliveira Cavalcanti Barros.


Flavio Pinto News

Agente do Demutran atira em policial militar

 

demutran

Uma brincadeira de mal gosto quase acabou em morte nesta manhã de quarta-feira (19), no Crato. O caso ocorreu na sede do Demutran, quando policial militar Francisco Samuel Lopes Furtado, 36, se dirigiu até o local para deixar a esposa, que é servidora do Demutran.
O PM, que está de licença médica, ao chegar no Demutran, passou a tirar brincadeira com o agente do Demutran, José Wellylvan Calou Meneses Lobo, 39. Os dois acabaram se desentendendo quando o PM se aponderou da laterna de choque do agente e descarregou um choque no pescoço do agente. José Wellylvan sacou uma arma e atirou contra o soldado Furtado. O tiro transfixou a perna do policial militar.
O soldado Furtado foi socorrido por sua esposa para o Hospital Regional do Cariri, onde deu entrada sem gravidade. A Polícia Civil abriu inquérito para apurar o caso. Até a públicação dessa notícia, o agente do Demutran ainda estava foragido.

Flavio Pinto News

Obama anunciará plano de imigração sem apoio republicano na quinta-feira

imigracaoPor Steve Holland e Richard Cowan

WASHINGTON (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, irá delinear na quinta-feira um plano para relaxar a política nacional de imigração e anular a deportação de até 5 milhões de imigrantes ilegais, uma iniciativa unilateral que aprofundará as divisões com os republicanos.

A Casa Branca afirmou que Obama irá fazer um discurso televisionado na noite de quinta-feira explicando o plano, seguido por uma viagem na sexta-feira para angariar apoio em Las Vegas, no Estado de Nevada, que abriga a maior fatia de imigrantes sem documentos do país.

Frustrado com anos de inação parlamentar a respeito do que a maioria em Washington concorda ser um sistema imigratório falido, Obama afirmou em um vídeo publicado na Internet que agora está preparado para agir sozinho.

"Por isso, o que irei detalhar são as coisas que posso fazer com minha autoridade legal de presidente para fazer o sistema funcionar melhor, ao mesmo tempo em que continuo trabalhando com o Congresso e o incentivando a aprovar um projeto de lei bipartidário e abrangente que possa resolver o problema como um todo”, declarou.

Alguns republicanos conservadores ameaçaram combater a iniciativa imigratória impondo restrições orçamentárias a um projeto de lei de gastos que precisa ser aprovado e que em tese poderia levar à interdição do governo. Líderes republicanos, entretanto, enfatizaram que não irão permitir o fechamento da máquina governamental depois das críticas pesadas que receberam pela mesma medida no ano passado.

As ordens executivas de Obama devem anular a ameaça de deportação para até 5 milhões das estimadas 11 milhões de pessoas vivendo na ilegalidade no país. Trata-se de um passo significativo para um presidente conhecido por ter deportado milhares de imigrantes ilegais.

Fontes próximas ao governo declararam que Obama planeja emitir uma suspensão temporária de deportações que irá beneficiar alguns pais de cidadãos norte-americanos e moradores permanentes legalizados.

A iniciativa irá ampliar uma ordem executiva de 2012 do mandatário que livrou da expulsão e concedeu vistos de trabalho a crianças sem documentos levadas aos EUA por seus pais.

Também há expectativa de que haverá alguma novidade a respeito do patrulhamento das fronteiras, e Obama irá ajudar as empresas a contratar e manter trabalhadores estrangeiros altamente qualificados, relataram as fontes.

"Identificamos uma série de maneiras que usaremos (para consertar o sistema) e sobre as quais o presidente irá falar nos próximos dias”, disse o secretário de Segurança Interna, Jeh Johnson, em um evento no National Press Club nesta quarta-feira.

A medida de Obama, pouco mais de duas semanas após as eleições legislativas nas quais os republicanos assumiram o controle do Senado, certamente irá provocar revolta, e os republicanos na Câmara dos Deputados já consideram uma série de reações.

Michael Steel, porta-voz do presidente da Câmara, John Boehner, disse em um comunicado: "Se o 'imperador Obama' ignorar o povo norte-americano e anunciar um plano de anistia que ele mesmo disse mais de uma vez exceder sua autoridade constitucional, irá cimentar um legado de ilegalidade e arruinar a possibilidade de uma ação congressional neste tema e em muitos outros."

O gesto de Obama pode criar o efeito indesejável de acentuar a imigração ilegal ao longo da fronteira norte-americana com o México se for percebido como um enfraquecimento da política do país para futuros imigrantes.

(Reportagem adicional de Julia Edwards, Doina Chiacu, Amanda Becker, Susan Heavey e Roberta Rampton)

Ruters


Edições Anteriores:

Novembro ( 2014 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31