xmlns:fb="http://www.facebook.com/2008/fbml" xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> BLOG DO CRATO | O Crato na Internet desde 2005
.

VÍDEO - COLETIVA DE IMPRENSA COMPLETA - Ministério Público e Polícias fazem megaoperação na Prefeitura do Crato www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

03 agosto 2015

Câmara deve votar até fim do ano Sistema Nacional de Educação, diz deputada

camarafederal

A Câmara dos Deputados pretende votar o Sistema Nacional de Educação até o final do ano, disse hoje (3) a deputada Dorinha Seabra Rezende (DEM-TO), vice-presidente da Frente Parlamentar em Defesa da Implantação e Implementação do Plano Nacional de Educação, após participar, em São Paulo, de uma mesa de debates organizada pela Fundação Getulio Vargas, Instituto Unibanco e Instituto de Ensino e Pesquisa, para discutir políticas públicas em educação.

Segundo a deputada, pela importância do tema, o projeto deveria ser tratado em uma comissão especial para não apressar o processo. “Uma comissão especial ganha tempo, porque ele passa de uma vez só e, com dois ou três meses, estará votado. Se tiver vontade política da base do governo para votar, acho que sim [que ele será votado até o final do ano]”, disse.

O sistema  está previsto no Plano Nacional de Educação (PNE) e deve estabelecer um padrão de qualidade de ensino em todo o país, devendo ser instituído no prazo de dois anos. O objetivo é a definição de uma base nacional comum, com a composição de um currículo nacional, de processos de avaliação educacional e da formação dos profissionais da educação. A deputada alerta para um problema que ainda precisa ser debatido, que são as diferenças salariais entre os estados e municípios. “Há merendeiras que, em Brasília, ganham R$ 3 mil e há estados em que elas não recebem o piso”.

Para Antônio Cesar Callegari, membro do Conselho Nacional de Educação (CNE), o sistema é importante no sentido de atribuir responsabilidades compartilhadas, limites e responsabilidades entre os entes federativos. “Isso já está posto na Constituição brasileira”, lembrou. Callegari concorda que sua implantação não será tarefa fácil. “Há muita disputa. Há escassez de recursos, e isso acaba tocando no próprio ordenamento tributário hoje vigente no país. Um sistema nacional articulado implica, também, em uma composição de arrecadação e distribuição de fundos para manutenção e desenvolvimento do ensino”, afirmou.

Para Manuel Palácios, secretário de Educação Básica do Ministério da Educação, a base nacional curricular será a “viga mestra” do Sistema Nacional. Ela deve ser estruturada em bases locais, discutida pela sociedade, e não imposta pelo Estado. "A implantação da base nacional deverá ser pensada de forma a não restringir a autonomia dos entes federativos", alertou.

“Definir a base nacional comum, o Sistema Nacional de Educação e o regime de colaboração entre os entes federados é arrumar a casa. A base nacional comum vai implicar em uma séria mudança no sistema de ensino, mas não adianta ter uma base que não chegue ao professor. É preciso orientar ao professor sobre o que se quer que a criança aprenda. É preciso fazer, na sequência, um movimento de formação desses profissionais, para trabalhar com essa nova base nacional comum”, sugeriu Alessio Costa Lima, presidente da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime).

O Ministério da Educação desenvolveu uma plataforma online para discutir a questão da base nacional comum com a sociedade. O endereço é http://basenacionalcomum.mec.gov.br/.

Agência Brasil

HSBC vende filial brasileira ao Bradesco por US$ 5,2 bilhões

hsbc2

O HSBC, principal banco europeu, anunciou nesta segunda-feira a venda de sua filial …

O HSBC, principal banco europeu, anunciou nesta segunda-feira a venda de sua filial no Brasil ao Bradesco por 5,2 bilhões de dólares.

Após vários escândalos e resultados financeiros ruins, o HSBC anunciou em junho a demissão de 50.000 funcionários em um plano de reestruturação global que inclui a venda de suas atividades no Brasil e na Turquia.

A venda ao Bradesco de sua filial "constitui uma etapa importante na execução das medidas anunciadas aos acionistas em 9 de junho", afirma o HSBC em um comunicado.

O banco manterá, no entanto, sua presença no Brasil para as grandes empresas.

O grande corte de postos de trabalho - metade no Brasil e Turquia — tem o objetivo de centralizar ainda mais a atividade do banco na Ásia, onde o HSBC tem seu maior potencial de crescimento.

O objetivo do HSBC, que também deseja transferir milhares de empregos para países com mão de obra mais barata, é reduzir os gastos em 4,5 a 5 bilhões de dólares até 2017.

No primeiro semestre, o HSBC registrou um lucro líquido de 9,618 bilhões de dólares, 1,31% a menos que no mesmo período de 2014. No segundo trimestre, o lucro líquido caiu 3,8%, a US$ 4,359 bilhões.

A queda do lucro foi provocada principalmente pelos custos totais de operação, que no primeiro semestre aumentaram 5% na comparação com o mesmo período de 2014, a 19,187 bilhões de dólares.

O HSBC atribuiu o aumento aos "investimentos para o crescimento futuro" e aos gastos legais para enfrentar os litígios com as autoridades de regulação no Reino Unido e outros países.

Além disso, os impostos pagos pelo HSBC na Grã-Bretanha alcançaram 2,9 bilhões de dólares, um aumento de 44% em ritmo anual.

AFP

Polícia Federal prende José Dirceu em Brasília

 JOSE DIRCEU/CPP

(Foto: Estadão Conteúdo)
O ex-ministro José Dirceu (Casa Civil do governo Lula) foi preso na manhã desta segunda-feira, 3, em Brasília. Dirceu é alvo de prisão preventiva decretada pelo juiz federal Sérgio Moro, que conduz as ações penais da Operação Lava Jato.
O ex- ministro está sob investigação por suposto recebimento de propinas disfarçadas na forma de consultorias, por meio de sua empresa JD assessoria, já desativada.>>Dirceu cumpria prisão domiciliar por sua condenação no processo do mensalão.
A Polícia Federal incluiu a JD Assessoria e Consultoria em um grupo de 31 empresas "suspeitas de promoverem operações de lavagem de dinheiro" em contratos das obras da Refinaria Abreu e Lima (Rnest), em Pernambuco - construção iniciada em 2007, que deveria custar R$ 4 bilhões e consumiu mais de R$ 23 bilhões da Petrobras.
O documento é o primeiro de uma série de perícias técnicas da Polícia Federal que apontam um porcentual de desvios na Petrobras de até 20% do valor de contratos. O porcentual é superior aos 3% apontados até aqui nas investigações da Operação Lava Jato, que incluía apenas a propina dos agentes públicos e políticos.
"Foi identificada movimentação financeira da ordem de R$ 71,4 milhões, tendo como origem Construções e Comércio Camargo Corrêa S/A e como destino as seguintes empresas, suspeitas de operarem lavagem de dinheiro: Costa Global Consultoria e Participações, JD Assessoria e Consultoria; Treviso do Brasil Empreendimentos e Piemonte Empreendimentos", registra o laudo 1342/2015 presente nos autos da Lava Jato.

Estadão Conteúdo

Portal da Transparência divulga dados de acesso ao site no mês de julho

foto_maiores_contratos

Contratos

O Portal da Transparência disponibilizou os números com os acessos ao site no mês de julho deste ano. A maior ferramenta de transparência das ações do Governo do Estado recebeu 12.284 acessos de usuários, com 116.829 visualizações de páginas. O conteúdo mais acessado pelo usuários foi a página de Informações de Servidores, que apresenta a remuneração dos servidores públicos do Poder Executivo Estadual. Em seguida, vem a página de Contratos e de Comparativo de Receitas e Despesas.

O site reúne em um só lugar todas as ações desenvolvidas pelo Governo do Estado do Ceará de maneira clara, fácil e objetiva, tornando a pesquisa do usuário mais rápida e eficaz. Lá ele tem acesso também a informações sobre convênios, modelo de governança e todas as despesas detalhadas. Há também espaço para destacar as políticas, os investimentos e os resultados das ações de governo, servindo como plataforma para atração de investimentos para o Estado do Ceará.

 

 

Assessoria de Comunicação da CGE

Heróis do Fogo completam nove décadas de dedicação ao Ceará

 

bomb1Proteger a sociedade arriscando a própria vida. Essa é a rotina do Corpo de Bombeiros Militar do Ceará, que completa 90 anos de existência no próximo sábado (8) em meio a muitos episódios marcantes. Atuando nas áreas de combate a incêndios, atividades técnicas (análise de projetos e vistorias), salvamento terrestre, salvamento em alturas, salvamento aquático, mergulho autônomo, atendimento pré-hospitalar, ações de Defesa Civil, prevenção em grandes eventos e capturas de animais silvestres, esses profissionais mostram a cada dia que vão além da alcunha de “Heróis do Fogo”.

Rbomb2O serviço de combate a incêndios como missão pública já era almejado em Fortaleza no final do século XIX e início do século XX pelos comerciantes e autoridades públicas. No ano de 1924, a capital cearense, além do desenvolvido comércio, apresentava considerável número de residências e de indústrias, bem como uma população que já ultrapassava os 50 mil habitantes. Com essa condição estrutural, o Dr. Jose Pires de Carvalho, chefe da Polícia, enviou relatório ao chefe do Executivo estadual mostrando a necessidade da criação de um corpo de bombeiros, o que foi essencial para que o Desembargador José Moreira da Rocha, então presidente do Estado do Ceará, criasse o Pelotão de Bombeiros de Fortaleza, em 8 de agosto de 1925.

Esse Pelotão era subordinado ao Comando do Regimento Policial do Ceará, sendo sua única atribuição a missão de extinguir incêndios em Fortaleza. Somente em 1933 é que sua atuação veio a ser efetivamente organizada, através do Decreto nº 881, de 29 de dezembro de 1932. O Interventor Federal no Estado do Ceará, Roberto Carlos Vasco Carneiro de Mendonça, sentiu no decorrer de seu governo que Fortaleza necessitava de uma unidade de bombeiros para atender a população de um modo geral, atendendo diversificadas ocorrências ligadas à área bombeirística.

O 1º sargento BM, João Antônio da Cunha, foi trazido do Distrito Federal para instruir os futuros bombeiros cearenses, passando a ser comissionado no posto de 2º tenente do Corpo de Segurança Pública (CSP). A construção de um quartel para acomodação e treinamento, no bairro Jacarecanga, foi outro fato essencial para a corporação. O Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Ceará iniciou suas atividades funcionais em 1º de janeiro de 1934, com ações formalizadas através de um regulamento aprovado pelo Decreto nº 1.201, de 29 de dezembro de 1933.

Rbomb3À medida que Fortaleza crescia sua importância, em virtude de sua privilegiada situação geográfica, o CBMCE também ganhava mais destaque, tanto que, em 1942, quando a 2ª Guerra Mundial ainda se encontrava em curso, foi instalado um Posto Avançado do Corpo de Bombeiros Militar do Ceará na Base Aérea Norte-Americana de Fortaleza, no antigo bairro Cocorote (onde hoje funciona o Aeroporto Internacional Pinto Martins).

Ações preventivas

A prevenção é um método de ação no sentido de evitar incêndios e outros sinistros, sendo continuamente aperfeiçoada pelos corpos de bombeiros militares do Brasil. A Semana de Prevenção Contra Incêndios foi criada através do Decreto 35.300, de 2 de julho de 1954, do então presidente Getúlio Vargas. No Ceará, ela é organizada no período compreendido entre os dias finais do mês de junho e o dia 2 de julho, data em que se comemora o Dia do Bombeiro no Brasil, criado também através do referido decreto.

A primeira Semana de Prevenção Contra Incêndios realizada pelo Corpo de Bombeiros Militar do Ceará aconteceu entre os dias 26 de junho e 2 de julho de 1967 e foi repleta de demonstrações de combate a incêndio e salvamento em Fortaleza, Caucaia e Maranguape, contando também com programação de festas dançantes, atividades esportivas e ciclo de palestras.

Com a execução do projeto “Bombeiro com Você”, que trabalha com ações educativas relacionadas com a prevenção a sinistros, através de visitas domiciliares e em praças públicas, o Corpo de Bombeiros do Ceará capacitou, nos primeiros anos do Século XXI, significativo número de pessoas, desenvolvendo campanhas de orientações no sentido de preparar o público para agir de forma consciente em princípios de ocorrências nos mais diversos segmentos, seja comercial, industrial, social ou familiar.

Bombeiros em Numeros 1-01

Heróis do Corpo de Bombeiros

Muitos nomes foram essenciais para o crescimento do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Ceará, como o tenente João Pascoal Filho, o subtentente João Batista Cordeiro e o tenente Nelson Farias da Penha, incluídos nas fileiras da corporação, respectivamente, em 1935, 1936 e 1939.

Alguns deles, literalmente, deram suas vidas em nome do trabalho, ganhando a alcunha de heróis. O primeiro a sofrer uma fatalidade em serviço foi o Sargento Sebastião Félix Brandinho que, em 12 de fevereiro de 1942, perdeu a vida soterrado por uma cacimba no momento em que se encontrava desenvolvendo suasfunções operacionais. Sua morte foi sentida por todos que, na época, faziam parte do "Casarão Vermelho de Fortaleza".

O jovem estudante João Nogueira Jucá, de 17 anos, não exercia a função, porém, é até hoje um grande exemplo para todos os profissionais da área. Isso porque na tarde do dia 4 de agosto de 1959, quando passava pela Praça da Lagoinha, no Centro, se deparou com o grande incêndio na Casa de Saúde Dr. César Cals e não hesitou em entrar no local para salvar várias pessoas. Com gravíssimas queimaduras por todo o corpo, veio a falecer no dia 11 de agosto de 1959. O Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Ceará, reconhecendo a bravura do jovem, homenageou-o com o título de Bombeiro Voluntário e obteve, junto ao Governo do Estado, a instituição da Medalha de Bravura João Nogueira Jucá, insígnia criada para agraciar aos que tenha se destacado pela prática de atos heróicos.

Episódios marcantes

Rbomb4Ao longo desses 90 anos, muitos episódios chocaram a população. Incêndios, catástrofes, mortes, porém, se não fosse o bem sucedido trabalho do Corpo de Bombeiros Militar do Ceará, que conseguiu conter a propagação das chamas, as conseqüências poderiam er sido bem piores.

Alguns desses casos são: 4 de abril de 1955 - Um incêndio destruiu o Cine Theatro Majestic Palace, o mais luxuoso salão do Estado da época.

27 de julho de 1980 - Um incêndio destruiu quatro tanques de armazenamento de álcool e gasolina da Shell do Brasil S.A., no Terminal Oceânico do Mucuripe.

8 de julho de 1982 - O antigo Palacete Ceará, ocupado pela Caixa Econômica Federal, na Praça do Ferreira, foi consumido por um incêndio, restando apenas a fachada.

8 de junho de 1982 - O boeing 727-200 da VASP, com destino a Fortaleza, se chocou contra a Serra da Aratanha. Todos os 137 ocupantes da aeronave morreram na colisão.

Quadro atual

Bombeiros em Numeros 2-01

Atualmente, o Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Ceará conta com 1669 servidores, divididos entre as seguintes patentes: Sargento (508), Soldado (499), Cabo (239), Subtenente (200), Capitão (74), 1º Tenente (54), Major (53), Tenente Coronel (31), Coronel (7), Aspirante a Oficial (3) e Coronel Comandante Geral (1).

Os tipos de viaturas utilizadas são Auto Bomba Tanque - ABT (caminhão de combate a incêndio); ­Auto Tanque - AT (caminhão tipo pipa para abastecer os ABT's); ­Auto Salvamento - AS (caminhonete para operações de resgate, busca e salvamento); ­Auto Escada Mecânica - AEM (apoio para combate a incêndio e salvamento) e ­Auto Resgate - AR (ambulâncias para atendimento pré­-hospitalar).

A corporação também dispõe de projetos sociais em que milhares de pessoas são beneficiadas. São eles: Projeto Saúde, Bombeiros e Sociedade, Cinoterapia, Artes Marciais, Capoeira, Jovem Aprendiz, Surf Salva e Jovem Bombeiro Voluntário.

Fotos: Tiago Stille / Governo do Ceará

           Arquivo / CBMCE

 

Thiago Sampaio
Repórter - Célula de Reportagem

Assessoria de Comunicação do Corpo de Bombeiros

Governo promove Curso de Políticas Públicas de Combate à Pobreza

pobrezaextrema

Ao abrir o Curso de Políticas Públicas de Combate à Pobreza: Questões Metodológicas e Evidências Empíricas, o secretário do Planejamento e Gestão, Hugo Figueiredo lançou um desafio aos 40 gestores e técnicos do Governo do Estado que participam do evento. “Gostaria de receber ao final do curso novas ideias para que possamos reverter o quadro de pobreza no Ceará”, enfatizou o titular da Seplag.

O Secretário lembrou que o estado tem conseguido diminuir os índices de pobreza em termos absolutos, mas a quantidade de pobres ainda é muito grande, “algo em torno de 700 mil cearenses ainda estão abaixo da linha de extrema pobreza. Isso representa quase 9% da população do Ceará, um dos mais elevados índices do país”.

O Fundo Estadual de Combate à Pobreza (Fecop) recebe anualmente recursos da ordem de R$ 400 milhões. Essa receita terá aumento a partir do próximo ano por conta de legislação específica recentemente aprovada pela Assembleia Legislativa. Hugo.Figueiredo disse que é preciso ter criatividade para mudar o quadro de pobreza no estado: “É necessário focar a aplicação desses recursos, identificando onde estão essas pessoas mais pobres”.

Iniciado na manhã desta segunda-feira (3), no auditório da Seplag, o curso prossegue até a próxima sexta-feira (7), das 8 às 12 horas. Os instrutores são o diretor geral do Instituto de Pesquisa e Estrategia Econômica do Ceará (Ipece), Flávio Ataliba, e os técnicos daquele órgão Jimmy Lima de Oliveira. Dércio Nonato Chaves de Assis e Raquel da Silva Sales. Eles abordarão temas como medidas de pobreza e desigualdade; crescimento econômico, pobreza e desigualdade de renda; políticas públicas e combate à pobreza; caracterização da pobreza no Ceará; e elementos para uma estratégia eficiente de combate à pobreza.

A iniciativa é da Secretaria do Planejamento e Gestão (Seplag), por meio da Coordenadoria de Promoção de Políticas de Combate à Pobreza – CCOPI, em parceria com o Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece), e a Escola de Gestão Pública – EGP.

 

Assessoria de Comunicação da Seplag
Luiz Pedro – (85) 3101 4495
Giselle Dutra
Gestora de Célula/Secretarias
Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado - Casa Civil

Casal é condenado a 100 anos de prisão no Crato

cadeia5

O juiz Renato Belo Vianna Velloso, da 1ª Vara Criminal da Comarca do Crato, condenou Dione Oliveira David e Ítalo Ferreira da Silva a 100 anos de prisão pelos crimes de roubo e latrocínio, totalizando as penas.

Dione foi apenada a 48 anos e oito meses de reclusão. Já Ítalo, foi condenado a 52 anos. Ambos foram condenados pelos crimes de roubo e latrocínio. A pena deve ser cumprida inicialmente em regime fechado.

Segundo os autos, no dia 2 de agosto de 2013, após cometerem vários roubos no bairro Mauriti, naquele município, a dupla atacou uma mulher e tomou o aparelho celular dela. Na ocasião, uma amiga da vítima viu a ação criminosa e gritou. Com a reação da moça, Ítalo disparou um tiro contra ela, que não resistiu.

Em defesa, os dois acusados negaram o crime. Ítalo alegou que o reconhecimento foi feito de forma precária. Já Dione disse que não foi reconhecido pelas testemunhas.

flavio pinto

Mototaxistas e taxistas de Juazeiro devem ficar de olho no prazo do pagamento do ISS e alvará

mototaxistas

Termina no próximo dia 10 de agosto, o  prazo para taxistas e mototaxistas de Juazeiro do Norte pagar o ISS (Imposto Sobre Serviços) e Alvarás. Lei Complementar neste sentido foi sancionada pelo prefeito Luiz Ivan Bezerra e já publicada no Diário Oficial do Município. A matéria dispõe sobre o novo vencimento dessa obrigação tributária anual junto ao fisco do município e desmembrando o valor de tais tributações.
As duas categorias estão sendo convocadas a comparecerem ao setor de arrecadação na sede da Prefeitura de Juazeiro, a fim de evitar inadimplências e as sanções previstas no Código Tributário.
Pela Lei Complementar, os mototaxistas pagarão R$ 61,60 de ISS e mais R$ 12,40 de alvará totalizando R$ 74,00 este ano, enquanto taxistas desembolsarão R$ 92,80 de ISS e R$ 74,00 na renovação do alvará.
(Com informações da Assessoria de Imprensa)

flavio pinto

Câmara do Crato retoma os trabalhos e vereador quer viabilizar criação do Orçamento Impositivo

CamaraorcamentoFoto: Flavio Pinto

No Crato, os trabalhos do legislativo foram retomados nesta segunda-feira (3), mas da mesma forma que havia encerrado em junho passado, ou seja, sem grandes novidades.
O projeto mais interessante, se assim podemos dizer, foi apresentado pelo vereador Thiago Esmeraldo (PP), que propôs um estudo para viabilizar uma emenda junto à Lei Orgânica do Município, a criação do Orçamento Impositivo.
Uma vez aprovada, a emenda destinará determinado percentual do orçamento líquido da Câmara Municipal para os vereadores distribuir em obras e ações para suas comunidades.
Thiago Esmeraldo, na verdade, copia o que já existe em muitas câmara municipais e até na Câmara Federal, onde cada deputado dispõe de orçamento para ser destinado às suas emendas. Segundo sua justificativa, a aprovação da emenda - que ainda deve ser criada - dará mais independência aos parlamentares, pois muitas vezes, em bora o pedidos sejam feitos, o executivo não os atende.

flavio pinto

Justiça suspende concurso público para delegado e inspetor da Polícia Civil

justica_2

O desembargador Francisco Sales Neto Fortaleza, suspendeu, em sede de agravo de instrumento, as fases dos concursos públicos para o provimento dos cargos de Delegado de Polícia Civil de 1ª Classe e Inspetor de Polícia Civil de 1ª Classe até que as provas de capacidade física e demais itens sejam ajustados. Os Editais (ambos nº 01/2014 - SSPDS/SEPLAG) dos certames não previram a adaptação do Curso de Formação aos candidatos portadores de necessidades especiais.
A decisão do desembargador relator do caso atendeu a um agravo de instrumento, com pedido de antecipação dos efeitos da tutela e efeito suspensivo, ajuizado pelo Ministério Público do Estado do Ceará, através dos promotores de Justiça especializados na defesa da pessoa com deficiência e acessibilidade Hugo Porto Frota Magalhães e Paulo Roberto Barreto de Almeida.  Eles haviam ingressado uma Ação Civil Pública contra o Estado do Ceará, junto ao juízo da 13ª Vara da Fazenda Pública de Fortaleza.
De acordo com o desembargador, a demora no deferimento do pleito de suspensão dos certames pode resultar em dano irreparável ou de difícil reparação, na medida em que os candidatos aprovados nas fases iniciais dos concursos, caso eventualmente venha a se submeter ao exame físico, nas atuais condições importas pelos Editais alvejados, dificilmente lograrão êxito, resultando, assim, em diversas eliminações injustas e ilegais.

flavio pinto

Apresentadora e Educadora Infantil dará palestra em Juazeiro do Noerte

 

crisCris Poli virá pela primeira vez ao Cariri.

Com dedicação de 40 anos à Educação Infantil, a apresentadora do Programa Super Nanny, do SBT, Cris Poli, vem pela primeira vez ao Cariri. Será no dia 22  de outubro quando dará palestras para professores da educação infantil, no ginásio poliesportivo.
Cris Cris Poli é Argentina radicada no Brasi. Atuou como professora de algumas das mais respeitadas escolas de Buenos Aires até se mudar para São Paulo e aplicar seus conhecimentos em colégios da capital paulista. Formou-se em Educação pelo Instituto Nacional Superior del Profesorado en Lenguas Vivas Juan Ramón Fernandez, de Buenos Aires, na Argentina. No Brasil, fez Licenciatura em Letras Inglês-Português na USP.
Em 2006 foi convidada pelo SBT para ser a apresentadora do programa Super Nanny. O sucesso da atração rendeu frutos para a educadora Cris Poli. Depois de colocar a criançada na linha, ela virou best-seller ao lançar dois livros sobre educação infantil.
“Filhos autônomos, filhos felizes”, o primeiro lançamento de 2006, vendeu mais de 20 mil cópias em poucas semanas nas livrarias. A segunda publicação, “Pais separados, filhos preparados”, de 2007, também é sucesso de vendas e a terceira publicação “Pais e Professores Educando com Valores”, lançada em 2008 seguiu o mesmo sucesso,em 2009 lançou “Viva a Infância” que já segue o mesmo sucesso dos livros anteriores. Em 2011 lançou seu primeiro livro voltado para professores da Educação Infantil: "Educando em sala de aula com Cris Poli" que através da venda porta-a-porta tem conseguido atingir os educadores de todo Brasil. Em 2011, pela Editora Mundo Cristão, lançou o livro “Pais Responsáveis Educam Juntos”. O evento acontece em 22 de outubro na quadra do ginásio poli esportivo de Juazeiro do Norte e  será promovido pelo Núcleo Social NUSE,

flavio pinto

Diário Oficial do Município de Juazeiro do Norte já publicou a lista dos servidores exonerados por Luiz Ivan

listaexonerados2

 

Como foi divulgado com exclusividade, em primeira mão por esse blog, no sábado (01), o Diário Oficial do Município de Juazeiro do Norte, traz nesta segunda-feira (3), a lista com os nomes e cargos, dos primeiros 41 servidores que foram exonerados pelo prefeito Luiz Ivan Bezerra (PTB). Nos próximos dias serão divulgados outros 151 nomes.
Confira a lista completa no Diário Oficial no site www.Juazeiro.ce.gov.br

 

listaexonerados

flavio pinto

EXCLUSIVO - Prefeito do Crato entrega hoje sua desfiliação do PMDB

ronaldopmdbRonaldo vai se desfilar do PMDB (Foto: Flávio Pinto)

Essa é mais uma exclusiva deste blog.
O prefeito do Crato, Ronaldo Gomes de Mattos entrega nesta segunda-feira (4) seu pedido de desfiliação do PMDB. O documento segue para dois endereços: o primeiro para o senador Eunício Oliveira, presidente estadual do partido; e o segundo para o Conselho de Ética, que deve colocar em pauta ainda neste mês de agosto, sua expulsão. O conselho está finalizando o processo de expulsão de Ronaldo por infidelidade partidária. O prefeito é investigado de apoiar a candidatura de Camilo Santana, ao invés de Eunício Oliveira para governador, ano passado.
O PMDB agendou para o próximo dia 20, no Crato, a terceira edição do encontro regional do partido no Ceará. Nela se pretendia anunciar a expulsão de Ronaldo, mas o prefeito preferiu se antecipar ao entregar seu pedido de desligamento.
Pela jurisprudência do STF, Ronaldo não perde o cargo, pois em decisão recente e pondo fim as especulações sobre a quem pertence ao cargos majoritários, os ministros do STF entenderam que os mandatos de governadores, senadores e prefeitos são de seus titulares, pois receberam aprovação do eleitorado nas eleições.
FUTURO:
Neste momento, o prefeito Ronaldo evita falar sobre seu futuro político, mas esse blog apurou que o chefe do executivo cratense vai se reunir nos próximos dias com o deputado federal José Guimarães (PT) para definir sua situação. O PT não deve ser o caminho a ser seguido.
Na verdade, Ronaldo espera uma reaproximação com o governador Camilo Santana para só a partir daí falar sobre reeleição. Se tiver apoio vai, mesmo sendo esse o pensamento contrário de seus familiares que o querem longe da política a partir de 2017.

|flavio pinto

Secretaria de Saúde do Crato inicia campanha de vacinação contra paralisia infantil

vacinacao_contra_poliomielite_e_sarampo_foto__fernando_teixeira__10

Nesta segunda-feira (3), tem início a Campanha Nacional de Vacinação contra a Paralisia Infantil, no Crato. De acordo com o secretário Lucimilton Macedo, a meta é vacinar no mínimo 95%  de um total de 8.766 crianças.
"Vacinação contra Paralisia Infantil. Você é o protetor do seu filho!" é o tema da campanha que chega a sua 36ª edição e no 26º ano em que o Brasil não registra nenhum caso da doença.
A campanha segue até  o dia 31 de agosto e em todos os postos de saúde do Crato já tem a vacina contra a paralisia infantil. O público alvo é de  crianças de 6 meses até menor de 5 anos.

flavio pinto

Do possível ao imaginável - Por: Emerson Monteiro

Tirar isso da mania constante de trabalhar o pensamento querendo mudar as situações desagradáveis sem, no entanto, abrir mão do senso de realidade. Quantas horas difíceis exigem esta presença dos valores reais que dormem debaixo do tapete dos sonhos, mas há que se cruzar barreiras e sair do outro lado vivendo o desejo forte de continuar a história independente de se ser super-herói, santo ou ilusionista. Bem nesse ponto mora a sobrevivência ao desgaste diante das experiências impossíveis. Largar de lado a velha ambição trazida nos contos de fadas quando velhinho misterioso aparece na sombra de uma árvore nas imediações de casa, com ele a gente se encontra e oferece pouso, alimento, conforto, e ele retribuirá oferecendo amuleto mágico que pode tudo, que cuidaremos de manter com imenso zelo bem longe dos vizinhos. No entanto, mais cedo ou mais tarde, eles o obtêm e, ainda assim, reconquistamos e voltamos a possuir na calma do final da história, e seremos felizes.

Nessa faixa mística entre o possível e o imaginável passa a linha da existência, qual faixa do meio das pistas de velocidade. Aqui vamos, seguros da organização dos espaços no Universo. Ali vêm eles, os passageiros do sentido contrário, que também querem sorrir e agradecer aos Céus a distinção de seus direitos. Rápido deslizam os acontecimentos, até as situações por vezes impossíveis de que falamos, e elevamos ao silêncio distante nossas preces, sacrifícios, promessas...

Naquele momento chegará a lembrança do que ficou a fazer no decorrer da longa estrada percorrida, enquanto a vaidade e as mágoas enchiam o pote dos desejos só de folhas secas e tomavam a saúde a interesse próprio. Caprichos. Imaginação perdida nos desertos do egoísmo. Nas vastidões do oceano vazio do tempo jogado fora. 

No lugar de tamanha solidão nascerão os meios de encontrar as peças que poderão de novo compor o edifício da esperança e do amor da nossa vontade necessária a preencher milhões de aflição, e clarear de bom grado as dependências escuras deste mundo apenas material. Elevar aos níveis superiores o clamor por dias melhores e confiar nEle, no nosso Pai Supremo, Deus e Criador.

01 agosto 2015

1º de Agosto: Dia do Selo

(Fonte: Correios)
Em tempos de comunicação digital, os selos ainda despertam interesse em muitas pessoas. Viajando em cartas (cada vez mais raras) ou guardados em coleções, reúnem grandes histórias em pequenos formatos. Em Crato existem dezenas de colecionadores de selos.São os "filatelistas" como são maisconhecidos.
Era 1º de agosto de 1843 quando a famosa série de selos Olho de Boi foi lançada, introduzindo a autenticação postal no Brasil. No país, o segundo do mundo a utilizar a “etiqueta”, já são 172 anos contando histórias em pequenos formatos. Para marcar a data, está previsto para este mês de agosto o lançamento da segunda emissão especial do selo das Olimpíadas de 2016. Os selos surgiram na Inglaterra, em 1840, como uma necessidade de tarifar correspondências. Quem pagava pelo envio era o destinatário que, em diversos casos se recusava, causando prejuízos às empresas de entrega. Para solucionar os desencontros, o professor inglês Rowland Hill elaborou uma proposta: o valor seria cobrado na hora da postagem, e comprovado por um pequeno papel colado ao envelope – o selo postal. Muito além de tarifar a postagem, os selos passaram a ter valor histórico e cultural.
Colecionando histórias
Para os amantes da filatelia, a atividade está longe de modismo e transcende o conceito de hobby. Os colecionadores “profissionais” encaram como uma arte, muitas vezes passadas por gerações. Roberto de Azevedo Moreira Filho, 76, começou aos 14, influenciado pelo pai, também colecionador. A coleção própria começou na década de 1960, quando descobriu sua predileção por peças defeituosas. Para ele, o valor é afetivo. “Vale mais que qualquer dinheiro que ofereçam”.
Júlia de Mello, 63, acredita que o potencial educativo do formato é o grande diferencial para atrair público jovem. Graduada em administração, ela monta coleção sobre História do Brasil, do descobrimento à independência. “É um encontro do didático com o lúdico”, diz a aposentada, que palestra sobre a história dos selos para crianças, além de mostrar os cuidados que se deve ter ao iniciar a coleção. Para ela, o “ideal” seria que a filatelia voltasse ao currículo escolar, como na época do Império. “Tem muito a ver com a sede de conhecimento dos jovens, que hoje têm o acesso à internet como aliado às pesquisas. Só falta o incentivo”.
Raridade e valor
Para um selo ser considerado valioso, Valécia Souza explica que vários critérios colaboram - tiragem, estado de conservação, procura e curiosidade dos filatelistas, erros gráficos. Segundo registros, a peça mais cara da filatelia brasileira e latino-americana é a carta porteada (correspondência que foi selada, paga e circulou) com a série completa dos Olhos-de-Boi. A peça foi negociada em 5 de outubro de 2007 por mais de U$ 1 milhão.

Caririaçu inaugura o “Refúgio da Mãe de Deus”, um lugar que transforma vidas – por Patrícia Silva

Localizado no Sítio Gravatá, em Caririaçu, o “Refúgio da Mãe de Deus” foi inaugurado por Dom Fernando Panico, bispo diocesano de Crato, sendo uma obra da Comunidade Quem Como Deus, que tem a frente o missionário Guto Azevedo, criada com a finalidade de restaurar vidas através da evangelização. Segundo o fundador, a alegria com a inauguração se transforma em compromisso maior a partir de agora. “Estávamos trabalhando para inaugurar, agora a responsabilidade duplica, pois temos que trabalhar para funcionar, por isso estamos de portas abertas aqueles que desejam conhecer este trabalho e nos ajudar”, disse.
Construído em um espaço de 20 tarefas de terras, o ambiente possui três casas onde moram os missionários da comunidade de vida, uma Capela do Santíssimo, um Centro Educativo que recebe o nome do Monsenhor Vitaliano Mattioli com auditório apto a acolher 150 pessoas, um rincão para encontros com capacidade para 800 pessoas, salas de estudo e posto de assistência familiar. O Refúgio da Mãe de Deus, a partir de agora é mais um lugar de retiros e encontros na Diocese de Crato. Junto a evangelização, trabalhos sociais realizados com crianças em situação de risco, orientação escolar e humana, assistência social com atendimento médico ao povo, serão desenvolvidos no Refúgio que procura ir de encontro com a doença da alma e também do corpo.

Por: Patrícia Silva

O município de Farias Brito e o Padre Cícero – por Renato Casimiro


Diz-se, há muito tempo, e em tom profético se tem espalhado, atribuindo-se a expressão ao Padre Cícero, que “No dia que a pedra da Batateira rolar, e o Cariri virar mar, tal a invasão das águas, o Pontal de Farias Brito será um porto de navio, junto com a Serra do Horto de Juazeiro”. Este fato se liga a uma lenda que encerra uma maldição que teria sido deixada pelos índios Cariris, e que no início do século XX vem com outra conotação, pela visita do Padre Cícero ao povoado de Araticum, na Serra do Quincuncá, para escolher e benzer o terreno do futuro cemitério local.
Leio pela imprensa que o Pontal é o mais novo complexo turístico religioso da região do Cariri, construído nestes três últimos anos, com praça, acessibilidade, monumento ao Padre Cícero, lanchonete, lojinhas, banheiros, recinto para orações e um mirante com uma vista fantástica. Quem esteve à frente deste investimento de R$4 milhões e hoje coordena a sua funcionalidade é o Pe. Adalmiran Silva de Vasconcelos, pároco da Matriz da Imaculada Conceição de Farias Brito, e que acaba de realizar no último dia 20 a primeira Romaria da cidade ao Pontal do Padre Cícero.
Antes de ir lá conhecer pessoalmente este grande empreendimento, me apresso em cumprimentá-lo Pe. Adalmiran, pois vejo com que empenho o senhor tem se dedicado inteiramente por esta inserção de Farias Brito, e muito bem justificada, no concerto de tantos destinos de romarias em nosso pais. Chamou-me a atenção o fato de que isto está mobilizando expressivo número de lideranças locais, e isto tudo articulado com os poderes sob a orientação de técnico especializado em Marketing Católico, que faz prospecção em potenciais e diagnósticos sobre esta nova vocação da localidade.
 E soube que não obstante o que foi possível realizar inicialmente, as preocupações se voltam para a complementação do equipamento, procurando dotá-lo com um Centro de Acolhimento ao Romeiro, bem como a construção de um Luzeiro para maior embelezamento da área. É bastante sintomático e muito promissor que o Pontal de Farias Brito já venha recebendo cerca de dois mil visitantes por mês, especialmente a partir da tradição que se procura construir com as missas do dia 20 de cada mês, além de outras promoções semanais da paróquia.Não há dúvidas, Pe. Adalmiran, que este é um bom sinal da presença viva do Padre Cícero em diversas comunidades do Cariri, a partir do que aconteceu entre nós, aqui no Juazeiro do Norte, pelo grito pioneiro do Pe. Murilo de Sá Barreto e que ressoou fundo no coração dos romeiros.
 Em verdade, ainda vemos com timidez esta realidade vivida por muitas localidades, por diversas paróquias desta nossa Diocese e outras, por este Nordeste a dentro, como se ainda sinalizassem com o clima detestável de intolerância religiosa, que há muito deveria ter ficado para trás. A longa e demoradíssima atitude que esperamos da hierarquia católica no reconhecimento destes valores nos deixam ainda mais ansiosos sobre esta pauta que trata da reabilitação histórico-eclesial necessária para o reconhecimento do valor do Padre Cícero para nossa Igreja.  Dizem-nos os documentos da garimpagem histórica que um verdadeiro clima de terror foi implantado e prosseguiu com a perseguição a tantos padres que se antecipavam neste reconhecimento, falando das maravilhas que aqueles acontecimentos  demonstravam.Felizmente, Pe. Adalmiran, hoje podemos vislumbrar um novo tempo, onde se pode reconhecer virtudes, milagres, graças, liderança, intercessão, dar vivas e fazer exaltação, coisas tão profundamente vividas por estes sertões que nem nos aventuramos ignorar. De outra sorte, só vejo com entusiasmo iniciativas como esta de Farias Brito, o velho Quixará dos idos do Padre Cícero, como uma marca autêntica de suas preocupações com o desenvolvimento que não guarda ansiedades rançosas e que o procura, principalmente, com o auxílio do povo de Deus.
Desejo sucesso, Pe. Adalmiran, a sua paróquia, ao seu povo reunido em torno desta empreitada, para que o Pontal do Padre Cícero na Serra do Quincuncá, seja ainda mais, na esperança do povo, isso como o senhor reconhece, “o local de uma das mais belas vistas do Cariri do nascer do sol”. Afinal, como o senhor bem lembra, a profecia sobre o Pontal não guarda nada de apocalíptico, nada que nos mostre a antevéspera da catástrofe, do dilúvio e do final dos tempos, mas a visão atualizada do que cada um de nós busca quando se vive à deriva da vida, mas na esperança do Ressuscitado.

Ritual da existência - Por: Emerson Monteiro

O espelho das palavras reflete a sabedoria que virá do que passa no coração, semelhante a filme que chega pronto a ser exibido durante as sessões contínuas dos dias. Assim, no andamento das ações, do jeito que a gente sente, a vida vem oferece os ventos da história. Querer olhar através de lentes limpas e enxergar mundo melhor dependerá diretamente do freguês ali postado atrás dos óculos de ver o horizonte. Nisso circula na rede frase que define bem tal conjectura: Seja a mudança que quer pro mundo. Aqueles de nós, azedos, poços de ressentimento, mágoas, rancores, vão plantando, anos a fio, iguais consequências no laboratório do sentimento e causando resultados idênticos em volta de si. Que vontade é essa de melhorar o panorama visto da ponte se buscar as piores razões na intenção de mostrar só descompassos, quais arautos da desgraça, no interesse particular? 

A filosofia desde muito define limites humanos quanto ao domínio absoluto do conhecimento e do futuro (- Sei que nada sei – afirmava Sócrates, na Magna Grécia). Resta longo tempo ainda até chegar no saber pleno da cultura, dos valores e da paz. Ao mesmo tempo a Verdade persiste intacta em todo lugar do Universo, apesar da má vontade que sujeita minar a sabedoria de tantos.

Com isto, raciocínio revela o ânimo positivo mais do que necessário a criar desejada felicidade por meio do que merecermos diante da liberdade do que somos. As malhas da consciência facilitam nossa administração da natureza que manuseamos, porquanto leis infalíveis regem magníficas a sinfonia do que existe, e dentro dela habitamos na existência.

Durante o período quando a amargura e o desespero invadem o teto dalguma situação, o fluir do prazer, da alegria, da leveza dos fenômenos naturais, da oração permanecem intacto. E quais dominadores daquilo que desconhecem, procuram a todo custo o escuro das matas que também compõem o quadro, só que visando caminhos inversos das obras da Criação, produto da ignorância do saber. Porquanto sempre brilhará a luz de quem ama e de bom grado aceitam os frutos benfazejos do que plantou nos solos férteis dos campos do Senhor.

Brasil enfrenta tempestade perfeita na economia

Fonte: VEJA
Os indicadores da economia brasileira apontam para uma recessão prolongada. O tombo será ainda mais profundo caso o governo não recupere rapidamente a confiança dos investidores nem consiga evitar o rebaixamento da nota de crédito do paísPor: Giuliano Guandalini e Bianca Alvarenga
A conta é dela, mas nós é que estamos pagando: os erros da política econômica do primeiro mandato de Dilma Rousseff expuseram o país à tormenta(Alan Marques/Folhapress)
As análises econômicas mais realistas e desapaixonadas indicavam, fazia algum tempo, que a crise na economia brasileira era um acidente prestes a acontecer. Por seis anos seguidos, o governo pisou fundo demais no acelerador dos gastos públicos e aliviou o pé no freio do controle da inflação. Em pouco tempo, arruinou a confiança construída em duas décadas de ajustes e reformas - sem falar nas manobras na contabilidade federal. Ao assumir o Ministério da Fazenda, Joaquim Levy apresentou um plano para evitar o desastre, como o personagem do filme Juventude Transviada que escapa da morte ao saltar do carro momentos antes da queda no desfiladeiro.
Por alguns meses, parecia que Levy seria bem-sucedido. O ministro procurou extinguir os trambiques do antecessor e propôs uma série de medidas para reforçar o caixa do governo e impedir um rombo ainda maior nas finanças públicas. A iniciativa seria um primeiro passo para arrumar a casa e retomar os projetos de longo prazo para incentivar o crescimento econômico. O clima político hostil, entretanto, atrapalhou os planos do ministro. Quanto mais frágil a situação da presidente Dilma Rous­seff e maior o envolvimento de políticos da base aliada nas revelações da Lava-Jato, menor a disposição do Congresso para aprovar ajustes impopulares. O tempo sobre a economia brasileira já estava fechado. Agora, o país está sob a ameaça de lidar com uma verdadeira tempestade perfeita.
O Brasil não é tão vulnerável como no passado, mas entrou avariado na trovoada. O povo brasileiro já percebeu, em seu dia a dia, o aumento no custo de vida, a dificuldade para quitar dívidas, o desemprego de pessoas conhecidas. O pior, entretanto, está por vir. Principalmente se as medidas de austeridade nas contas do governo não forem aprovadas. Na semana passada, a agência americana de classificação de risco Standard & Poor's reduziu para negativa a avaliação do país. Existe agora uma probabilidade elevada de rebaixamento da nota do Brasil, possivelmente no próximo ano. Se assim for, o país perderá, na avaliação da S&P, o status de grau de investimento. E o que isso significa? A economia deixará de ter acesso ao crédito farto e barato dos mercados internacionais. Os maiores fundos de pensão estrangeiros restringem a aplicação em países sem o grau de investimento. Em vez de ficar mais próximo de países como os Estados Unidos, a Alemanha ou o Chile, o Brasil seria rebaixado para o grupo de caloteiros contumazes, que inclui a Grécia, a Argentina e a Venezuela.
Não é apenas o governo que é afetado. As empresas brasileiras também serão vistas como investimentos especulativos. Ao pôr a nota do país em perspectiva negativa, a agência fez o mesmo para 41 empresas locais. Entre elas figuram companhias que, a despeito do cenário econômico adverso, estão entregando bons resultados e não têm dependência direta do Estado, como Ambev e NET. Isso acontece porque a nota de crédito do país é o teto de classificação das empresas. Raramente uma empresa pode ter nota melhor do que o país no qual ela opera, porque sempre existe o risco de ser afetada por alguma restrição na transferência de pagamentos.

Enquanto o mundo cresce, Brasil e mais quatro estão na pior

Levantamento da Economist Intelligence Unit (EIU) mostra que os países em recessão vão na contramão do mundo
O "trio" do fracasso: Dilma, Maduro e Cristina: Brasil, Venezuela e Argentina estão entre os que não crescem(Jorge Silva/Reuters)

Na contramão da maioria das economias do mundo, o Brasil amargará recessão este ano. De acordo com um estudo da Economist Intelligence Unit (EIU), a economia brasileira deve recuar 1,2% em 2015, uma previsão até mesmo otimista em relação à do próprio governo, que prevê queda de 1,5% do Produto Interno Bruto (PIB). Enquanto o governo por muito tempo atribuiu a culpa da crise à conjuntura internacional, o levantamento mostra que, ao lado do Brasil, apenas outros quatro países estão na pior: Argentina (-0,7%), Ucrânia (-4,9%), Venezuela (-3,7%) e Rússia (-4%). A estimativa da consultoria engloba 56 países de todos os continentes.
A ideia de que a desaceleração econômica mundial é mais nociva aos emergentes também se mostra errônea quando confrontada com os números. Brasil e Rússia definham porque seus governantes usaram a ideologia como principal ferramenta de gestão. Já outros membros dos Brics, como China, Índia e África do Sul, devem avançar 6,9%, 7,9%, e 2,1%, respectivamente. Até mesmo a Grécia, em situação fiscal caótica, crescerá mais de 1% este ano. Países asiáticos, como Filipinas e Vietnã, também lideram a lista dos que mais crescem: 6,6% e 6,2% este ano, respectivamente.
Fonte: "The Economist"

31 julho 2015

Recordação do folclore cratense - por Pedro Esmeraldo


    Com muita perplexidade tenho cuidado de recordar as danças folclóricas cratenses. Era uma ocasião propicia para tentar evitar e poupar seu cansaço adquirido através do trabalho abrupto, às vezes, perturbador em lugares íngremes, contornado por pessoas absolutas e inconsequentes no tempo do Brasil pastoreio.
    Por isso, à noite eles se enfileiravam com cantigas alegres seguindo em filas indianas em direção dos terreiros dos amigos vizinhos. Lá, desempenhavam o folguedo com cantorias jocosas e danças típicas praticadas pelo conjunto de tradição, pertencente às crenças populares.
    Era um tempo agradável e decidido, pois o homem rural nordestino sabia se comportar com dignidade cantando músicas de protesto no meio das musicas típicas nordestinas.
    Sempre fui apaixonado pela musica regional. Não perdia noite de cantos alegres em que viviam com calor ardente e o desejo era apreciar a arte folclórica. Nunca me afastei desse tipo de comportamento folclórico. Procurava adornar o meu espirito com pensamentos alegres.
    Era tempo de animação aquele que o homem se aglomerava, nos engenhos da cana de açúcar cantando musicas alegres, tornando-se brilhantes dentro da animação predileta, refulgindo das canseiras do trabalho difícil da agricultura.
    Recordo-me também de outros costumes: A dança do coco é a dança do maneiro pau (espécie de dança folclórica simulando luta a cacete. E praticada por homens, geralmente ao ar livre. O canto monótono dos participantes e os volteios das danças com a cadência marcada pelo bater dos pequenos cacetes que os dançarinos portam. O folclore português assinala dança semelhante conhecida como dança dos paulitos) “Tome Cabra”.
    Por essa razão desejo prestar homenagens póstumas ao grande mestre do reisado Dedé Luna, que para mim foi um dos grandes expoentes na continuidade dos costumes folclóricos cratenses. Foi um grande mestre na arte que se sobrejulgou com cânticos maviosos (embora rudimentar), mas deixou o ponto positivo para que todos os cratenses sigam a sua meta de continuar a arte folclórica regional.
    Existe grande variação no significado atribuída à palavra folclore. Em seu sentido mais restrito, o termo é usado para designar lendas, provérbios, adivinhações e formações poéticas nas chamadas classes cultas dos países civilizados corresponde por tanto a literatura oral que era adorado pelas camadas iletradas.
    O folclore se desenvolveu em termos de uma analise da história pela busca de origem desses elementos culturais. E a reconstituição da historia dentro da antiga civilização.

30 julho 2015

Governadores querem unificação do ICMS para encerrar guerra fiscal entre estados

ICMS

Os governadores dos estados de todo o país que se reuniram hoje (30) com a presidenta Dilma Rousseff, no Palácio da Alvorada, em Brasília, defenderam a unificação do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) como medida necessária para o fim da chamada “guerra fiscal” entre os estados.

A questão do ICMS era um dos temas principais da pauta do Congresso Nacional que Dilma pretendia tratar com os governadores, já que os parlamentares retornam do recesso na próxima segunda-feira (3).

Em entrevista coletiva ao lado dos governadores, o ministro-chefe da Casa Civil, Aloizio Mercadante, ressaltou a importância do apoio deles nessa questão. “Teríamos um único código tributário, que seria implantado aos poucos. Ajuda no crescimento, no fim da guerra fiscal”, disse Mercadante.

Para o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), a defesa que os governadores fazem da unificação do imposto está atrelada à necessidade de outras formas de compensação. Ele afirmou que na agenda federativa apresentada pelos governadores está a “reforma do ICMS, porém com fundos garantidores que tenham outras fontes que não sejam apenas o repatriamento [de ativos no exterior]; queremos outras fontes de compensação”.

A proposta de repatriação de recursos de brasileiros no exterior faz parte das negociações sobre a reforma do ICMS. O dinheiro proveniente dessa fonte será usado para a criação de dois fundos, que irão compensar as perdas que os estados terão com a unificação do imposto. Para isso, a presidenta criou neste mês de julho, por medida provisória, os fundos de Desenvolvimento Regional e de Compensação dos Estados.

Na opinião de Geraldo Alckmin (PSDB), governador de São Paulo, o imposto só pode ser unificado se for adotado como parâmetro um convênio do Conselho Nacional da Política Fazendária que estabelece regras para a concessão de anistia de créditos tributários. “Defendemos a reforma do ICMS [adotando a] regra de diminuição das chamadas alíquotas, que simplifica, evita a guerra fiscal e o imposto caminha para [se tornar um imposto sobre] o consumo. É o melhor para o país”.

O governador de Goiás, Marconi Perillo, defendeu “a imediata sanção” do projeto de lei que trata dos depósitos judiciais. A proposta, do senador José Serra (PSDB-SP), aprovada neste mês pelo Congresso Nacional, permite que estados e municípios saquem, de imediato, cerca de R$ 21 bilhões para pagamento de precatórios judiciais, dívida pública e investimentos. A partir de 2016, eles teriam direito a retirar R$ 1,6 bilhão por ano.

Além disso, o governador goiano fez o coro em prol da governabilidade da presidenta Dilma Rousseff e apoiou o ajuste fiscal praticado pelo governo federal. “Os governadores do Centro-Oeste apoiaram a governabilidade, o Estado de Direito e o apoio ao ajuste fiscal”.

Durante a reunião, que durou cerca de três horas e meia, as principais exposições foram divididas entre alguns governadores. Flávio Dino (PCdoB), do Maranhão, discorreu representando a Amazônia Legal. O governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), falou em nome do Centro-Oeste, assim como Geraldo Alckmin (PSDB-SP) pelo Sudeste, Raimundo Colombo (PSD-SC) pelo Sul e Ricardo Coutinho (PSB-PB) pelo Nordeste.

Após as falas, outros governadores também tiveram a palavra durante a reunião. Pelo menos dez ministros participaram do encontro, alguns dos quais foram convidados por Dilma a discorrer sobre temas somo segurança pública (José Eduardo Cardozo, da Justiça) e articulação com o Congresso (Eliseu Padilha, chefe da Secretaria de Aviação Civil). O vice-presidente Michel Temer, os ministros da Fazenda, Joaquim Levy, e do Planejamento, Nelson Barbosa, também se pronunciaram aos governadores.

Na fala de abertura do encontro, a presidenta disse que os brasileiros estão “sofrendo” e pediu união para superar a crise. Dilma disse ainda que não nega as dificuldades pelas quais o país passa, mas disse que o país tem condições de sair da situação na qual se encontra.

*Colaboraram Ana Cristina Campos e Luciano Nascimento

Agência Brasil

Projeto vai tipificar o crime de tráfico de pessoas no País

trafico-de-pessoas

“Está em tramitação no Congresso Nacional projeto que vai tipificar o crime de tráfico de pessoas no país e ajudar na prevenção e repressão desse tipo de delito, além de qualificar as medidas de atenção às vítimas. Hoje (30), durante lançamento do Relatório Nacional sobre Tráfico de Pessoas, o secretário nacional de Justiça, Beto Vasconcelos, disse que o governo espera que o projeto seja aprovado até o final deste ano.

No Brasil, a tipificação de tráfico de pessoas está prevista apenas no Código Penal, nos casos de tráfico interno e internacional para fins de exploração sexual (artigos 231 e 231-A). Vasconcelos explicou que o novo marco legal vai adequar a legislação brasileira ao Protocolo de Palermo contra o tráfico de pessoas, das Nações Unidas, adotado pelo Brasil em 2004, que especifica outras modalidades do crime.

Dados do último relatório global das Nações Unidas sobre tráfico de pessoas, de 2014, aponta que o tráfico para fins de exploração sexual é a modalidade mais comum, atingindo 53% das vítimas, seguido de trabalho escravo, com 40%. Mas o tráfico de pessoas também está ligado a outras formas de exploração, como a remoção e transporte de órgãos, os crimes contra crianças e adolescentes – relativos à adoção ilegal e com fins financeiros –, a mendicância forçada e mesmo a vinculação a práticas como o tráfico de drogas.

Além da limitação da legislação, outra dificuldade apontada no relatório é a falta de informações sistematizadas que permitam a elaboração de diagnósticos e o planejamento de políticas públicas. A adequação da lei vai, inclusive, possibilitar a qualificação dos dados, explicou Vasconcelos.”

(Agência Brasil)

Estudo da Firjan inclui BNB como bom para ser privatizado

bnb2

“Um estudo realizado pela Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan) listou 25 ativos com participações do governo que poderiam ser vendidos: são 10 no setor financeiro, 11 no setor elétrico e 4 em outros setores.

A estimativa é eles poderiam alcançar até 4% do Produto Interno Bruto (PIB), o que poderia contribuir para reduzir a dívida bruta do país até o fim deste mandato.

“Há mais espaço político para um programa de privatização, que depende basicamente do Executivo, do que para aumentos de impostos, que têm dificuldade de passar pelo Legislativo”, afirma o economista Guilherme Mercês, em entrevista ao Valor.

No setor financeiro, o levantamento cita, entre outros, o Banco do Brasil e o Banco do Nordeste, e no elétrico, Furnas, e Eletrosul (leia mais).

(Site 247)

Ceará tem mais de mil quilômetros de malha viária em obras

 

ESTRADASO estado do Ceará fechou o primeiro semestre de 2015 com obras em 1.231,12 quilômetros de malha viária. O aporte financeiro nas ações é de R$ 1.275.150.529,27. Serão 524,11 quilômetros pavimentados, 575,10 quilômetros restaurados e 131,91 quilômetros duplicados. A ideia é melhorar a infraestrutura viária, a qualidade e o acesso aos serviços sociais, bem como promover emprego à população cearense.

Ceará IV

Um programa de suma importância para a infraestrutura viária do Ceará é o Programa Viário de Integração e Logística – Ceará IV, financiado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento – BID, em parceria com o Governo do Estado. Atualmente, 890,98 quilômetros de rodovias em obras se mantem em execução pelo Ceará IV, sendo 357,88 quilômetros de pavimentação e 533,10 quilômetros de restauração. De acordo com o diretor de obras do Departamento Estadual de Rodovias - DER, Quirino Ponte, os valores citados correspondem a um aporte financeiro de R$ 684.078.664,69.

Além das obras contempladas pelo Ceará IV, outros 340,14 quilômetros de rodovias passam também por intervenções, agregando investimento de R$ 591.071.864,58. Todas as ações levam em consideração o crescimento econômico do Estado e visam a proporcionar aumento na rede viária, dando capilaridade ao setor produtivo das áreas ainda sem rodovias pavimentadas e estimulando o turismo em diversas regiões cearenses.

 

Assessora de Comunicação do DER

Intervenções do Estado afastam sedes municipais do colapso hídrico

 

tubulacaoSobral, Quixeramobim, Morada Nova e Jaguaretama. Para além de serem importantes municípios do interior cearense, possuem em comum o fato de estarem superando o risco de colapso hídrico iminente neste ano. A crise hídrica, decorrente da estiagem que se prolonga há quatro anos no Estado ameaçava fortemente o abastecimento dessas sedes municipais. Graças a intervenções do Governo do Estado, por meio da Secretaria dos Recursos Hídricos e de suas vinculadas (Cogerh, Sohidra e Funceme), a ameaça do desabastecimento está praticamente descartada para este ano. “Não há soluções mágicas mas, dentro do que dispomos, temos conseguido importantes êxitos no enfrentamento aos efeitos dessa estiagem”, destaca o secretário dos Recursos Hídricos, Francisco Teixeira.

Aliada à perfuração de poços em áreas urbanas, intervenções na mudança do ponto de captação da água nos reservatórios tem possibilitado não apenas o melhor aproveitamento do recurso disponível, como a captação de uma água de melhor qualidade. “Essas captações eram feitas a jusante das barragens. Ou seja, a água era liberada por uma comporta para só então ser captada. O que fizemos foi transferir essa captação para dentro do açude, por meio de flutuantes, onde a água está disponível em maior quantidade e qualidade”, explica Teixeira.

Para possibilitar essa nova captação, foi necessária também a instalação de novas tubulações, nos moldes de mini-adutoras, ligando os flutuantes à rede já existente. “Importante nesse processo tem sido a participação de todos. Em Quixeramobim, por exemplo, fizemos a obra com apoio do Sistema Autônomo de Água e Esgoto (SAAE). A Prefeitura de Sobral também tem sido parceira nas ações ali empreendidas. Esse sentimento precisa ser entendido e absorvido por todos, porque a luta é de todos nós”, comenta o Secretário.

ADUTORAS – Em Jaguaretama, a solução adotada foi a construção de uma adutora de montagem rápida 16,6 km. Construída pela Superintendência de Obras Hidráulicas (Sohidra), a obra teve investimento de R$ 1,4 milhão e leva água do Açude Orós – desde o Perímetro Irrigado do Alagamar, até a Estação de Tratamento da Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece), na sede do município). Já Morada Nova teve o risco de desabastecimento descartado após a construção de adutora de montagem rápida partindo do Eixão das Águas até a estação de tratamento do município.

Em Quixeramobim, mesmo com as ações já adotadas (mudança na captação da água e construção de mais de 50 poços profundos) será necessária a construção de adutora de montagem rápida. A obra já foi licitada por meio de Leilão Reverso presidido pelo governador Camilo Santana, no último dia 08/07. A adutora que levará água do Açude Pedras Brancas para a sede do município terá 60,1 quilômetros e custará cerca de R$ 32 milhões.

OUTROS MUNICÍPIOS – O prolongamento da estiagem, que em algumas regiões já entrou no sexto ano seguido de chuvas abaixo da média – levou o governo do Ceará, por meio da Secretaria dos Recursos Hídricos, a incrementar a política de perfuração de poços profundos também nas sedes municipais. “Devido ao prolongamento da estiagem, o grande desafio do abastecimento neste ano são as sedes municipais. Nosso trabalho tem sido intenso no sentido de encontrar soluções para cada problema específico”, explica o secretário dos Recursos Hídricos, Francisco Teixeira.

Ipaporanga, Uruoca, Senador Sá, Coreaú e Moraújo são exemplos de municípios cujo risco de desabastecimento foi mitigado graças à construção de poços. Todos esses municípios estavam à beira do colapso. Graças a uma parceria muito forte entre Cogerh – que faz a locação dos poços; Sohidra – que faz o poço propriamente dito; e Cagece (ou SAAEs) - que injeta a água do poço na rede de abastecimento, a situação foi contornada.

 

Henrique Silvestre
Assessor de Imprensa da Secretaria de Recursos Hídricos

Agentes de trânsito são exonerados

varzea-alegre-ceara

Várzea Alegre. Um Processo Administrativo de Sindicância, realizado pela Prefeitura de Várzea Alegre, para apurar denúncias de extorsão, resultou na exoneração de três agentes de trânsito pertencente aos quadros do Departamento Municipal de Trânsito (Demutran) deste Município.

A informação foi confirmada pelo diretor do Demutran, Gilberto Sousa, e pela chefe de gabinete da Prefeitura, Adriana Suaid, na terça-feira (26). O processo de investigação foi iniciado em fevereiro deste ano, logo após o registro de denúncias de motoristas que foram parados em uma blitz irregular realizada no Município.

Apuração

De acordo com o que foi apurado pela sindicância, alguns condutores de veículos abordados naquele dia chegaram a pagar cerca de R$ 300 aos agentes do Demutran para não responderem pelas possíveis irregularidades de trânsito cometidas. Os agentes envolvidos, cujos nomes não foram divulgados, podem recorrer da decisão.

Um dos condutores abordados, que pediu para não ser identificado, garantiu que estava cumprindo toda a legislação do trânsito e, mesmo assim, foi abordado para pagar a propina. Como não aceitou, acabou recebendo uma multa que deverá ser anulada pelo órgão.

Greve

Atualmente, os agentes do Departamento Municipal de Trânsito de Várzea Alegre estão em greve. Em nota do Sindicato dos Agentes Municipais de Trânsito e Transportes do Estado do Ceará (Siatrans-CE), publicada no último sábado (25), a entidade explicava que "o objetivo da Prefeitura de Várzea Alegre é perseguir, intimidar e tentar coibir a liberdade das ações sindicais praticadas no Município".

Mais informações:

Prefeitura de Várzea Alegre
Rua Deputado Luiz Otacílio Correia, 153 - Centro
Várzea Alegre
Site: www.varzeaalegre.ce.gov.br

Donizete de Souza
Colaborador

Diario do Nordeste - Regional

Equipes do Raio e Batalhão de Divisas em Mauriti

 

raiomauriti

O Governo do Estado do Ceará, por meio da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social e o Governo Municipal de Mauriti, com o apoio do Destacamento da Polícia Militar local, apresentam nessa sexta-feira (31 Julho), as novas modalidades de policiamento que já estão atuando na Região do Cariri.
O Batalhão de policiamento RAIO (Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas) e o Batalhão de Policiamento de Divisas, prevê o alinhamento dos estados no combate à violência, com o co-financiamento do Governo Federal para a área da segurança em todo o estado do Ceará.
As medidas integram compromissos do governador Camilo Santana, na área da segurança pública para o Estado. Para viabilizar as atividades, Camilo Santana, fez a entrega de 48 motos e duas caminhonetes para o reforço das ações do BPRaio, no Cariri, além de seis viaturas para o Batalhão de Divisas. Todo o equipamento de proteção individual (EPI), como coletes, e armamento dos policiais, também já estão disponíveis.
O Prefeito Evanildo Simão, destacou a coragem e o compromisso do Governador Camilo Santana, em equipar, ampliar e valorizar as equipes de policiamento de todo o Estado, para sua atuação de maneira intensa também, em toda a região do cariri, no permanente combate a criminalidade.
Em Mauriti as equipes do Grupo RAIO e do Batalhão de Divisas, serão apresentadas manhã (sexta-feira, 31), às 16 horas no entorno da Praça da Matriz, com as presenças do prefeito  Evanildo Simão, do vice-prefeito Dr. Érico Livônio, do presidente da Câmara, Cicero do Coité e demais vereadores, do Comandante do Destacamento da Polícia Militar local, Sargento Gabriel, secretários municipais e toda a população.

flavio pinto

Passagem de ônibus Juazeiro a Fortaleza sobe a partir de 1º de agosto

 

guanabara

A passagem de ônibus intermunicipal vai ficar mais cara. Empresas que operam este serviço de transporte no Ceará vão reajustar suas tarifas em 8.24%. A alta está sendo homologado pela Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados do Estado do Ceará (Arce).
A passagem de Juazeiro do Norte a Fortaleza, em um ônibus convencional, passará de R$ 53,30 para R$57,70; Iguatu-Fortaleza, passará de R$ 43,55 para R$ 47,13.
O processo já passou pela coordenadoria Econômico-tarifária da Arce e está na coordenadoria de Transportes para dar sequência à homologação.
Pelo contrato de concessão, o reajuste deve ocorrer todo dia 1º de agosto de cada ano. A medida está prevista na cláusula 10.5 do contrato de concessão dos oito lotes de linhas intermunicipais, assinado entre cinco empresas e o Detran-CE, homologado anteriormente pela Arce.

flavio pinto

Concorrência leva empresa de ônibus a diminuir preço da tarifa em Juazeiro do Norte

 

lobo-juazeiro-do-norte

Enfim uma boa notícia para quem mora em Juazeiro do Norte.
É que a empresa de ônibus Lobo, está anunciando aos usuários que fazem a linha Centro-Atacadão e que atende também aos moradores do bairros São José, vai reduzir o preço da passagem dos atuais R$ 1,70 para R$ 1,20. A redução é para enfrentar a concorrência da empresa Via Metro, que possui ônibus mais novos e que faz o mesmo trajeto pela avenida Padre Cícero, indo até o Crato.
Além disso, a Lobo também está prometendo diminuir o intervalo de um carro para o outro. Dos atuais 40 a 60 minutos, o ônibus irá circular de 15 em 15 minutos. Os novos preços serão praticados a partir desta segunda-feira (3).
Viva a concorrência!
NOTA:
Juazeiro possui duas empresas que fazem o transporte coletivo municipal. Além da empresa Lobo, a empresa São Francisco. As duas, no entanto, são alvo de chacotas nas redes sociais por conta da quebradeira dos carros diariamente. É interessante também que o serviço oferecido aos usuários sejae mais confiável, ou seja, os ônibus tivessem uma melhor manutenção. Fica a dica.

flavio pinto

Móveis da New compõem os ambientes da Casa Cariri Mostra 2015

 

Newmoveis

Os móveis da New decoram vários ambientes na Casa Cariri Mostra.

A Casa Cariri Mostra surge como um evento de vanguarda, destacando o desenvolvimento da região nos últimos anos, mas com a relevância de preservar a identidade local. Em uma estrutura de cinco mil metros quadrados, a mostra traz todos os ambientes de uma residência, criados a partir de uma visão que procura inserir a inovação, o regionalismo e a sustentabilidade no dia a dia. Dentro desta proposta, os móveis da New foram escolhidos para compor os espaços, pois oferecem opções modernas e acessíveis para garantir conforto, funcionalidade e beleza.
Os destaques da New podem ser conferidos em ambientes assinados por arquitetos como Valdo Figueiredo, Monica Bino, Deborah Araújo, Hercules Araújo, Elaine Almeida, Tatiana Sobral, Yllara Brasil e Christiane Menezes, entre outros profissionais.
Além de mostrar o trabalho dos profissionais da região, a Casa Cariri Mostra terá programação de palestras com nomes nacionais da arquitetura e decoração, como Marcelo Rosenbaum, Maria Elisa Costa, os irmãos Henrique e Fernando Campana, entre outros. O evento acontece na Rua Mauro Sampaio, 300, no bairro Lagoa Seca, Juazeiro do Norte (CE), e pode ser visitado de segunda a domingo, das 17h às 22h.
Sobre a New
Com o conceito “Você nunca aproveitou tanto sua casa”, a New Móveis Planejados oferece diversas opções de móveis modernos e acessíveis para garantir que as pessoas possam desfrutar bons momentos ao lado da família e amigos e melhorar cada vez mais o conforto, a funcionalidade e a beleza dos diversos ambientes da casa. Essa proposta faz com que a marca seja reconhecida no mercado brasileiro por agradar um público amplo, desde jovens solteiros e famílias recém-formadas até famílias maduras.
Um dos diferenciais da New é a grande variedade de opções de laccas com cores vibrantes, como a Carmim (vermelha), Oro (amarela), Mandarino (laranja), Cobalto (azul), Giardini (verde) e Granada (roxo), que podem ser combinadas com tons neutros.
A New pertence à Unicasa Móveis, que atua há mais de 30 anos no mercado e está entre as maiores e mais modernas indústrias de móveis planejados do Brasil. Com parque fabril de 50mil m², situado na Serra Gaúcha, a fábrica adota em todo processo produtivo práticas sustentáveis. Conta com uma equipe própria de arquitetura e design para desenvolver os produtos sempre em sintonia com os principais movimentos de comportamento e design ao redor do mundo.
(Luíza Athayde -Moglia Comunicação)

flavio pinto

Paralisação das prefeituras cearenses

 

Slide1

Evanildo Simão é prefeito de Mauriti e presidente interino da Aprece

Marcada para a próxima esta sexta-feira (31), a paralisação das prefeituras cearenses, tem ganhado repercussão a nível nacional, diante a posição tomada pela maioria dos gestores, em meio às dificuldades financeiras.
Em assembléia realizada na última terça-feira (28) coordenada pelo presidente interino da Associação dos Municípios do Estado do Ceará (APRECE), Evanildo Simão, contou com quase 100 prefeitos. Todos os gestores foram unânimes, diante a situação difícil, qual passa todas as prefeituras.
O governo do Estado se fez presente através do Secretário de Relações Institucionais, Nelson Martins. O secretário afirmou que o Governo do Estado está ciente da situação, e que desde o inicio de sua gestão, o governador Camilo Santana vem se reunindo com os prefeitos para entender as principais necessidades de cada município.
A paralisação tem por objetivo alertar a todos sobre a situação de crise financeira. Os municípios fecharão suas portas durante todo o dia e não haverá expediente interno, somente a emergência hospitalar estará funcionando normalmente. A medida visa chamar a atenção dos parlamentares, governo federal e estadual, imprensa e a população sobre as dificuldades enfrentadas pelas gestões municipais.
O movimento, além de outras medidas, visa à superação da crise atual vivenciada, que nesse momento está agravada pela situação econômica do país e, em especial, pelo ajuste fiscal promovido pelos governos que impacta diretamente nos serviços públicos básicos prestados aos brasileiros.
Evanildo Simão, justifica a mobilização como um ato público, onde prefeitos, prefeitas e população irão debater sobre a atual situação e os problemas que afligem o município e, ao mesmo tempo, um movimento estadual preparatório para a mobilização nacional que acontecerá no dia 05 de agosto em Brasília. “O movimento não é dos prefeitos e sim dos municípios. Podemos avançar com a mobilização dos municípios junto com a população”, afirmou.
(Colaborou Raphael Caldas)

flavio pinto

Greve do IFCE: Nesta quinta tem debate no campus de Fortaleza

IFCE

Os servidores do Instituto Federal de Educação (IFCE) em todo o Estado do Ceará, continuam em greve, por uma pauta de reivindicações gerais e específicas, com destaque para a rejeição aos cortes orçamentários do Governo Federal, pela garantia de recursos para custeio e assistência estudantil, por educação pública de qualidade, por reposição salarial linear de 27,3% e pelo respeito ao direito à jornada de trabalho de 30 horas para os servidores técnico-administrativos. Nesta quinta-feira, 30/7, oitavo dia de greve, os servidores promovem às 16h um debate aberto a todos os interessados, no Campus Fortaleza, sobre o tema "Gênero, diversidade sexual e opressões".
O debate acontece como atividade de greve e será realizado no contexto da recente aprovação do Plano Municipal de Educação e do atual debate sobre o Plano Estadual de Educação, além de caso de machismo e homofobia registrado durante a assembleia dos servidores do IFCE que deliberou pela greve da categoria. Foram convidados convidados a compor a mesa da atividade o bancário, professor e lutador social Ailton Lopes, que foi candidato ao Governo do Estado pelo PSOL; a transfeminista e colunista do Brasil Post e da Revista Fórum Helena Vieira; a representante do Comitê de Autodefesa das Mulheres da UECE e UFC Nicolle Colares, e o bibliotecário no IFCE Campus Maracanaú e pesquisador de informação, gênero e teoria queer Gláucio Barreto.
Na mesa redonda, que será coordenada pela servidora Patrícia Freitas, deverão ser abordados temas como agenda de políticas públicas sobre a temática de gênero e diversidade sexual; experiências sobre transexualidade e combate ao machismo; violência institucional, assédios e estupros nas instituições de ensino e formas de organização para combater esse tipo de opressão.
Para o Comando de Greve do IFCE, um espaço de educação deve formar pessoas isentas de posturas que reproduzam qualquer forma de opressão e violência contra mulheres, homossexuais, negros, pessoas com deficiência, entre tantos outros segmentos excluídos desta sociedade. Por isso a necessidade de manifestar-se contra qualquer postura discriminatória tanto no âmbito do Instituto, como para além de seus muros.
Já nesta sexta (31), às 14h, no Campus Fortaleza (Portaria do Aluno), acontece a próxima reunião ampliada do Comando Geral de Greve.

flavio pinto


Edições Anteriores:

Março ( 2015 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31